Comportamento Convivendo

Onde sopra o vento, eu vou!

Quando ventos vêm espalham e arrastam a mente em um milhão de partículas.

As partículas aleatórias voam, às vezes confundindo ou ajustando os pensamentos.

A ESCOLHA nessa nuvem, nessa ventania é só nossa.

Até podemos nos abrigar num porto seguro, calmo, presumível e estável.

Ou podemos zarpar numa aventura, nos permitindo descobrir aprendizados, quase sempre imprevisíveis.

O retorno do destino irá se desenrolar naturalmente.

Se lançar, se jogar nos braços do Universo!

Respeite sua própria decisão.

Uma mulher colocando as duas mãos no lado esquerdo do peito.
Hazal Ak de Getty Images / Canva

O que depende de você está feito, o que depende de outra pessoa, ou de quem vai surgir, não te pertence.

Ventos contrários te impulsionam e motivam a ficar firme e seguir.

Os ventos a favor nos conduzem em direção à luz!

Ventos das quatro direções nos conduzem a profundas reflexões.

Ser livre para voar por aí e conhecer o que quiser, voando conforme o vento.

Ser livre para experimentar o que der vontade, fazendo escolhas, ter atitudes e lidar com elas é viver.

Sempre haverá ventos, alguns brandos, outros como tempestade.

A metáfora dos ventos é uma analogia de como vivemos, pois todo dia nos lançamos em busca de nossas necessidades e do que acreditamos.

Nossos sonhos e aspirações podem ser mecanismos para trabalharmos a nossa consciência e irmos atrás de nossas conquistas.

Qual o tempo do vento? Importa saber? Afinal só sabemos quando ele surge.

Uma mulher de cabeça erguida durante um pôr do sol.
jakovzadro1 / pixabay

Os caminhos e rotas que traçamos podem se tornar potencializadas com a força invisível dos ventos.

Nossas realizações estão em movimento quando nos libertamos do que nos bloqueia.

Ao procuramos delinear o que queremos para nós, nos integramos, e os ventos planetários, ventos dimensionais nos levam a uma viagem extraordinária.

Quão sensível precisa ser para sentir o vento?

Cada Ser possui uma sensibilidade.

Ao mergulharmos no oceano da alma, podemos sentir uma leve brisa e ter a mente tranquila.

Se escolhermos adentrar dentro de um furacão, encontraremos turbulência, agitos e ruídos, e é aí que nosso futuro fica indeciso.

Eu e você somos.

Nossa jornada pode ter vários recomeços, reencontros, situações semelhantes, e todos os aprendizados nos fazem crescer, evoluir e seguir em frente.

Ao se calar, escute.

Ao se assustar, crie coragem.

Um homem pulando um obstáculo.
Robert Kneschke / Canva

Ao elevar o pensamento ao deus do Universo, agradeça.

Ao respirar, renasça.

Ao ir, vá.

Ser é amar.

Amar é ser.

Com amor, somos e voamos.

Com mansidão, e sentimento universal, nos tocamos.

Deixemos que o vento nos conduza a lugares que iremos descobrir ainda.

Você também pode gostar

Sejamos conscientes desta vida e sigamos em direção a luz!

Gratidão. Namastê. Namo Amituofo.

Autor Euclydes Zanon Filho

Sobre o autor

Euclydes Zanon Filho

Eu sou Euclydes Zanon Filho, formado no curso superior em Gestão de Serviços. Participo de treinamentos de desenvolvimento pessoal e comportamentos. E escrever é uma forma de dividir a luz interior, o meu resgate é contínuo, o meu despertar é diário, e é incrível!

Contatos:
https://www.facebook.com/DespertarRenovarSeguir
Contato: (11) 99394-0100
E-mail: zanon123@yahoo.com.br