Autoconhecimento Comportamento

Qual é o significado da flor de lótus?

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

A flor de lótus, originalmente intitulada como Nelumbo Nucifera, é uma planta aquática nativa da Ásia, que habita em lagoas de água doce ou em cursos lentos de água. Essa planta é famosa pela longa duração de vida das suas sementes, que podem brotar após 13 séculos e também pelas suas lindas flores de grandes tamanhos e com diversas pétalas.

Além de ser uma planta deslumbrante, a flor de lótus também pode ser usada na culinária. As sementes, as folhas novas, as flores e até mesmo as raízes de alguns tipos desta planta são comestíveis. Na Ásia, as suas pétalas são utilizadas como enfeites diversos e as suas folhas maiores são usadas como um embrulho de comidas e também são ingredientes de chás.

Mas, muito mais do que beleza ou sabor, a flor de lótus tem um grande significado e um importante simbolismo dentro da espiritualidade. Atente-se ao artigo e admire-se com a história desta planta!

Imagem de uma linda plantação de flores de lótus na cor rosa clara. Algumas estão abertas e outras com botões fechados.
Imagem de Dietmar Dorsch por Pixabay

Significado da flor de lótus

A flor de lótus é sagrada e é um dos símbolos mais profundos e antigos para diversos povos do planeta. Para o budismo, o simbolismo mais importante dessa flor é a pureza total da mente, do coração e do corpo. Por ser uma planta aquática, esta filosofia associa a água lamacenta que “abraça” a flor de lótus aos desejos da carne humana e ao apego, enquanto a flor límpida que desabrocha sobre as águas na busca de iluminação é tida como a promessa da alma limpa e da elevação do espírito. O hinduísmo também tem esta planta como um símbolo de nascimento divino.

Simbolicamente, a flor de lótus é ligada aos ensinamentos e à figura de Buda, e por este fato, esta planta é sagrada para todos os povos do oriente. Algumas lendas afirmam que quando Buda era criança, por todos os caminhos em que ele passava, flores de lótus desabrochavam em meio às águas lodosas.

Já nas crenças asiáticas, grande parte de todas as divindades aparece sentada sobre uma grande flor de lótus no decorrer dos atos de meditação (inclusive, na Yoga, a postura mais comum para meditar é a posição de Lótus, na qual o indivíduo senta com as pernas entrelaçadas e repousa as mãos nos joelhos). Na literatura deste continente, essa flor é um símbolo de beleza, perfeição, elegância, graça e limpidez de alma — também é associada às homenagens femininas.

Antigamente, a flor de lótus era associada ao deus do Sol Rá, pelo fato dela se “esconder” ao anoitecer e florescer ao amanhecer com o nascer do sol.

De forma geral, o que torna esta flor tão especial é principalmente a sua capacidade de enfrentar as impurezas e a escuridão desde a sua raiz, e ainda assim, florescer limpa e deslumbrante.

Obs.: para a ciência, a flor de lótus é um grande mistério. Até os dias de hoje, nenhum cientista conseguiu explicar o porquê de esta planta conseguir expelir partículas de pó e alguns micro-organismos — ela é “autolimpante”.

Imagem de uma linda flor de lótus em um lago e ao lado uma pequena tartaruga.
Imagem de Rob Slaven por Pixabay

Significados das cores da flor de lótus

Lótus Branca: a flor na cor branca está associada à perfeição do coração, da mente e do espírito. Ela simboliza a natureza respeitável e a pureza completa. Geralmente, a planta nesta cor possui oito pétalas.

Lótus Rosa: mesmo em tons mais suaves, a lótus rosa é considerada a mais importante de todas as outras, pois é associada a grandes personagens divinos, como o Buda, por exemplo.

Você também pode gostar

Lótus Azul: a planta na cor azul está ligada ao triunfo espiritual relacionado aos sentidos. Ela significa o conhecimento e o saber. Este tipo de flor de lótus não revela o que há em seu interior, pois na maioria do tempo as suas pétalas estão fechadas.

Lótus Vermelha: associada à honra e à natureza pura do coração. Esta flor de lótus representa a compaixão, o amor e a paixão, como também as qualidades de um coração. A lótus vermelha também é intitulada de Avalokitesvara — flor do Buda da Compaixão.

Quando a flor de lótus não se abre, ela é considerada um símbolo das inúmeras possibilidades do homem. Quando se abre, ela representa a pureza da criação de todo o Universo.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]