Comportamento Convivendo

10 atitudes que podem transformar o seu dia e o do próximo

Imagem de uma mão com luvas em formato de coração representando o amor. Ao fundo a imagem de uma luz branca.
FlyingMonkeyMother / Pixabay
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Com os olhos voltados para a pandemia e o isolamento social, assuntos ligados à promoção de melhorias no convívio em sociedade ganham destaque nos meios de comunicação, em grande escala. Pensar em maneiras objetivas de como é possível transformar o nosso dia e o do próximo nos convida a observar o quão efetivos podem ser os resultados causados por pequenas ações individuais fáceis de serem adotadas no cotidiano.

Nos reconfiguramos, a estadia em casa é quase que integral, o home office trouxe prós e contras, mas no meio de toda essa bagunça, atividades e atitudes simples são na realidade alguns dos fatores essenciais e determinantes para que as mudanças, de fato, sejam significativas. Confira algumas delas:

Agradeça

Quando agradecemos, o universo entende que merecemos aquilo em abundância e nos devolve tudo em dobro. Não basta dizer obrigado apenas a quem nos presta ou oferece algum serviço. Valorizar o que temos, contemplar o pôr do sol, visitar a família, abençoar os alimentos e os sentidos que nos permitem desfrutar das belezas que nos cercam são alguns dos motivos aos quais devemos ser gratos. E a lista consegue ficar imensa, pode apostar!

Pratique a gentileza

Por conta das notícias e informações que recebemos acerca do mundo, nos distanciamos da imagem, de conceber um cenário onde todos os seres serão tratados com igualdade. Contudo, seguimos lembrando que ser gentil é uma condição pessoal capaz de provocar fortes impactos no coletivo. Exercitar tal característica não demanda tanto esforço. Gestos como cordialidade, cumprimentar o vizinho, ouvir, sorrir, elogiar ou surpreender alguém especial transmutam, grandemente, a atmosfera do ambiente.

Esteja presente

Viver assolado, em meio ao caos do coronavírus, colocou em baixa o rendimento de muitas pessoas, desequilibrando legal o andamento da rotina. E não é pra menos. Manter em ordem mente, corpo e espírito de forma integral requer bastante equilíbrio, e a falta de foco compromete, e muito, a qualidade daquilo que estamos fazendo ou falando. Se concentrar com calma nas tarefas, escutar com cuidado, dar atenção à companhia que nos cerca é um convite para testemunharmos a dádiva que é viver no presente. Celebre o agora!

Imagem de uma mão segurando entre os dedos uma flor amarela, em sinal de doação de afeto e amor.
Andy JARRIGE / Pixabay

Faça doações

Aprenda a se desapegar daquilo que não condiz com sua vivência atual e doe. Aproveite pra limpar o guarda-roupa, separe calçados, agasalhos, cobertores e encaminhe para quem precisa. Existem várias redes de apoio espalhadas pelo o país (e pela internet) recebendo doações, retirando no local; o que não falta é opção. Se a maré não estiver boa para doações, procure voluntariados, coloque a mão na massa ou parte do seu tempo; ele é valioso!

Consumo consciente

Segundo estudos recentes da Global Footprint Network (GFN), responsável por calcular a “Pegada Ecológica” das ações humanas deixadas do mundo, a Terra esgotou os limites de recursos naturais do planeta no ano de 2019. Separar o lixo, de modo correto, para a coleta seletiva (facilita o trabalho dos coletores), economizar energia, papel, água, doar, reduzir o consumo de plástico e de carnes colabora na criação de uma geração mais consciente e preocupada em ajudar o outro.

Terapia com a jardinagem

Criar conexão com a natureza ajuda a aterrar os pensamentos, trazê-los a uma esfera positiva, renova as energias, nos coloca pra perto do divino. Em período de isolamento, cultivar um jardim é convite divertido e de baixo custo pra quem busca alinhamento e equilíbrio. Seus benefícios terapêuticos auxiliam na diminuição do estresse, do cansaço mental, no rendimento da concentração, e contribui, além disso, com o tratamento da depressão. Um vasinho já é um bom começo.

Tire um tempo para respirar corretamente

Respirar é um mecanismo inerente ao ser humano, entretanto, na correria das trivialidades e das emoções do dia a dia, talvez passe batido a frequência com que fazemos isso errado. Dentre os problemas acarretados pela má respiração estão a ansiedade, os distúrbios do sono e a redução da pressão arterial. Por esses e tantos motivos, o ritual de inspirar pelas narinas, encher os pulmões e liberar oxigênio tem que ser repetido como um mantra corretamente para nos mantermos vivos e estáveis nos campos físico e mental.

Inspire outras pessoas

Com o advento das redes sociais, compartilhar conteúdo se tornou algo habitual entre a gente, como uma nova norma da modernidade. Passamos longas horas conectados, conquistamos certa liberdade ao nos expressarmos, e o que consumimos e dividimos online pode sim influenciar a rede de contatos que temos. Inspire, motive, divirta, troque ideias, reflita. Pessoas inspiradas são também capazes de inspirar.

Imagem de um mulher em um campo aberto. Ela está de braços abertos, respirando fundo e de frente para umas árvores.
Alfonso Cerezo / Pixabay

Pense positivo

Comportamento negativo e pessimista diante da vida só atrasa a chegada de oportunidades para celebrá-la. Corte da boca o maldizer, a fofoca, o ato de praguejar, amaldiçoar e reclamar; esse é um tipo de exercício pra ser feito diariamente logo ao acordarmos. Em qualquer que seja o desafio, otimismo e confiança atrairão os nossos desejos no momento certo.

Plantar pra colher, colher pra plantar

A lei do retorno é implacável quando diz que tudo o que vai volta. O ditado popular define em poucas palavras o ingrediente primordial contido nas dicas aqui apresentadas: semeie o bem onde quer que esteja, tenha empatia, cultive sentimentos nobres como o amor, a amizade e a alegria. Um caminho de bem nos traz somente bons frutos e torna nossos relacionamentos muito mais saudáveis. Cuide do plantio!

Você também pode gostar

Sem complicação e livre de parafernálias, adotar uma nova atitude pode ser mais fácil do que se imagina. Um pouco de dedicação e força de vontade são elementos suficientes para possibilitarmos melhores experiências em nossa atmosfera. Não custa tentar.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]