Espiritualidade Hinduísmo

Poderosos ensinamentos do deus Krishna

Pintura ilustrando o deus Krishna, do hinduismo
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

O hinduísmo atualmente é a terceira maior religião do mundo em número de seguidores e é uma das principais religiões da Índia, sendo um tipo de união de crenças com estilos de vida. Sua cultura religiosa também é a junção de tradições étnicas, e além da Índia, possui um grande número de seguidores em países como Nepal, Bangladesh, Paquistão, Sri Lanka e Indonésia.

Os hindus são politeístas, ou seja, acreditam em vários deuses, sendo eles os deuses principais: Brahma (representa a força criadora do Universo); Ganesha (deus da sabedoria e sorte); Matsya (aquele que salvou a espécie humana da destruição); Sarasvati (deusa das artes e da música); Shiva (deus supremo, criador da Ioga), Vishnu (responsável pela manutenção do Universo). De acordo com esta religião, Krishna é uma deusa, e é o oitavo avatar de Vishnu, ou seja, é considerado um Deus, a Suprema Personalidade. Krishna aparece em várias tradições hindus, sempre falando de uma encarnação divina, inclusive várias religiões acabaram surgindo com esta divindade, e a seguir, conheceremos melhor este deus e descobriremos seus ensinamentos para a vida.

Krishna é um dos principais nomes de Deus, pois nos Vedas – as escrituras sagradas associadas à religião hindu – encontramos muitos e muitos nomes para Deus, sendo que para cada qualidade, podemos ter um nome. Como Deus tem qualidades ilimitadas, tecnicamente Ele tem ilimitados nomes. Porém, o nome Krishna tem uma conotação muito especial, pois refere-se ao aspecto mais atraente, íntimo e completo de Deus. Krishna é a verdade absoluta, a fonte de tudo e a causa de todas as causas. Nas escrituras existem explicações detalhadas de Sua morada, Sua aparência, Seus passatempos, Suas expansões, Suas energias, etc. Ele é dotado de seis opulências, todas ao grau infinito: beleza, força, sabedoria, riqueza, fama e renúncia; ele sabe tudo que aconteceu, tudo que está acontecendo e tudo que vai acontecer; é infinitamente misericordioso; é o beneficiário de todos os sacrifícios e austeridades, o Senhor Supremo de todos os planetas e semideuses e o benfeitor e bem-querente de todas as entidades vivas.

Lord Krishna

Há ainda quem considere Krishna o deus do amor e seu nome significa “aquele que tudo atrai”, sendo assim, é tido como o deus mais importante em sua faceta para os que o seguem. Essa figura é para o hinduísmo a personalidade divina mais forte, a verdade absoluta, a fonte de toda sabedoria, poder e força. Seria essa a imagem de deus mais próxima do que conhecemos de outras religiões, por estar sempre disposto a reerguer aqueles que tropeçaram nos erros da vida e renunciam ao mal. Krishna livra-os de todos os medos, pecados e desventuras, sendo o deus supremo que rege todos os planetas e planos. São várias as histórias da vida de Krishna que mostram sua bravura, e considera-se que ele nasceu para eliminar tudo que traz o mal ao mundo.

Você também pode gostar de:

Apesar de fazer parte da religião hindu, os ensinamentos e lições de Krishna deveriam ser adotados por qualquer religião, uma vez que instigam valores éticos e podem servir como base para diversos princípios morais, ao se iniciar pelo verdadeiro conhecimento da alma e do corpo. Confira, agora, algumas de suas falas que geram uma reflexão intensa e profunda principalmente acerca da busca espiritual, para encontrar no seu interior quem você é:

“Você se entristece por aqueles que não são dignos da sua tristeza, mas ainda assim, suas palavras trazem grãos de verdade. Elas exprimem a sabedoria do mundo exterior, mas são ainda insuficientes para satisfazer à mente interior. Os sábios, em realidade, não se deixam abater nem pelos vivos nem pelos mortos.”

“Assim como a alma adquire um corpo de criança, um corpo de jovem e um corpo de velho durante sua vida, da mesma forma, a alma adquire outro corpo após a morte. Isto é muito claro para os sábios.”

“Ao contato dos sentidos, as formas e objetos dão vasão a sensações de frio e calor, de dores e prazeres. Todas essas sensações são transitórias e impermanentes. Dessa forma, devemos aprender a suportá-las sem nos apegarmos à elas. Pois, uma pessoa verdadeiramente calma e tranquila, que não se deixa afligir ou apegar por essas formas e objetos, e permanece sempre estável em meio às dores e aos prazeres, se torna apta a trilhar o caminho para a imortalidade.”

Lord Krishna

“O espírito invisível (atma) é eterno, e o corpo visível é transitório. A realidade da relação entre ambos é certamente conhecida pelos sábios, que investigaram a si mesmos por um longo tempo, e finalmente chegaram a verdade sobre sua própria essência.”

“Aquele que pensa que o espírito é um assassino, se comporta como aquele que pensa que o espírito pode ser assassinado, e ambos vivem na ignorância, pois o espírito nem mata e nem pode ser morto. O espírito jamais nasce ou, em algum tempo, morre. Ele não vem à existência, nem cessa de existir. Ele é incriado, eterno, permanente e primordial. Quando o corpo perece ou é destruído, o espírito perdura.”

“E ainda que você creia que a alma nasce e morre junto com o corpo, isso ainda não seria motivo para tamanha tristeza. Pois que a morte é algo certo para aquele que nasce, e o nascimento necessariamente antecede aquele que vive. Dessa forma, um deriva do outro, e ambos são inevitáveis. Não se lamente em demasia sobre o que é inevitável.”

De acordo com a sabedoria de Krishna, não devemos temer ou nos responsabilizar por aquilo que foge do nosso alcance. A morte, por exemplo, é inevitável, contudo, o espírito é eterno e continuará sua jornada dentro ou fora de um corpo visível, como este que habitamos agora.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]