Linguagem do Corpo Saúde Integral

O significado psicológico das cores no ser humano

Homem olhando para parede colorida a sua frente
Mario Gogh / Unsplash
Escrito por Eu Sem Fronteiras

O tempo todo, ao nosso redor, estão as cores. Presentes na natureza, nas ilustrações, nos objetos que nos cercam, elas estão em literalmente tudo aquilo que enxergamos. Com isso, pode parecer que as cores viraram até mesmo algo banal, mas se engana quem pensa assim. Isso porque esses elementos visuais são capazes de nos influenciar emocionalmente, e mexer, inclusive, com os nossos sentimentos.

Não é à toa que empresas de marketing e redes de grandes indústrias e comércios escolhem minuciosamente as cores de suas logomarcas e de seus produtos. O que está por trás de tamanha atenção à coloração de suas identidades é a famosa psicologia das cores. Ficou curioso(a)? Aprofunde-se no assunto e entenda tudo sobre esse campo do saber!

O que é a psicologia das cores?

Cérebro dividido ao meio. Uma parte está em preto e branco e a outra está colorida
Cienpies / 123rf

A psicologia das cores é um estudo que analisa os efeitos que cada cor produz nos seres humanos, como emoções, sentimentos, vontades e afins. Esse estudo está aliado aos conhecimentos da teoria das cores e tem como objetivo entender como a mente se comporta no que diz respeito às cores, e até que ponto elas são capazes de influenciar o nosso psicológico.

Cada cor produz um efeito distinto e específico, segundo a psicologia das cores. Para analisar cada tonalidade, são observadas características como:

Dimensão: característica que causa a sensação de se estar em um local maior ou menor. Mesmo que dois ambientes tenham exatamente o mesmo tamanho, a coloração de cada um deles pode influenciar na percepção da dimensão de cada um.

Peso: do mesmo modo que faz com a ideia de dimensão, a cor também pode afetar na impressão de peso dos objetos. Ou seja, dois objetos podem ter exatamente o mesmo peso, mas a cor de um pode fazê-lo ser percebido como mais leve ou mais pesado que o outro.

Iluminação: dependendo da cor utilizada, um ambiente inteiro pode aparentar ser mais claro ou escuro, mesmo que receba exatamente a mesma frequência de luminosidade que outro cômodo de cor diferente.

Temperatura: característica que transmite a impressão de um local ser mais frio ou mais quente. Pode ser comumente observada em filmes, que optam por paletas de cores frias, como azul e branco, para retratar ambientes de temperaturas mais baixas.

Simbolismo: trata-se de um aspecto mais subjetivo, já que cada cor pode possuir uma ideia ou significado diferente para cada pessoa. Varia de acordo com as experiências e interpretações pessoais de cada um.

Folhas de papéis coloridas
Pixabay / Pexels

Emoção: característica muitas vezes ligada à temperatura das cores, já que os tons quentes estão associados a sentimentos positivos, como alegria e euforia, enquanto os frios se relacionam com aspectos de tristeza e introspecção.

Recordação: relaciona-se com a memória emotiva de cada um, tão subjetivo quanto o aspecto simbólico que as cores apresentam para cada pessoa.

Agora que você entende quais são os aspectos principais que fazem com que cada cor transmita uma sensação diferente e singular para a nossa mente, descubra qual o significado de cada tonalidade para a psicologia das cores.

Significado das cores

Marrom

O marrom é uma cor frequentemente associada a coisas ruins, despertando súbita rejeição em algumas pessoas. Isso porque o marrom é, muitas vezes, remetido à sujeira e excrementos, sendo a cor da decomposição e das defecações.

No entanto a cor marrom também pode ser associada ao aconchego e à segurança, associando-se a sabores fortes e que trazem a noção de família, como o café e o cacau, por exemplo. Além disso, o marrom é também a cor da terra, da natureza, dos troncos das árvores e pode trazer uma ambientação rústica para os ambientes nos quais for inserido, trazendo a ideia de lar e conforto.

Verde

O verde representa, sobretudo, a vitalidade, a natureza e a saúde. Cor típica do reino vegetal, o verde está associado à consciência ambiental, à nossa ligação com a terra, à liberdade e também simboliza a fertilidade e a riqueza, sendo a cor que universalmente representa o dinheiro, mesmo que existam cédulas e unidades monetárias de outras colorações.

Além disso, a cor verde está associada à juventude, o que se relaciona com o fato de esta ser frequentemente utilizada para se referir a algo imaturo, cru. Algo “verde” é algo muito prematuro, que não está pronto, que tem muito a aprender ainda.

Azul

O azul é o favorito da maioria esmagadora de pessoas que têm preferência por alguma cor. Isso porque a cor azul está associada à tranquilidade, ao silêncio, à intelectualidade e à harmonia. É uma cor fria e, segundo a psicologia das cores, ela é capaz de transmitir sensações de segurança e confiança, ao mesmo tempo que também fala sobre introspecção e espiritualidade.

