Convivendo

Qual é a diferença entre ser bonito e ser atrativo às pessoas?

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Você gostaria de ser referência de beleza ou ser alguém extremamente atraente?

A pergunta parece um pouco redundante, não é mesmo? As palavras beleza e atraente parecem ser sinônimos ou chegam muito perto disso, certo?

Nem tanto.

Talvez no senso comum elas sejam parecidas, mas na realidade essas características são diferentes e muito distintas. A beleza se refere a nossa aparência exterior. Ela engloba coisas como:

  • Corte, comprimento e cor do cabelo;
  • Formato e cor dos olhos;
  • Estrutura óssea;
  • Físico.

Em geral, a beleza natural é formada geneticamente e não pode ser artificialmente criada — mas pode ser melhorada. Em outras palavras, se alguém não é naturalmente bonito, sua aparência pode ser melhorada, mas essa pessoa nunca será realmente deslumbrante.

Ser “atraente”, por outro lado, é uma condição que mistura características externas e internas que, quando combinadas, produzem um certo tipo de magnetismo incomparável.

A atração combina:

  • Aparência física;
  • Atitude;
  • Personalidade;
  • Disposição.

Assim, alguém muito atraente pode não ser aquela pessoa capa de revista. Mas nós vemos os efeitos disso no nosso dia a dia.

Considere um “casal estranho”. Sabe aquele casal em que a menina é incrível da cabeça aos pés e o cara é só “ok”?

Na mesma hora, nos perguntamos: “O que diabos essa menina está fazendo com ele?”

A resposta é simples: o que ele deixa a desejar visualmente é compensado em outras áreas.

Pensamos que as pessoas mais bonitas vivem com 1001 pretendentes aos seus pés. Mas, na verdade, se uma pessoa realmente atraente aparecer, ela ganha o jogo.

Pense no popular cantor e compositor britânico Seal como exemplo. Vamos ser honestos — ele não é exatamente o que chamamos de “fruto proibido”. No entanto, ele era atraente o suficiente e se tornou famoso numa indústria em que a boa aparência é uma condição e uma passagem só de ida para o sucesso. Considere também que ele ganhou o coração da linda super modelo Heidi Klum.

Ser Atraente X Ser bonito

Ser bonito

  • A beleza é uma imagem física pura e natural;
  • A beleza pode ser herdada, feita através de cirurgia ou pelo Photoshop;
  • A beleza é individual e associada a características físicas;

Ser atraente

  • A atração flui e é variável. Ela vem de dentro para fora.
  • A atração é desenvolvida e evolui ao longo do tempo. Ela é imune à idade.
  • A atração é um objetivo atingível para aqueles que se preocupam com seus corpos, em desfrutar suas vidas, manter a sensualidade e se envolver com os outros.

Podemos alterar a nossa aparência com maquiagem e cosméticos. Podemos manipular nossos corpos e cabelo com roupas, tatuagens e acessórios. Mas a aparência é apenas uma parte da equação.

Então, o que faz uma pessoa ser atraente? 

De todos os elementos necessários para ser alguém realmente atraente, a beleza física é só um deles.

Michaelis define atraente como: “dotado da capacidade de atrair; encantador, sedutor”. E seus sinônimos, segundo o Dicionário de Antônimos e Sinônimos, são:

  • Simpático;
  • Agradável;
  • Encantador;
  • Cativante.

Ser uma pessoa atraente vai além de músculos à mostra, uma bunda no lugar e um lindo conjunto de dentes. Isso esconde nossa verdadeira essência como seres humanos.

O jeito com que interagimos com os outros e com o mundo ao nosso redor é o segredo para ser realmente atraente. É a maneira como levamos a vida. Como nos sentimos sobre nós mesmos. E, o mais importante, é como fazemos os outros se sentirem quando estão na nossa presença.

Para não deixar dúvidas, a beleza física é um elemento crítico para ser atraente. O segredo é ter orgulho de quem você é, de como se mantém limpo, de como se arruma e de como apresenta sua autoestima e seu valor — duas qualidades muito atrativas.

Resumindo, é simples: ser atraente é a nossa habilidade de trazer as pessoas para perto… É o nosso magnetismo.


Escrito por Amanda Magliaro  da Equipe Eu Sem Fronteiras

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]