Autoconhecimento

4 hábitos comuns de pessoas imaturas

Image of young dad yelling at his son
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Conheça 4 hábitos comuns de pessoas imaturas e aprenda a mudá-los

Ser alguém imaturo pode realmente atrapalhar a trajetória profissional e emocional de uma pessoa. Do outro lado, ter que lidar com alguém imaturo também não é nada fácil. O comportamento infantilizado em pessoas que já estão na fase adulta dificulta muito a convivência com outros adultos. Mas, afinal, o que os imaturos fazem?

Uma pessoa é formada por sentimentos, emoções, princípios e pensamentos, que, juntos formam sua personalidade que, por consequência, diz muito sobre a forma como a pessoa se manifesta.

A pessoa imatura possui costumes e jeitos de agir de alguém com idade muito inferior a que de fato possui. Abaixo, estão os quatro hábitos mais comuns das pessoas imaturas. Se você se identificar com todos ou algum deles, saiba que é possível mudar.

1. Você é muito dramático

Frases como “hoje foi o pior dia da minha vida”, “eu não vou aguentar”, “jamais vou superar esse trauma tão horrível” são comuns no vocabulário de pessoas muito dramáticas, principalmente quando envolvem situações ruins e sentimentos negativos, como choro, dor e medo.

“A pessoa imatura possui costumes e jeitos de agir de alguém com idade muito inferior a que de fato possui”

Basta tropeçar na rua e ver o joelho sangrando para falar que nunca sentiu uma dor como esta e que talvez não se recupere. Ou, se ficou trabalhando até tarde no dia anterior diz que simplesmente não consegue fazer nada, porque não dormiu direito, fica de cara fechada e acha que todos precisam entender o motivo, entre tantos outros exemplos.

Às vezes, também pode vir de emoções e situações boas, mas demonstrar felicidade em excesso não é apropriado para certas situações e lugares. Você precisa aprender a controlar suas reações. O drama aumenta qualquer reação que o seu corpo tenha, o que não é legal. É preciso aprender a ponderar sua forma de agir e se expressar.

2. Birras e chororôs são comportamentos comuns

É preciso entender uma coisa: fazer birra é muito feio até para crianças, quiçá para adultos. É claro que as crianças ainda estão desenvolvendo suas personalidades e aprendendo o que é certo e errado. Mas, um adulto já sabe (ou ao menos deveria saber) a forma correta de agir em cada situação.

Além de não conseguir absolutamente nada do que quer, esse tipo de comportamento assina um atestado de imaturidade e todos os seus amigos e familiares irão perceber isso. Você precisa amadurecer suas atitudes urgentemente.

Sempre que pensar em começar uma nova birra, lembre-se de que essas atitudes são muito feias e que tudo o que você vai conseguir serão alguns olhares estranhos e muitas pessoas pensando o quanto você ainda é uma criança por dentro. Não é isso o que você quer, certo? Respire fundo e tente ser mais polido e adulto, argumentando os motivos até chegarem a um consenso.

3. Você precisa ser o centro das atenções

Não importa o que você tenha que fazer, desde que as pessoas prestem atenção em você. Então, você interrompe conversas, tenta falar mais alto e gesticular de forma mais expressiva que as outras pessoas, faz coisas impensadas só para conseguir a atenção.

Esse tipo de atitude não é só danosa para você, como também deixa as pessoas a sua volta bastante envergonhadas. Afinal, realmente é uma situação bem embaraçosa.

Você precisa aprender a se controlar e agir de forma natural. Espere a pessoa terminar de conversar para chamá-la, caso precise falar, ou, caso somente queira ser o centro das atenções, lembre-se: ninguém precisa ser o centro.

Cada um recebe determinada intensidade de atenção devido ao momento, depende da conversa, do ambiente, das pessoas, da intenção, e isso é normal. É preciso que você entenda isso.

4. Tem atitudes impensadas

Até os adultos fazem coisas sem pensar, de vez em quando. Porém, os imaturos fazem isso o tempo todo e,em alguns casos, em situações muito perigosas. Apostar corridas de carros ou motocicletas em locais inapropriados (em pistas que não estejam propriamente preparadas e equipadas), exagerar no consumo de bebidas alcoólicas só porque está com amigos, entre tantas outras atitudes de risco extremo que a imaturidade o incentiva a fazer.

“Até os adultos fazem coisas sem pensar, de vez em quando. Porém, os imaturos fazem isso o tempo todo”

Esse hábito talvez seja o mais perigoso e o que mais define os imaturos, porque eles estão colocando suas próprias vidas em risco, como, também, muitas vezes, arriscando a vida de outras pessoas.

Essa é a primeira característica que você precisa mudar, ou ao menos reconhecer que, além de imaturo, é errado. Trabalhe isso em você, pense a respeito das consequências e não tenha vergonha ou medo de admitir que não irá participar desse tipo de situação.

Todos os hábitos acima mostram uma pessoa que, seja ou não de propósito, não só não agrada os outros como, também, é mal-educada em diversas situações e prejudica a vida de muitas pessoas. Lembre-se que, caso você queira ou sinta necessidade, um profissional sempre poderá ajudar a identificar comportamentos danosos em sua vida e a melhorá-los.


Texto escrito por Giovanna Frugis da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]