Saúde Integral

Terapia para aumentar a libido em homens e mulheres

Casal sentado na cama depois de uma briga
gmast3r / 123RF
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

As plantas ganharam respeito e credibilidade em diversas funções ao longo do tempo, seja na culinária, em tratamentos físicos e até mesmo em terapias. Algumas delas são utilizadas em tratamentos fitoterápicos para aumentar o apetite sexual, tanto em mulheres como em homens.

Este tratamento prepara o corpo para a excitação, facilitando o processo, além de auxiliar na cura de padrões de pensamento que influenciam negativamente no comportamento sexual das pessoas. O fato é que ainda assim, este método deve ser realizado em conjunto com outros recursos.

Ainda que este problema atinja homens e mulheres, sabemos que as mulheres são as maiores vítimas. A solução efetiva do problema é emocional, mas existem algumas alternativas que podem impulsionar a vida sexual. Veja agora algumas plantas que você pode encontrar em farmácias de manipulação, em forma de extrato, para auxiliar na libido masculina e feminina.

Tribulus Terrestris

Embora a planta exerça forte influência na melhora do apetite sexual, o seu uso é mais conhecido para o tratamento de infertilidade e impotência. Acredita-se que a erva aumenta os níveis de testosterona no organismo, porém os seus efeitos não são sentidos imediatamente, funcionando de forma gradualmente a resistência do corpo e a ocorrência de ereções a longo prazo.

Mulher deitada de costas coberta por um lençol vermelho.
Alexander Krivitskiy / Unsplash

Modo de uso: o uso deve ser feito apenas quando recomendados por médicos ou fitoterapeutas. Seu consumo é feito em cápsulas.

Indicação de consumo: observa-se a melhoria no desempenho sexual e resistência física após 10 dias contínuos de consumo. Deve ser ingerida após o café da manhã, bem como resistência física.

Maca Peruana

Também conhecida como Viagra peruano, por apresentar efeitos similares no desejo sexual, essa planta tem aparência parecida com um nabo. Sua ação se deve a presença de fitormônios, progesterona e testosterona. Para as mulheres, ela pode aumentar o apetite sexual e a intensidade dos orgasmos, já nos homens a ereção se torna mais forte e duradoura. 

Mulher segurando flores rosas na altura do ventre.
Ava Sol / Unsplash

Modo de uso: pode ser consumida em farinha ou cápsulas. É importante ingerir bastante água durante o consumo.

Indicação de consumo: 2 colheres (chá) da farinha ao dia. Adicione em sucos, vitaminas ou frutas. Em cápsulas: tome duas, 30 minutos antes do almoço e mais duas, 30 minutos antes do jantar.

Ginseng Siberiano

Essa planta aumenta a fertilidade masculina e feminina e ainda ajuda a estabilizar os hormônios femininos, auxiliando no aumento da libido. Sua raiz contém uma mistura de componentes denominado eleutherosides.

Diana Simumpande / Unsplash

Modo de uso: pode ser tomado em cápsulas, em pó ou na forma de pílula. 

Indicações de uso: a indicação é que a planta seja ingerida entre 4 a 8  semanas, duas vezes ao dia, com duas colheres de sopa.  

Ginkgo biloba

É considerado um potente estimulante sexual, pois auxilia a vasodilatação e promove a produção de ácido nítrico, necessário para estimular o aumento do fluxo sanguíneo para os órgãos sexuais. É mais utilizada pelo público masculino para o tratamento no processo de disfunção erétil, mas também é indicada para aumentar o apetite sexual das mulheres. 

Você também pode gostar

Modo de uso: utiliza-se em pó ou cápsulas.

Indicações de consumo: recomenda-se consumi-lo antes das principais refeições.

Mas atenção! Antes de utilizar qualquer uma das opções listadas, procure as orientações do seu médico, só ele pode te indicar o melhor tratamento para as suas necessidades.


Texto escrito por Natália Nocelli da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]