Autoconhecimento Comportamento

Transcender: ação necessária para uma evolução humana

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Uma pessoa que está bem conectada com a própria espiritualidade, que já passou por um longo processo de autoconhecimento e que está sempre disposta a aprender sobre o mundo é a perfeita definição de transcender. Essa palavra traz o sentido de ir além, de dar um passo na direção da evolução, algo além de simplesmente viver.

Uma pessoa que opta por transcender irá se deparar com três características fundamentais que vai adquirir durante o processo. Em primeiro lugar, ela será capaz de buscar a verdade e de aprender a lidar com ela, recusando qualquer tipo de ilusão ou de teoria que não condiz com os fatos.

Em segundo lugar, ao transcender, uma pessoa pode reconhecer o valor da bondade e adotar esse comportamento porque sabe que é a melhor forma de conviver com outras pessoas. Em geral, as pessoas adotam a bondade quando precisam que algum favor seja cumprido. Esse não seria o caso de alguém que transcendeu.

Em terceiro lugar, uma pessoa que decide transcender irá se deparar com a possibilidade de unificar seu ser. Em vez de tentar separar suas qualidades dos seus defeitos, por exemplo, ela irá entender como um pode beneficiar o outro, tornando-se alguém que reconhece todas as suas atribuições.

Ainda que o conceito de transcender não seja tão complexo, a aplicação desta forma de vida pode trazer alguns obstáculos. Será que os resultados positivos compensam os negativos? É possível transcender em qualquer fase da vida? Como é possível fazer isso?

Se estas dúvidas surgiram na sua mente logo depois de ler o primeiro parágrafo, cada tópico que preparamos será muito útil para você. Entenda como funciona o processo de transcender e como ele pode ser aplicado na sua vida, para que você caminhe sempre em direção ao futuro.

Imagem mostrando o processo de evolução da margarida.

Aspectos positivos de transcender

Ao transcender, uma pessoa pode encontrar benefícios que nem sonhava em ter. A seguir, todos eles serão descritos e explicados, para que você entenda quais são os motivos para iniciar esse processo:

1) Evitar conflitos

Um grupo de pessoas entra em conflito, na maioria das vezes, quando discordam sobre alguma questão ou quando querem impor a própria vontade ao outro. Uma pessoa que passa pelo processo de transcender é capaz de separar as discussões que podem resultar no bem comum e as que só trarão discórdia.

2) Compreender a dor

O processo de transcender inclui reavaliar as dores que sentimos, as causas de cada uma e como podemos nos sentir melhores sobre elas. Ainda que isso pareça doloroso, o objetivo da transcendência é permitir que a sua mente reconheça a sua dor como uma consequência a ser curada. Você não irá se prender a algo que te faz mal, mas irá buscar soluções para esse problema.

3) Valorizar o que importa

Ao transcender, uma pessoa deve, obrigatoriamente, avaliar o que importa para ela. Pode ser a família, o emprego, o ócio, os momentos de lazer… O ideal é que essa pessoa, depois de definir quais são suas prioridades, abandone aquilo que conhecidamente não lhe interessa ou que provoca apenas sentimentos negativos. É uma forma de se aproximar do que realmente importa.

Imagem mostrando o processo de evolução de uma árvore - do outono para a primavera - mostra ela seca e depois com a sua copa cheia de folhagem.

Aspectos negativos de transcender

Assim como há aspectos positivos em transcender, também existem algumas dificuldades que podem desestimular as pessoas que almejam essa evolução. É importante, no entanto, compreender que todos os processos que envolvem caminhar para frente apresentarão desafios. É preciso analisar as dificuldades e os benefícios.

1) Rompimento de laços

Uma pessoa que decide transcender pode se dar conta de que muitos dos laços que mantinha não foram construídos por sentimentos verdadeiros. Jogos de interesse e necessidade de se enturmar em um ambiente, por exemplo, podem levar a relacionamentos que não são saudáveis.

Por mais difícil que pareça libertar-se desse tipo de relação, essa atitude pode estimular a criação de novos laços com pessoas que realmente trarão um impacto positivo para a sua vida e para quem você é.

