Saúde Integral

Técnica Low/No Poo aprovada pelos dermatologistas

Washing procedure. Client is resting while its hair is being washed.
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Quando falamos de cabelos muitas pessoas apresentam técnicas e métodos “infalíveis” para tratar melhor os fios e ficarem com o cabelo perfeito. Na prática sabemos que não é tão fácil assim, e que cada tipo de cabelo deve ser tratado de uma forma diferente para ficar mais saudável. Agora, depois de tantos produtos testados inúmeras vezes nos mais diferentes fios de cabelo, a novidade que está ganhando adeptos é a técnica Low Poo e a No Poo.

Low Poo é uma abreviação em inglês para Low Shampoo, que significa pouco shampoo. E No Poo é a abreviação para No Shampoo, que significa sem shampoo. Como o nome já indica, são formas de cuidar do cabelo usando pouco ou nenhum shampoo. Mas não pense que isso significa ficar sem lavar o cabelo. É um pouco mais trabalhoso do que isso.

No caso do Low Poo são utilizados apenas produtos que não contenham algumas substâncias encontradas nos shampoos comuns. Ou seja, você vai precisar comprar um shampoo próprio para esse tipo de tratamento. O que acontece é que algumas substâncias como o Sulfato de Sódio, o Lauril Sulfato, o Lauril Sultato de Amônio e o Petrolato, removem a proteção lipídica do couro cabeludo, o que faz com que o organismo produza mais gordura no local e assim deixando o cabelo mais oleoso. No caso do Petrolato, a substância “entope” os fios com o passar do tempo, o que impede que absorvam nutrientes.

Já a técnica do No Poo não utiliza nenhum tipo de shampoo, ou seja, apenas faz uso de condicionadores sem silicones insolúveis e sem as substâncias citadas acima. Em ambas as técnicas, uma das consequências é que o cabelo fica menos oleoso e assim pode chegar a não ter a necessidade de lavagem, diminuindo sua frequência ao longo do tempo.

Substâncias recomendadas para utilizar na técnica Low/No Poo.

Muitos adeptos dessas novas técnicas têm se manifestado positivamente na internet e a opinião dos dermatologistas têm agradado a eles. Porém, caso você tenha interesse em adotar essas novas práticas para cuidar do seu cabelo, converse com um dermatologista antes para verificar qual é a melhor opção para você.


  • Texto escrito por Ricardo Sturk da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]