Convivendo Educação

Vamos falar de Desescolarizar (Deschooling), Desescolarização (Unschooling) e de Ensino Domiciliar (Homeschooling)

Andreia Howell
Escrito por Andreia Howell
Com o Ensino Domiciliar obtendo cada vez mais adesão, uma vez que estamos saindo da era do conhecimento e mergulhando na era da criatividade, nada mais proativo do que não bloquearmos as mentes individuais, abertas e curiosas dos nossos filhos. Para que isso ocorra, uma educação individualizada e que respeite a velocidade, capacidade e interesse de cada indivíduo se faz essencial, e o Ensino Domiciliar é fantástico em poder proporcionar essa educação “sob medida“.

A educação é um processo pessoal e orgânico que utiliza todos os sentidos. Ensinar e aprender não estão necessariamente conectados e o primeiro nem sempre resulta no segundo. Aprendemos quando há um genuíno interesse, aprendemos quando as condições são favoráveis, aprendemos quando há liberdade e autonomia, aprendemos quando estamos relaxados e receptivos.

“Uma vida que vale a pena viver e um trabalho que vale a pena fazer, é o que eu quero para as crianças (e para todas as pessoas), não apenas ou nem só mesmo algo chamado uma educação melhor.”

– John Holt.

Por esse conceito de Ensino Domiciliar ser muito novo, há ainda muitas controvérsias e alguns conceitos não estão muito claros, como é o caso dos termos, Ensino Domiciliar (Homeschooling), Desescolarizar (Deschooling) e Desescolarização (Unschooling). Vamos falar brevemente sobre cada um:

Ensino Domiciliar 

Quando a família assume a responsabilidade, e como bônus uma enorme satisfação, na Educação e convivência com os filhos, ao invés de terceirizar esse processo através do Estado ou de uma Instituição particular.

Existem vários métodos e formas de desenvolver e vivenciar a Educação Domiciliar e o método escolhido dependerá de vários fatores, mas principalmente do perfil e estilo de vida de cada família, ter esta liberdade de escolha proporciona uma experiência libertadora, mais diversão, além da família poder viver alinhada com os seus próprios valores e prioridades.

Os países com maior prevalência no Ensino Domiciliar são Austrália, Canadá, Nova Zelândia, Reino Unido e Estados Unidos.

Aqui nos Estados Unidos são aproximadamente 2 milhões de crianças educadas em casa e alguns dos métodos utilizados são: Montessori, Waldorf, Charlotte Mason, Online, Desescolarização e Eclético, entre outros.

Desescolarizar

É o processo de se libertar de pensamentos e atitudes institucionais.

Os pais que estão iniciando o Ensino Domiciliar devem esperar que os primeiros dias, semanas ou meses, serão afetados pelo processo de Desescolarizar. Afinal, nós passamos doze anos ou mais engajados com o sistema escolar e logo a mentalidade disseminada por esse sistema.

Desescolarizar é um processo, tem um lugar na linha do tempo, que é extremamente individual e pessoal. Desescolarizar requer crescimento pessoal, estar aberto a se autoquestionar, ver seus valores e referências serem implodidos e ver um novo mundo surgir com mais criatividade e possibilidades.

Desescolarização 

E um método educacional e filosofia que defende as atividades escolhidas pelo aluno como um dos principais meios para aprender. É muito gratificante para os pais ver seus filhos em busca do conhecimento. É natural e saudável para as crianças nos primeiros anos de vida aprenderem naturalmente com o ambiente ao seu redor, elas aprendem a andar, falar e entender expressões faciais sem precisar que ninguém as ensine de forma formal. Um grande componente de não escolaridade baseia-se em fazer coisas reais, não porque esperamos que elas sejam boas para nós, mas porque eles são intrinsecamente fascinantes. Existe uma energia que vem daquilo que você não pode comprar com um currículo.

A minha experiência com o Homeschooling tem sido fascinante e extremamente gratificante, quanto mais eu aprendo e vivencio através desta jornada, mais eu tenho vontade e determinação de seguir neste caminho. Para mim não é o caminho mais fácil, mas é o caminho que faz mais sentido.

Ver o meu filho crescer sendo ele mesmo e não o que o mundo quer que ele seja, com liberdade, espontaneidade, aprendendo no seu próprio ritmo e o que faz sentido para ele, é uma experiência maravilhosa. A vida faz muito mais sentido!

Sobre o autor

Andreia Howell

Andreia Howell

Meu nome é Andreia Howell, morei na Austrália e há 10 anos moro nos Estados Unidos com meu filho e marido onde prático uma vida Intencional através do Homeschooling/Unschooling, de uma alimentação simples e nutritiva (Plant-Based ) e tendo em mente o minimalismo em todos os aspectos da vida. Parentalidade Consciente é uma prioridade no meu dia a dia, o futuro não depende das crianças e sim dos pais dessas crianças. Graduada em Nutrição e Pós graduada em Segurança Alimentar. Apaixonada pelo Ballet Clássico, dei aulas no Brasil e Estados Unidos e hoje prático Ballet adulto.
Andreia é membro “The Alliance for Self-Directed Education”

E-mail: [email protected]
Facebook: andreiahowell
Whatsapp: +1 405 600 8934