Massoterapia Saúde Integral

Entenda quem pode e quem não pode fazer Quiropraxia

Recorte de uma pessoa estalando as costas de outra pessoa.
RyutaroTsukata / Pexels
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Uma massagem pode ser um alívio absurdo para quem está sofrendo com dores nas costas, nas articulações e outros problemas, como travamentos e falta de mobilidade. Essa massagem pode ser ainda melhor quando ajuda a encontrar a causa das dores e a combate enquanto alivia esse desconforto. É mais ou menos assim que a quiropraxia age, fortalecendo nosso sistema musculoesquelético e encontrando a raiz de dores e outros problemas que afetam os membros e a coluna cervical.

Com as mãos e com outros aparelhos úteis para a prática, o profissional da quiropraxia faz correções na coluna e em todo o sistema musculoesquelético, promovendo alívio de dores, desconfortos e falta de mobilidade. Muitas vezes, na primeira sessão, é possível sair com o corpo renovado e com as dores diminuídas.

Mas todo mundo pode fazer quiropraxia? Há alguma restrição? Preparamos este artigo para falar sobre as pessoas que não podem passar por essa técnica e também para explicar um pouco sobre os benefícios para quem pode recorrer a ela livremente. No entanto, devemos salientar que, por mexer com a coluna cervical – uma das partes mais importantes e fortes, mas ao mesmo tempo delicadas do nosso corpo –, é essencial consultar um médico antes de agendar uma sessão de quiropraxia, para saber se há alguma restrição individual.

Quem não pode fazer quiropraxia?

Uma profissional alongando o pescoço de sua paciente
Graceie / Pixabay

Como o tratamento oferecido pela quiropraxia é bastante individual, cabe ao profissional da quiropraxia determinar quem pode ser atendido e quem não pode, já que cada caso tem suas próprias particularidades. Mas, de forma, geral, pessoas que tenham câncer, artérias calcificadas ou que tenham passado por algum procedimento cirúrgico na coluna normalmente não podem ser atendidos por um profissional da quiropraxia. O caso de pessoas com prótese também deve ser avaliado individualmente.

Quem pode fazer quiropraxia?

À exceção dos casos citados acima e de outras individualidades médicas, quase todo mundo está apto a passar por uma sessão de quiropraxia, como você pode conferir a seguir.

Crianças

Crianças de todas as idades, até mesmo bebês, podem fazer sessões de quiropraxia. Mesmo que elas ainda não apresentem problemas no sistema muscoesquelético como os adultos – que já têm anos de desalinhamento e má postura –, o desenvolvimento da coluna e de todos os músculos e vértebras está a pleno vapor na infância. Então é importante fazer sessões de quiropraxia para manter esse desenvolvimento em ordem. Além disso, lesões causadas em decorrência de brincadeiras e machucados podem ser tratadas por um profissional da quiropraxia.

Adolescentes

Jovem olhando seu smartphone enquanto está deitado no sofá
Freepick

Normalmente é na adolescência que começam a surgir os problemas de postura, que se não forem tratados, podem trazer consequências graves na vida adulta. Por isso é que a quiropraxia é muito interessante para os adolescentes, porque pode operar correções de postura e também aliviar as conhecidas dores de crescimento, que afetam muitos jovens, bem como ajudá-los a passar por essa fase de desenvolvimento do corpo com mais tranquilidade e bem-estar.

Adultos

É na fase adulta, especialmente entre os 30 e os 40 anos, que começam a surgir as consequências das negligências que cometemos com o nosso corpo ao longo da vida, como má postura, excessos na hora de carregar peso, sedentarismo e falta de atividade física. Por isso, é muito importante que adultos façam sessões de quiropraxia regularmente. Além disso, a quiropraxia pode combater dores, desalinhamentos, travamentos e falta de mobilidade causados por outros problemas.

Mesmo que a pessoa não sofra com nenhuma doença e tenha uma vida saudável, a quiropraxia serve como método preventivo, para evitar o surgimento de problemas e para se preparar para uma velhice mais tranquila e com o corpo em funcionamento perfeito.

