Quiropraxia Saúde Integral

7 coisas que você precisa saber sobre quiropraxia

Doutor examinando braço de uma mulher
Karolina Grabowska / Pexels
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

A quiropraxia trata as disfunções da coluna. Você sente dores nessa região e quer mais informações sobre a prática? Então confira aqui 7 coisas que você precisa saber sobre quiropraxia antes de recorrer a um profissional.

O que é quiropraxia?

A quiropraxia previne, diagnostica e trata problemas no sistema neuro-músculo-esquelético e os efeitos destes sobre o corpo. A prática, desenvolvida em 1895 por Daniel D. Palmer, médico canadense radicado nos Estados Unidos, não utiliza remédios nem cirurgias, somente ajustes e manipulações articulares feitas com as mãos.

A técnica consiste de ajustes e manipulações articulares feitos com as mãos.

A técnica não é uma massagem e apenas profissionais graduados podem aplicá-la. Os primeiros cursos universitários na área surgiram nos anos 2000. A graduação tem duração de 5 anos, com 4.560 horas de aulas, e foi autorizada e reconhecida pelo MEC em 2005. Para encontrar um profissional regulamentado, consulte o site da Associação Brasileira de Quiropraxia.

As maravilhas da quiropraxia

Para o quiropraxista Roberto Bleier Filho da Associação Brasileira de Quiropraxia, todos deveriam procurar um profissional da área. Os exercícios agem na reeducação postural, melhorando a mecânica, alinhamento, mobilidade e a autorregulação. O método é indicado para todas as idades, até mesmo para bebês. O paciente é avaliado na consulta e o tratamento é prescrito individualmente.  

Doutor com as mãos nas costas do paciente
Ngampol Thongsai / 123RF

O tratamento já vem sendo usado por atletas, tanto é que na Paralimpíada Rio 2016, os atletas eram atendidos diariamente ou então a cada dois dias. A quiropraxista Marise Locatelli, graduada pela Universidade Feeval (Novo Hamburgo, Rio Grande do Sul) e especialista em Quiropraxia Esportiva pela Faculdade Herreno (Curitiba), revelou em 2015 que potências mundiais do esporte, como Estados Unidos, Canadá, Itália e Austrália, tinham equipes especializadas em quiropraxia.

Dentre os benefícios da quiropraxia estão:

  • Melhora na postura;
  • Redução de problemas em articulações de punhos, cotovelos, ombros, mãos, quadris, tornozelos e pés;
  • Ameniza dores e tensão muscular;
  • Alívio de dores ciáticas, na coluna vertebral e provenientes de hérnias de disco;
  • Alívio para dores de cabeça;
  • Tratamento auxiliar para cólicas menstruais e bronquite asmática.
Mulher de costas com a mão na nuca demonstrando desconforto
Karolina Grabowska / èxels

Tem vontade de se submeter a esse tratamento? Primeiro você precisa conhecer alguns detalhes. Veja aqui as principais dúvidas sobre quiropraxia:

Quiropraxia não é massagem nem fisioterapia

Massagem busca relaxamento. A fisioterapia trata dores musculares e espasmos. Já a quiropraxia, como dissemos no começo deste texto, previne, diagnostica e trata problemas na coluna, como dores lombares/cervicais/ciáticas e também tendinites.

Quem pode fazer?

Quem não sofre com os problemas citados acima, mas trabalha com computadores, por exemplo, pode procurar um quiropraxista para ajustar a coluna. Grávidas também podem, pois os exercícios são adaptados para cada fase da gestação.

Há contraindicações?

Geralmente, pessoas com osteoporose, artéria calcificada, câncer ou que foram submetidas a cirurgias não podem.

Doutor examinando pescoço de uma mulher
Karolina Grabowska / Pexels

Como é o tratamento?

Ele divide-se em três fases:

  • Intensivo (três vezes por semana): as dores costumam desaparecer;
  • Corretivo: melhoria na postura e flexibilidade;
  • Manutenção: manutenção dos resultados obtidos.
  • Como saber se o quiropraxista é bom?

Fuja se não tiver diploma de graduação em quiropraxia. Por enquanto, apenas a Universidade Anhembi-Morumbi (São Paulo) e a Universidade Feevale (Novo Hamburgo) têm esse curso. O profissional também deve constar no site da Associação Brasileira de Quiropraxia. Ele ainda precisa realizar uma avaliação rigorosa antes dos exercícios.

Você também pode gostar

Tem que ir ao médico antes?

É bom avisá-lo que pretende recorrer a um quiropraxista, mas não é necessária nenhuma avaliação prévia.

O quiropraxista pede algum exame?

Depende do caso. O profissional pode solicitar raio-x para pessoas que sofreram quedas graves ou acidentes automobilísticos, por exemplo.

Entenda melhor a quiropraxia!

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]