Autoconhecimento Relacionamentos

5 sinais de que você só agrada aos outros

agrada aos outros
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras
Você precisa sempre da aprovação dos outros? Se você busca demais agradar os outros e por isso acaba em situações nada agradáveis e que não te fazem bem, talvez seja hora de repensar a forma como está se comportando. Claro que devemos pensar nos outros e sermos gentis com as pessoas, mas não podemos deixar a individualidade de lado por causa da opinião ou vontade de outras pessoas. Existe um equilíbrio que deve ser alcançado para ter uma vida saudável, mas, para isso, é necessário perceber primeiro se você não está vivendo demais para os outros e pouco para si mesmo. Veja abaixo 5 sinais que podem indicar que é hora de você pensar sobre esse assunto:

Aprovação social

Se você faz as coisas pensando em primeiro lugar em ser aprovado por alguém ou por um grupo de pessoas, repense isso. Buscamos ser aceitos pela sociedade, mas isso não pode tirar a sua individualidade de jogo. Você se preocupa muito em estar desapontando os outros? Lembre-se que a primeira pessoa que você deve estar em harmonia é com si mesmo, apenas depois é que você deve pensar o quanto deve se importar em ser aceito. Agradar a todos é impossível. Então, pense primeiro em como se sentir bem consigo para tirar esse peso da aprovação social dos seus ombros.

Comparação

Você se compara muito com os outros? Nem sempre o que é o melhor para os outros, é o mais adequado para a sua vida. Cada pessoa é única e não podemos nos pautar pela necessidade dos outros. O que é melhor para um, é melhor apenas para ele. Por isso, em vez de se comparar com os outros, procure dentro de si mesmo o que é melhor para você, sem se importar se outras pessoas têm isso ou não, ou o que elas já alcançaram.

Escolhas

É normal que, quando você fizer uma escolha importante em sua vida, as pessoas deem opiniões a respeito. Algumas serão a favor, outras serão contra. Se você fica pensando em mudar de escolha por causa dessas opiniões, tome cuidado. Como já falamos, o que é melhor para uma pessoa nem sempre é o melhor para outra. Por isso, trabalhe o seu autoconhecimento e sua autoconfiança para ter firmeza nas escolhas que faz. Não deixe que outros escolham para você, pois a responsabilidade pela sua felicidade é sua e não dos outros. E se for para errar com os caminhos escolhidos, que o erro seja seu e não um arrependimento no futuro por ter seguido a escolha que os outros queriam.

Sucesso

Se você define o que é sucesso baseado em outras pessoas, isso também não é um bom sinal. A única pessoa que pode definir o que é ter sucesso na sua vida é você mesmo. Podemos ter referências e ídolos, mas a história pessoal de cada um é única e você precisa definir os seus próprios objetivos de sucesso. Não é porque alguém da sua família ou algum amigo conquistou algo antes de você que você precisa fazer o mesmo. O que você conquista e tem sucesso por isso é uma escolha sua, não dos outros.

agrada aos outros

Redes sociais

Se você fica triste ou deprimido ao navegar nas redes sociais e ver que as pessoas têm uma vida “melhor” que a sua, pare com isso. As pessoas costumam postar somente o que elas querem e isso passa uma falsa imagem do que realmente é a vida. A vida é o que acontece principalmente fora das redes sociais, por isso não dê tanta importância para elas. O importante é você saber usá-las como uma forma de se divertir e manter contato com os outros, mas nunca como uma ferramenta para se comparar ou criar ideias de como você deveria ser tentando imitar o que os outros fazem. Saia um pouco dessa realidade virtual e escolha o seu próprio caminho sem se basear no que os outros postam. A vida real é muito maior do que essa imagem virtual que as pessoas ficam se comparando.


Escrito por Ricardo Sturk da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]