Convivendo

Tragédia do Rio Doce ganha documentário de ambientalista

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

A tragédia do Rio Doce, que recebeu milhares de toneladas de dejetos da Mineradora Samarco, há sete meses, ganha documentário de Ernesto Galiotto, um dos mais respeitados ambientalistas brasileiros.

O cantador Capixaba Cirinho do Rio Doce, gravou sua participação no documentário do ambientalista, sobre a tragédia. O documentário será exibido em festivais brasileiros e em Berlim, inicialmente.

É de Cirinho a trilha musical do documentário, com a música intitulada “O lamento do Rio Doce e a tragédia de Mariana”.

“É uma honra enorme essa participação e isso mostra que estamos no caminho certo, com composições autorais, sem apelos midiáticos ou fazer canção para ser parecer sexy ou engraçado, mas sim exaltando nossas raízes e tradições culturais. Música ruim passa, já a canção cultural como a que fazemos fica para sempre na história”, disse Cirinho.

Ernesto Galiotto trabalha em pesquisas e expedições em várias regiões do país. Graças a ele e amigos, foi criado os limites do Parque da Preguiça, que vinha perdendo espaço para a exploração de areia na região dos Lagos, no estado do Rio de Janeiro.

IMG-20160605-WA0023

Já Cirinho do Rio Doce é considerado pela crítica mineira como sendo o maior cantador do Vale do Rio Doce e mantém com a ajuda de amigos e recursos próprios o projeto “O Canto do Vale do Rio Doce” que já contou com as presenças dos amigos Paulinho Pedra Azul, Pedro Sampaio, Violeiro Chico Lobo e Cláudio Nucci. No dia 24 de junho de 2016, o projeto estará em cena de novo em linhares com a presença do amigo Tunai, em Mata do Lago.

Para esse ano, informa Cirinho, haverá um novo disco, o sexto da carreira, sendo que os arranjos serão do renomado Robertinho do Recife, e contará com a presença de vários artistas, entre eles o violeiro Chico Lobo.

Foto retirada da internet.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]