Convivendo

Lições espirituais que podemos aprender com Star Wars

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

O filme Star Wars é sucesso no mundo inteiro, isso não há como negar. É a franquia de ficção científica mais popular e bem sucedida de todos os tempos. Além disso, a trilogia original é um bom guia introdutório sobre espiritualidade. Existem lições espirituais dentro do contexto do filme que podem nos ensinar a conhecer melhor a nós mesmos.

Uma curiosidade: No Reino Unido foi feito um estudo, em 2001, a respeito da fé dos britânicos. Uma das religiões mais citadas foi a religião Jedi, e ficou à frente do judaísmo e do budismo.

Se isso foi uma forma de brincadeira, ninguém sabe. O que todos sabemos é que a franquia Star Wars é uma forma de filosofia de vida para muita gente.

A saga foi baseada não tão somente na criatividade de George Lucas, mas também em mitologias e filosofias orientais e ocidentais. Até o autor de O Poder do Mito, Joseph Campbell, fez citações de Star Wars em sua entrevista com Bill Moyers.

O Código Jedi:

É um código de conduta que estabelece modos e regras de comportamento para os Jedi. Ele dá o alerta sobre o lado sombrio da força e instruções para não usar a força como algo que dê lucro pessoal, e sim para a iluminação e autoconhecimento. O lado negro da força é basicamente a junção de sentimentos como raiva, medo e agressão.

Segundo essa filosofia, o Jedi deve considerar a vontade da força para tomar decisões e ser capaz de agir sem emoção e com serenidade.

Não ignore a chamada do espírito:

No primeiro filme na trilogia, Luke é salvo pelo “velho Ben”. Mais tarde, Luke descobre que é o exilado Cavaleiro Jedi Obi-Wan Kenobi. Ele começa a treinar como Jedi, logo após a morte de sua família. Com vários acontecimentos na vida de Luke, ele aceita o seu destino. São diversas chamadas em sua vida que fica difícil ignorar. Então, ele aprende a aceitá-las.

Usando a bíblia como sinônimo desta história, frequentemente os profetas são recrutados devido ao “chamado do espírito do Senhor”. Jonas, depois de fugir de Deus e passar um tempo na barriga de um peixe, aceita fazer a vontade do Senhor e aceitar sua chamada em ser um profeta.

No budismo, os discípulos de Buda também se tornam devotos aos ensinamentos e praticam o dharma.

Poderes mentais:

Os Jedi têm a capacidade de aprender diversas habilidades mentais e estudar a Força. As lições vão desde aprender a ler pensamentos até localizar seres em outros planetas. Algumas capacidades são:

  • Telecinese: permite que o Jedi manipule objetos a sua volta.
  • Projeção astral: alguns Jedis conseguem projetar sua alma e interagir com outros seres.
  • Meditação: através desse recurso os Jedis conseguem se conectar profundamente com a Força.
  • Telepatia: os Jedis conseguem se comunicar e influenciar outras mentes.

Reforce sua fé

Há uma cena que ocorre nos pântanos de Dagobah, onde Luke é incapaz de recuperar seu caça X-Wing. Após diversas tentativas, Yoda suspira e consegue liberar a nave espacial apenas levantando seu dedo. Luke fica incrédulo e diz “Eu não acredito nisso”. Yoda responde: “É por isso que você não consegue”.

Essa passagem é um exemplo de que você precisa acreditar na mudança consolidada através da sua vontade. Nada muda sem que você permita e tenha o desejo de mudança. É necessário acreditar que as coisas podem ser melhores.

Alguns ensinamentos:

“Faça ou não faça. Não existe tentar.” Mestre Yoda.

“Apego é proibido, possessão é proibida. Mas compaixão, a qual eu definiria como amor incondicional, é essencial na vida de um Jedi”. Anakin Skywalker

“A morte é parte natural da vida. Regozije-se por aqueles que se uniram com a Força. Não lamente por eles. Não sinta falta deles. O apego leva à inveja. À sombra da cobiça, isso sim. Treine a si mesmo a deixar partir tudo que teme perder.” Mestre Yoda


• Texto escrito por Natalia Iannone da Equipe Eu Sem Fronteiras

Referências: Despertar Coletivo e Sempre Questione

Imagens: Busca do Google

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]