2) Sensação de insuficiência

A sensação de insuficiência pode afetar uma pessoa que queira transcender. Ela pode imaginar que não tem o que é preciso para evoluir ou que nunca chegará aonde deseja. A verdade é que qualquer pessoa pode transcender. Não existem pré-requisitos além da vontade de realizar esse processo.

Todas as pessoas devem reconhecer as próprias capacidades e trabalhar para que elas sejam bem aproveitadas ao transcender. É preciso traçar a própria trajetória sem tentar assumir a caminhada que outros já fizeram.

3) Dificuldade para evoluir mais

O processo de transcender nunca está completo. Somente uma pessoa evoluída é capaz de reconhecer que sempre é possível evoluir mais. Em alguns casos, essa necessidade constante de crescer e de aprender pode ser cansativa e desgastante. Se isso acontecer, é preciso reajustar o processo de evolução para algo que não seja trabalhoso.

Transcender deve ser algo feito com naturalidade, buscando uma conexão com o que realmente importa e com o que está além da capacidade humana. Estagnar-se em uma posição não combina com a transcendência. É preciso ter a audácia de se desafiar todos os dias.

Imagem que mostra o processo de evolução da tecnologia. Uma mão usando a máquina de escrever e a outra usando um notebook.

Transcender em cada fase da vida

É possível transcender em qualquer fase da vida. Como esse processo nunca terá fim, quanto antes começar, mais evoluída uma pessoa será quando estiver no momento de fazer a passagem para o mundo espiritual. A seguir, conheça o que a transcendência pode fornecer em cada fase da vida.

Você também pode gostar

1) Infância

Para que uma criança possa transcender, a curiosidade que ela tem deve ser sempre estimulada. Ela deve ter a possibilidade de conhecer o mundo e de interagir com ele, analisando até mesmo os aspectos mais simples da vida. Ao reconhecer o valor da natureza e das relações familiares, uma criança saberá o que realmente importa.

Sendo assim, a transcendência permite que uma criança cresça com estímulos que irão acompanhá-la até a vida adulta. Essa pessoa sempre terá o desejo de ir além, valorizando a simplicidade das coisas e o sentimento de união e de amor que deve existir entre as pessoas.

2) Adolescência

A adolescência é um período de descobertas e de buscas pela verdade. Ao encontrar inúmeras perspectivas sobre o mundo, no entanto, um adolescente pode se revoltar e gerar conflitos desnecessários. Ao transcender, ele será capaz de identificar se existe necessidade de esbravejar diante de qualquer motivo.

Uma adolescente que está em processo de transcendência será uma pessoa em busca da paz e da harmonia, compreendendo as inúmeras verdades sobre o mundo e respeitando cada uma delas, sem tentar impor os próprios desejos ao mundo todo.

3) Vida adulta

O processo de transcender durante a fase a adulta pode ser mais difícil do que nas fases anteriores. É nesse momento que uma pessoa já definiu tudo o que espera da vida e já acumulou posses e laços. Mesmo assim, é possível iniciar a transcendência de forma a se abrir para o mundo novamente. Uma pessoa adulta não deve se limitar ao que já conhece, porque é preciso ir além.

Dessa forma, uma pessoa adulta que opta por transcender pode encontrar novidades e descobertas que a conectem com a alegria de viver. É hora de buscar estímulos, de explorar o mundo e de valorizar a bondade que deve envolver as relações humanas.

4) Velhice

Para muitos, a velhice está associada ao fim da vida. É por isso que as pessoas se recusam a aprender coisas novas ou a seguir novas crenças. O conformismo e a estagnação que afetam as pessoas idosas é prejudicial para aquelas que desejam transcender. Nesse processo, elas teriam a oportunidade de rever tudo o que viveram, de analisar o que construíram e de pensar sobre o que elas mais amam.

Ao valorizar o que foi mais importante para a própria vida, uma pessoa idosa terá começado o processo de transcender. Há uma tendência para que a passagem para o mundo espiritual seja mais tranquila e mais feliz, visto que essa pessoa irá compreender que a vida é um ciclo em que devemos nos apegar somente a quem nos faz bem e aos objetos que carregam significados.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]