Espiritualidade

Profecia Chico Xavier – Data Limite

Foto por Maxim Evdokimov no 123RF
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

O planeta Terra está passando pelas transformações da data-limite? Em 1971, o Chico Xavier anunciou no programa de TV “Pinga Fogo” uma data-limite na qual o planeta Terra passaria por uma grande transformação e por realizações extraordinárias na ciência humana. Segundo ele, isso só aconteceria caso não houvesse uma Terceira Guerra Mundial.

O dia a que ele se referiu já se passou: 20 de julho de 2019. Nesse período, o assunto voltou à tona e tornou-se um dos mais comentados, principalmente entre espíritas, simpatizantes e até mesmo pessoas curiosas com a questão.

Primeiro Homem a Pisar na Lua e a Data Limite

Segundo Chico Xavier, a data específica foi definida em uma reunião espiritual que aconteceu 50 anos antes, em 20 de julho de 1969, no dia em que o primeiro homem pisou na Lua. Em outras entrevistas, ele diz sobre a importância que esse grande passo traria à evolução humana, marcando assim o início de um prazo que é atualmente conhecido como Data Limite.

Imagem do primeiro homem astronauta pisando sobre a lua. Ao lado dela a bandeira dos Estados Unidos.
Foto por Skeeze no Pixabay

A profecia não se refere ao fim do mundo, e sim a uma transição planetária, quando se espera que as nações estabeleçam a paz, e a humanidade respeite as diferenças entre si. Se tudo isso acontecesse, a população da Terra estaria, enfim, preparada para uma Nova Era.

Relação da pandemia do coronavírus com a Data Limite

Menos de seis meses após a data-limite, os primeiros casos de Covid-19 começaram a surgir no planeta. O primeiro diagnóstico ocorreu na China, no dia 8 de dezembro de 2019, porém existem estudos de que o vírus já estaria circulando meses antes de descobrirem a doença.

Imagem do universo e do planeta terra envolto do Coronavírus.
Foto por Alexandra_Koch no Pixabay

Será que existe alguma relação com a Data Limite? É difícil afirmar, mas houver um grande impacto mundial como nunca antes, fazendo as populações ficarem dentro de casa, distantes de familiares, trabalho e outros compromissos. Nunca foi visto algo parecido. As marcas que isso deixará na população são difíceis de se prever, mas certamente serão grandes.

Estamos preparados para a Nova Era?

É evidente que transformações estão acontecendo mundialmente, cada vez mais rápido. A pandemia que se alastrou pelo globo exige muito da medicina e da tecnologia. A cada dia a população e o governo anseiam mais por uma vacina ou um remédio eficaz.

A Terceira Guerra Mundial felizmente não ocorreu, apesar de estarem ocorrendo conflitos sérios em algumas regiões. Existem países cada vez mais pacíficos, enquanto outros com aumento constante do índice de violência.

Você também pode gostar

Compreender a fase pela qual todos estão passando é um desafio, mas é fato que as atitudes de cada pessoa influenciam na energia do planeta e que tudo está sendo transformado aos poucos.

Quem foi Chico Xavier?

Chico Xavier nasceu no dia 2 de abril de 1910, na cidade de Pedro Leopoldo, em Minas Gerais. Em 1927 fundou o Centro Espírita Luiz Gonzaga, na mesma cidade, e depois começou a fazer psicografia de livros. O primeiro deles foi do escritor desencarnado e famoso Humberto de Campos. No total, foram quatrocentos e doze livros psicografados.

Imagem da silhueta de um homem representando Chico Xavier e ao fundo um lindo e vermelho por do sol.
Foto por S. Hermann & F. Richter no Pixabay

Nunca enriqueceu como médium e se aposentou como datilógrafo. Todos os bens que ganhava (dinheiro, casa, carro), ele doava para instituições assistenciais beneficentes. Faleceu em 2002 de parada cardíaca, deixando histórias, relatos polêmicos, como esse da Data Limite, e muitas obras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]