Autoconhecimento Comportamento ONGs Setembro Amarelo Trabalhos Sociais e Voluntários

Setembro Amarelo: O que é Centro de Valorização da Vida?

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras



O Centro de Valorização da Vida é uma ONG com atendimento voluntário que tem como missão valorizar a vida e contribuir para que as pessoas tenham uma vida mais plena e, consequentemente, não recorrerem ao suicídio.

A principal função do CVV é ouvir quem está precisando desabafar, quem tem passado por momentos de tristeza e não sabe muito bem como encontrar ajuda.

O suicídio é considerado um problema de saúde pública, sendo que, no Brasil, uma pessoa tira sua própria vida por hora. Além disso, o suicídio é a quarta maior causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos.

A prevenção é uma das formas de acabar com esse índice.

É por isso que o lema do CVV diz: “Falar é a melhor opção”. Muitas vezes apenas ao expor suas angústias e sofrimentos é que se consegue alívio e até alguma resolução.

Esse trabalho é totalmente gratuito! Qualquer pessoa pode entrar em contato e receber a ajuda que necessita.

Fonte: Ministério da Saúde

A campanha do Setembro Amarelo, um mês de conscientização e prevenção ao suicídio, surgiu no CVV e tem como objetivo alertar a população a respeito da realidade do suicídio, que é tratado como um tabu na sociedade, bem como a importância de cuidar da saúde mental.

Se você precisa de ajuda ou apenas desabafar, não hesite em recorrer ao CVV. O sigilo é total e o atendimento ocorre 24 horas por dia.

Ligue para 141 ou clique aqui.

CONTINUE A LER A SÉRIE “SETEMBRO AMARELO”

Prevenção ao Suicídio | Suicídio na Adolescência | Impulsividade e Suicídio | Pósvenção do Suicídio | Suicídio e Dependência Química | Suicídio e Gravidez | Suicídio e Idosos


 

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]