Idosos

Sim, os idosos também se beneficiam muito com a quiropraxia. Boa parte dos problemas enfrentados na terceira idade estão relacionados com o sistema muscoesquelético, como problemas na coluna, na lombar, na cervical, no pescoço, nas articulações e nos joelhos. É bastante recomendado que os idosos procurem a quiropraxia, para que possam tratar essas dores e esses desconfortos e evitar problemas como travamentos e falta de mobilidade, promovendo mais autoestima e muito mais qualidade de vida, especialmente para aqueles que apresentam problemas degenerativos ou sem cura, como artrite.

Pessoas que sofreram lesões e acidentes

Uma mulher de costas com a mão na nuca demonstrando desconforto
Karolina Grabowska / èxels

Depois de sofrer um acidente, uma lesão ou passar por uma cirurgia, muitas vezes é recomendado que o paciente faça sessões de fisioterapia. O problema é que, muitas vezes, somente a fisioterapia não é capaz de fortalecer suficientemente os músculos e ossos, então é recomendado que se façam sessões de quiropraxia, que também podem corrigir limitações de movimento, falta de mobilidade em membros e dores resultantes de lesões, acidentes e cirurgias. Além de tudo isso, a quiropraxia ajuda a fortalecer a musculatura afetada por um trauma, lesão ou cirurgia.

Atletas e pessoas que carregam peso

A matéria-prima do trabalho do atleta é seu próprio corpo, então ele precisa garantir o funcionamento perfeito da sua “máquina”, para que possa desempenhar bem suas funções e superar seus próprios limites, com o objetivo de conquistar os objetivos que deseja alcançar. A quiropraxia pode atuar de duas principais formas com os atletas: tratando limitações, dores e desconfortos, para que atinja o máximo de sua performance; e atuando de maneira preventiva, mantendo o sistema musculoesquelético em perfeito funcionamento, prevenindo problemas que eventualmente possam surgir.

Pessoas que carregam peso ou que precisem ficar em posições desconfortáveis ou ruins para a coluna por muito tempo – como profissionais de limpeza, montadores, carregadores e tantos outros – podem se beneficiar muito da quiropraxia, porque seus corpos estão em constante movimento de esforço e em situações-limite, o que faz com que o sistema musculoesquelético fique cansado e exposto ao surgimento de situações prejudiciais e geradoras de problemas que podem ficar mais graves se não forem tratados de maneira preventiva.

Gestantes

A gravidez é uma das condições que alteram de maneira mais agressiva o corpo humano. As gestantes podem sofrer muito com dores, principalmente na coluna, já que o peso extra que surge no processo da gestação pode ser difícil de suportar, em especial para as grávidas de primeira viagem.

Aquelas mulheres que desejam passar por essa fase sem usar medicação excessiva e que também querem já preparar o corpo para a pós-gravidez podem encontrar na quiropraxia uma ótima forma de encarar essa situação, já que a técnica combate dores e encontra o que está causando esses desconfortos, além de fortalecer os sistema musculoesquelético, preparando o corpo da mulher para uma transição mais suave após o fim da gravidez.

Como saber se posso ou não fazer a quiropraxia?

Antes mesmo de se consultar com um profissional da quiropraxia, é recomendado que você procure um médico, exponha o seu quadro de saúde, especialmente se você tem algum problema ou limitação, e pergunte se está apto a fazer sessões de quiropraxia. Apesar dos benefícios que a técnica pode trazer, ela pode piorar alguns problemas, caso você os tenha, por isso é importante consultar um médico para perguntar a respeito da possibilidade ou não de recorrer a esse tratamento alternativo.

Enfim, a quiropraxia pode ser muito benéfica para pessoas de todas as idades e com diversos problemas de saúde. Até mesmo quem é saudável pode usar essa técnica de forma preventiva, evitando o surgimento de problemas futuros e preparando o seu sistema musculoesquelético para lidar com os esforços do dia a dia. Mas vale lembrar que a quiropraxia é uma terapia alternativa, não sendo capaz de substituir a medicina convencional. Então sempre recorra a um médico para tratar seus problemas e informar-se se pode fazer uso da quiropraxia.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para colunistas@eusemfronteiras.com.br