Convivendo

Para refletir…

Amanda Rodrigues
Escrito por Amanda Rodrigues
Parei pra refletir aleatoriamente sobre por que um casal de velhinhos promove tanta comoção… Não é incomum. A maioria das pessoas para o que está fazendo pra observar e admirar qualquer troca de afeto, desde o andar de mãos dadas no shopping ao sentar um ao lado do outro no banco da praça. Comentários como “olha que fofo!” são inevitáveis.

Por favor, não me entenda mal. Não é desmerecendo o casal, não mesmo. Muito pelo contrário. É honrando! Honrando um amor que ultrapassou e venceu as barreiras do tempo, enfrentou obstáculos, engoliu alguns sapos, fingiu que não viu algumas coisas, cedeu numa porção de outras e amou incondicionalmente. É, com toda certeza, digno de ser admirado.

Mas é que vejo um problema… Por que não achamos lindo o amor do casal 15, 20, 30 ou 40 anos? Será talvez porque não levamos a sério? Não colocamos fé? Não acreditamos verdadeiramente no amor?! Que o outro não pode amar?

Girl do yoga pose at the park in the morning with sunlight.

Daí a reflexão. Fiquei pensando: “será que perdemos a fé no amor porque só se vive e só se enxerga a superficialidade? Somos incapazes de amar a nós mesmos, então como vamos amar ao próximo? Não temos fé em nós, como ter no outro?”. É complicado, eu sei. São muitas questões, tanto internas quanto externas. Principalmente hoje em dia, em que a vida está cada vez mais fugaz. Ao mesmo tempo que tudo é muito intenso, é tudo muito raso e a reciprocidade se tornou raridade. Pensar em alguma coisa além do próprio umbigo também. É, depende da disposição de cada um de nós, dos objetivos que cada um temos.

“O amor não é para ser explicado, é para ser sentido”

O amor literalmente não tem explicação, como é que dizem por aí mesmo? E ele também se tornou raro. E é por isso que ver um casal de velhinhos de mãos dadas na rua, além de promover comoção, conforta e nos faz suspirar, pensar e exclamar: “Ufa! O amor existe! E ele é lindo! Só que eu ainda não encontrei…”

Sobre o autor

Amanda Rodrigues

Amanda Rodrigues

Sou estudante de Publicidade e Astrologia, leonina, apaixonada pela vida e pelo autoconhecimento. Acredito que a Astrologia é uma ferramenta incrível para o autoconhecimento. Uma bússola que nos guia ao encontro de nós mesmos. Não tenho uma religião específica, gosto um pouquinho de cada. Acredito que a fé e o amor movem montanhas e nos levam a qualquer lugar!

No início do ano passado tive uma grande crise interna que gerou meu despertar. Comecei a me questionar se estava no caminho certo, não tinha mais certeza se desejava continuar na publicidade, fiquei um pouco frustrada por alimentar e impulsionar valores que não me representam, à outras pessoas. Desde então, comecei a ter experiências maravilhosas com o autoconhecimento, principalmente através da astrologia como ferramenta. E me apaixonei. Decidi desde então que iria usar a minha comunicação para o bem, para ajudar as pessoas e levar até elas a consciência do autoconhecimento junto com a astrologia. Não sou nem de longe expert em autoconhecimento ou astrologia, mas acredito muito que o que nos torna aptos a falar sobre algum assunto são nossas vivências e experimentações.

Email: [email protected]
Facebook: /amandarccosta