Comportamento Convivendo

Persista

Homem empurrando uma grande pedra para o topo de montanha.
Elnur Amikishiyev / 123RF

Persista.

Por que persistir?

O melhor motivo é a felicidade.

Viver é persistir em ser feliz!

Mantenha o foco no que vale a pena.

Insista em tornar a sua vida uma vida agradável. Isso é merecimento!

Pode até ocorrer de existirem situações bloqueadoras, que tornam impotente qualquer ação.

Geralmente essas situações bloqueadoras ocorrem quando surge algum desconforto, e desconfortos geram vários tipos de transtornos.

Todos nós temos problemas, fato.

Tudo bem. Que eles sejam resolvidos então.

Ansiedade é um desconforto, logo um problema.

Esse sentimento de ansiedade é algo que devemos trabalhar para não sermos dominados, pois as expectativas verdadeiras e falsas causam impotência para realização dos objetivos e alcançar metas.

Uma das soluções para resolver o problema da ansiedade, eu sugiro, é a prática de yoga, pois ela vai te ajudar de maneira significativa a ter uma percepção do seu corpo e mente, por meio das posturas, respiração, equilíbrio e meditação.

Mulher praticando yoga.
Burst / Pexels

Soluções, quando queremos, são encontradas, basta procurar.

Como somos diferentes uns dos outros, os questionamentos e respostas variam para cada ser.

Ter consciência de como você está neste momento, aqui, no presente, agora, certamente contribuirá para que o tamanho do seu problema diminua.

Dizer para si: “Estou com problema, estou com problema, estou com problema” não vai te ajudar em nada.

Diga para si: “Como posso e vou resolver este problema? O que eu preciso fazer e o que é necessário para eu resolver este problema?”.

A diferença sempre está em como você consegue assimilar e enxergar a mesma coisa de maneiras diferentes.

Daí em diante, o primeiro passo é obter recursos, e se precisar, buscar ajuda também. Tudo que estiver ao alcance para resolver o problema que te incomoda tanto, seja pessoal, seja financeiro, espiritual ou físico.

Devemos deixar de ser expectadores para ser atores.

Em vez de apenas observarmos, devermos pôr em prática, ter atitude.

Hoje, para todas as áreas imagináveis, existem pessoas para dar auxílio no que for preciso.

Para a questão de dinheiro, existem os especialistas da área financeira.

Para o mental, existem os especialistas da área psicológica, treinadores, terapeutas, coaches, psiquiatras etc.

Para o espiritual, existem as religiões.

Para o amor, existe Deus.

Para tudo, existem os amigos.

Persistir… devemos persistir e tentar.

Em algum momento, o persistir dará lugar ao desistir.

Desistimos de persistir quando tentamos de tudo. Já deu, e agora não dá mais.

Uma coisa muito importante é procurar sempre manter o foco no que vale a pena.

O presente momento é sempre o ideal.

Mesmo que você não esteja bem no presente momento, não significa que sempre a sua vida foi ingrata.

Não estar bem no presente momento é uma oportunidade e uma forma de relembrar as vitórias alcançadas e o que de bom aconteceu na vida, pois são conquistas pessoais importantes.

Reconhecer o porquê de certas coisas estarem acontecendo e agradecer por entender, aceitar, e, principalmente, tomar a decisão de querer mudar é o que importa.

Melhor aprendizado é ser questionado e buscar respostas: essa é a solução.

Perceba isto: na verdade, somos como crianças, como bebês, apenas fazendo o caminho inverso.

E devemos ser como crianças para receber o que o Deus do Universo nos tem reservado.

Somos imitadores uns dos outros.

Criança brinca com dois adultos.
Andrea Piacquadio / Pexels

Dependentes uns dos outros.

E se você reparar, as crianças fazem isso com perfeição: imitam, não apenas para fazerem igual (ninguém faz), mas para experimentar o que o outro sente.

É assim que as crianças constroem o histórico dentro de seu interior.

O amadurecer tem a tendência de rasurar esse histórico.

Certamente, se o histórico é ruim, precisa de uma transformação, e pode ser necessário renascer, refazer-se, renovar tudo, para poder viver uma vida melhor.

Quando temos mais calma e contemplamos o silêncio, temos mais serenidade e equilíbrio.

Somos os únicos responsáveis por nossa felicidade.

Sermos a expressão de nós mesmos, e não dos outros. É Ser.

Persistir em melhorar é persistir em Ser.

Em vez de se iludir, e correr atrás de fórmulas mágicas, segredos e soluções instantâneas, seja como uma formiguinha!

E como uma formiguinha, persista em ir ao encontro do que te faz feliz!.

Afinal, viver é persistir em ser feliz!

Gratidão! Namo Amituofo! Namastê!

Sobre o autor

Euclydes Zanon Filho

Eu sou Euclydes Zanon Filho, formado no curso superior em Gestão de Serviços. Participo de treinamentos de desenvolvimento pessoal e comportamentos. E escrever é uma forma de dividir a luz interior, o meu resgate é contínuo, o meu despertar é diário, e é incrível!

Contatos:
https://www.facebook.com/DespertarRenovarSeguir
Contato: (11) 99394-0100
E-mail: zanon123@yahoo.com.br