Mulher em frente a algumas árvores usando uma blusa jeans
Micah Hallahan / Unsplash

Vermelho

O vermelho está ligado ao dinamismo, ou seja, à vontade de se movimentar e agir. Não é à toa que o vermelho é a cor utilizada para atiçar touros em rodeios, já que é comprovado que essa cor tem a capacidade de estimular os impulsos físicos, aumentando a pressão sanguínea e os batimentos cardíacos. É uma cor usada para transmitir a sensação de alta intensidade e confiança. Além de também se relacionar com emoções como raiva, paixão, calor e excitação.

Amarelo

O amarelo é uma das cores mais alegres, já que remete ao otimismo e à disposição. Isso porque a cor amarela é um tom ensolarado, associado ao Sol, ao calor, ao verão e à luz, sendo então a mais utilizada para remeter a momentos felizes. Além disso, a cor amarela é extremamente chamativa, por isso é bastante utilizada para alertas, advertências e sinalizações em geral.

Preto

Homem sentado em uma escada usando tênis preto
Omar Prestwich / Unsplash

O preto, apesar de ser carregado de conotações negativas, por remeter à escuridão, ao desconhecido, ao luto e aos perigos da noite, é também associado à modernidade e ao luxo, sendo um símbolo clássico de elegância. Além disso, a cor preta também se relaciona com a magia e o mistério. Dentro da ciência, existem controvérsias sobre o fato de o preto ser ou não uma cor, já que, na verdade, ele representa a ausência de cores; mas é inegável, para a psicologia das cores, que esta tonalidade é capaz de transmitir emoções e sentimentos reais a quem a vê.

Laranja

O laranja se aproxima de duas cores com forte carga emocional própria: vermelho e amarelo. Sendo uma mistura dessas duas, então, a cor laranja remete à diversão, ao lúdico e à sociabilidade. Também simboliza a iluminação e a simpatia. Tanto quanto o amarelo, está associada ao verão e ao calor.

Você também pode gostar

Cinza

O cinza é uma cor que não possui força nem intensa carga emocional própria, segundo a psicologia das cores, estando para a neutralidade. É uma cor que combina e se adeque às outras, mas que, sozinha, representa indefinição, não sendo quente nem fria. É a cor dos sentimentos sombrios da introspecção, como a solidão, o vazio e o tédio, e simboliza também a insensibilidade e a insegurança. A cor cinza é frequentemente associada aos adultos, já que pode também representar a maturidade.

Bege

O bege é uma cor que transmite calma e passividade. Tanto quanto o cinza, é uma cor apagada de sentido quando está isolada de outras. Mesmo assim, a cor bege associa-se à melancolia e ao clássico, remetendo a épocas passadas, ao tradicional e até mesmo ao velho.

Branco

Mulher em um jardim usando uma blusa branca
Tamara Bellis / Unsplash

O branco, que é a junção de todas as cores, associa-se à inocência, à paz e à pureza. Por isso, é frequentemente utilizado para simbolizar a virgindade. Além disso, o branco está diretamente relacionado com o bem, com a verdade, com a espiritualidade e com a honestidade.

Violeta

O violeta remete à tecnologia e à ciência, mas ao mesmo tempo se relaciona à fantasia e à magia. É muito ligado ao universo esotérico e, na espiritualidade, a cor violeta representa a evolução espiritual e a ampla consciência, sendo símbolo do estágio mais evoluído de aura. Além disso, o violeta transmite a ideia de vaidade e extravagância.

Rosa

O rosa é frequentemente associado à fraqueza, à passividade e à fragilidade. Apesar disso, a cor rosa oscila entre a sensibilidade, a mansidão; a doçura e a paixão; o amor e a intensidade, constituindo uma cor que pode revelar aspectos muito opostos entre si. O rosa possui personalidade forte, sendo um tom utilizado para retratar sentimentos e emoções específicas, desde amabilidade até charme e cortesia.

Roxo

O roxo se relaciona estreitamente com a criatividade, e, segundo a psicologia das cores, é capaz de promover estímulos para a solução de bloqueios criativos. Além disso, calmaria e tranquilidade também são atributos dessa cor, que está intimamente associada ao violeta. Por essa razão, temas como espiritualidade, fé e outros assuntos esotéricos estão relacionados ao roxo. Além disso, essa cor também se associa a sentimentos como sabedoria, arrogância, sensibilidade e intimidade.

Salmão

O salmão representa, sobretudo, a harmonia. Além disso, essa tonalidade transmite um senso de abundância e, segundo a psicologia das cores, abre portas para a comunicação. A cor salmão está frequentemente associada à felicidade e à tranquilidade, por isso muitas pessoas gostam de fazer a decoração no quarto de bebê com tons de salmão.

Dourado

Mulher segurando globo de festa
Karolina Grabowska / Pexels

O dourado é a cor do sucesso, da realização, do luxo e do triunfo. Associado à abundância e à prosperidade, ao prestígio e à sofisticação, a psicologia da cor dourada se relaciona com a riqueza e a extravagância. É ainda a cor da vitória, por isso a medalha de ouro é destinada para os maiores vencedores; e da festividade, por isso a ampla aderência em carnavais e outras celebrações.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para colunistas@eusemfronteiras.com.br