Linguagem do Corpo Saúde Integral

Seus dilemas lhe causam dores na coluna?

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Linguagem do Corpo: Coluna Vertebral

Você sente muitas dores na coluna? Saiba que isso pode estar enraizado com os dilemas que você se depara no dia a dia.

A coluna vertebral, conhecida também como espinha dorsal é a estrutura óssea que mantém nosso corpo ereto. Ela é composta por 24 ossos denominados ‘vértebras’ na qual se juntam sobrepostas formando uma coluna, dando nome à estrutura. A coluna cervical é dividida em quatro partes: Cervical, Torácica, Lombar e Sacro-Coccígea.

Nossa coluna vertebral possui diversas funções fundamentais para o bom funcionamento do nosso corpo. Ela protege a medula e os nervos espinhais, suporta o peso do corpo, fornece flexibilidade ao corpo e a cabeça, é responsável por nossa postura e locomoção e serve de fixação para as nossas costelas e cintura.

Cristina Cairo afirma em seu livro que problemas nesta região do corpo podem ser consequências de uma desarmonia familiar que já dura gerações. Além disso, pode simbolizar os dilemas da vida adulta.

Coluna Vertebral por Cristina Cairo

A coluna vertebral é o suporte do corpo. É o pilar da estrutura óssea e muscular. Ela é responsável pelos movimentos dos braços, pernas e dos órgãos. Pela análise psicológica, a coluna simboliza nossas raízes genealógicas e tudo o que suportamos dos dilemas da vida. É como um grande pilar de um edifício, onde a parte invisível é a que sustenta estrutura toda.

shutterstock_179897288-2A parte invisível, no caso da coluna, são nossos antepassados. Quando uma criança nasce com problema de coluna ou desvio de vértebras é porque a desarmonia familiar vem de muitas gerações. É o tipo de família que necessita de apoio espiritual e psicológico, pois as estruturas estão cada vez mais abaladas de pai para filho.

Nesse caso, os pais deverão recorrer à sua religião e orar pelas almas dos antepassados, uma vez que de geração em geração ocorre uma interferência energética.

Também há a interferência inconsciente dos próprios pais que vivem em desarmonia. Todo e qualquer aspecto negativo da conduta dos pais refletirá na saúde dos filhos.

Desvio da coluna significa que a pessoa tem medo de tomar decisões importantes porque teme perder ou magoar alguém. Ela está normalmente lotada de responsabilidades, sendo que a maioria dessas responsabilidades não deveria ser sua. Costuma assumir tarefas dos outros, e com isso, suas costas ficam sobrecarregadas.

Por mais que ore, essa pessoa tem sempre dúvidas e não confia plenamente no futuro.

Saiba que tentar apoiar-se em velhos pensamentos – por falta de habilidade para suportar a vida – provoca desvio de vértebras. E, pensamentos travados, “travam” a coluna.

Conheça o simbolismo do seu corpo para comunicar-se melhor consigo mesmo. Aprenda a respeitar seus limites e respeite-se acima de tudo, pois sua coluna foi projetada para suportar você, e não o mundo. Cuidado com o volume dos pensamentos e das emoções que você carrega.

livro 1

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]