Autoconhecimento

Reclamar faz mal para a saúde

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

A vida é repleta de dificuldades e obstáculos para todos nós. A única diferença são os problemas que cada um precisa enfrentar. Doenças, família, dinheiro, amigos, amor, etc. Como diz o ditado, cada um recebe o fardo que aguenta carregar. Logicamente, algumas situações são mais fáceis de resolver do que outras. Diante das adversidades, quando não podemos (ou não queremos) fazer alguma coisa, muitos optam em reclamar do problema ou se lamentar pela atual situação. Além de não resolver nada, a sua saúde pode ser afetada.

Não tem como evitar dar uma “reclamadinha” de vez em quando. O que realmente prejudica é ficarmos presos a isso, sem agir em cima do problema. Não é somente a lei da atração que aponta os prejuízos causados aos “reclamões”, afinal a gente atrai tudo aquilo que mentaliza dentro de si. Sem falar também que quanto mais tempo você fica em cima do problema, maior ele se torna e mais difícil fica de achar a solução.

Estudos recentes apontam que a nossa saúde também fica debilitada quando reclamamos em demasia. Desmotivação, baixa autoestima e depressão podem ser geradas em função de nossos pensamentos negativos. Quando mais julgamos passar por uma injustiça ou culpar uma outra pessoa pelos problemas, menos conseguiremos aprender como nos reerguer e superar a adversidade. O corpo sente os efeitos negativos. Muitos pensam que somente um corpo debilitado resulta numa mente doente, mas o inverso também acontece.

Antes de lamentarmos um problema, o nosso foco deve ser voltado a resolvê-lo. Todas as nossas forças devem ser voltadas para achar uma solução. Se isso não for possível, como diz um pensamento popular: “o que não tem remédio, remediado está”. Ou seja, se não dá para resolver, ficar reclamando não vai melhorar a situação.

Agir sem pensar é desperdício de energia, enquanto pensar sem agir é ineficiente. Temos que pensar para planejar a melhor maneira de sair de uma adversidade e, ao mesmo tempo, se mexer para que o planejamento se concretize.

Por fim, não quer dizer que você não pode reclamar. Aliás, a reclamação tem um lado bom: ela mostra insatisfação e inconformismo com uma situação. A gente só busca uma ação quando detecta algo errado. Portanto, esse cenário é necessário para que uma transformação ocorra posteriormente, desde que canalizada de maneira positiva e correta para nós.


Escrito por Diego Rennan da equipe Eu Sem Fronteiras

 

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]