Autoconhecimento Comportamento Convivendo

7 dias sem reclamações

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras
Reclamar é um dos atos que mais diminuem a nossa frequência energética. E é uma das coisas que mais fazemos diariamente, sem nem ao menos perceber.

Você já parou para pensar em quantas vezes reclama durante o dia? E num mês?

Hoje, nós do Eu Sem Fronteiras te propomos o desafio de ficar pelo menos sete dias sem reclamar sobre três coisas que mais te incomodam. E vamos te ajudar com sete passos simples para seguir e que você pode retornar para eles sempre que sentir que está reclamando demais.

Dia 1

Anote as três maiores coisas sobre as quais você reclama. Nesse tópico podem entrar coisas e pessoas.

Anotação feita?

Por hoje, não reclame sobre essas coisas, mas, ao contrário, pare e reflita por que isso tem te incomodado tanto? Será que o problema não está em você?

Dia 2

Que tal orar por esse desafio?

No caso das pessoas, ore para que elas sejam abençoadas. Já pelas circunstâncias, ore para que elas sejam melhoradas ou para que você não precise mais encará-las diariamente. Mas, principalmente, ore para que você persevere nesse desafio. Se você não é muito de orar, tire um momento para refletir e equilibrar a sua mente.

Se manter forte é essencial para seguir em frente nessa mudança de hábito.

Dia 3

Agora é o momento de orar por você mesmo.

Ore para que você seja mais compreensivo e empático. Ore pela disciplina para manter-se firme no desafio.

Novamente, se você não ora, opte por fazer anotações e reflexões. O que você precisa mudar em você mesmo?

Dia 4

Seja positivo!

Que tal procurar algo de bom nas coisas sobre as quais você tem reclamado?

Ter essa visão vai te ajudar a não focar tanto no que você julga como ruim. E encontrar um olhar mais brando para se guiar.

Dia 5

Diga algo positivo para a pessoa que tem te incomodado e também sobre as situações que te incomodam. As palavras têm poder!

Quando falamos sobre algo, damos mais poder a essa coisa. E isso vale para tudo na vida. O que é bom e o que é ruim também.

Dia 6

Preste atenção! Agora vai ficar mais difícil não reclamar. Você pode se sentir tentado a dizer palavras negativas, mas tenha calma e paciência.

Respire fundo e segure-se!

Continue a orar ou refletir quando você se sentir tentado a reclamar.

E note em quais momentos essa vontade surge. Você está mais cansado ou estressado? Muitas vezes a sua rotina pode te levar a reclamar.

Dia 7

Busque novamente a sua lista de reclamações. Reflita. O que você anotou de positivo no dia 4 te ajudou a transformar o que te incomodava?

Todas as vezes que você tiver algo para reclamar, faça esse desafio novamente.

E note que o que nos outros incomoda a você pode ser a mesma situação em relação ao que sentem sobre você.

Por fim, se lembre que reclamar só afeta a uma pessoa: você!


Texto escrito por Gabrielle Carreira da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]