Animais de Poder Xamanismo

Animais de poder: A baleia

Calda de uma baleira acima do mar
Gerard Whelan / Pexels
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Você tem um animal preferido ou um animal ao qual você se sente conectado de alguma forma? Segundo o xamanismo, todas as pessoas têm um animal de poder, que é responsável por determinar algumas das características que deveríamos absorver em nossa personalidade, ajudando-nos a tonarmos pessoas melhores.

O que é, porém, um animal de poder? Qual é o significado de ter a baleia como animal de poder? De que forma você pode se conectar a ela? Chegou o momento de tirar todas as suas dúvidas!

O que é um animal de poder?

Os animais de poder correspondem a uma teoria relacionada ao xamanismo, que é um estilo de vida que prega que homem e natureza são uma coisa só. Quando convivem em harmonia, ambos sobrevivem e absorvem características positivas do outro, garantindo o equilíbrio ao mundo. De acordo com o xamanismo, todas as pessoas têm três totens de poder, cada um associado a um dos três reinos da natureza: Planta, Pedra e Animal. Esses totens nos ajudam em nossos processos de autoconhecimento e auxiliam em relação ao direcionamento dos nossos sentimentos e pensamentos em direção às mudanças que queremos realizar e aos caminhos que gostaríamos de seguir.

O totem Animal também é conhecido como animal de poder, que nada mais é do que um arquétipo da nossa personalidade. É um conceito espiritual, não algo lógico, como um teste de personalidade. É, portanto, mais um indicativo dos traços que precisamos desenvolver e trabalhar para que seja possível viver uma vida mais harmônica. Representa, portanto, um símbolo das energias que se encontram escondidas em nosso interior e que, se descobertas, podemos nos tornar capazes de alcançar muito mais na vida.

A baleia

Por seu tamanho bastante grande, a baleia é sempre associada a uma guardiã dos mares, que protege e defende seu espaço com sua força e sua imponência. Além de seu tamanho, outro fato que a relaciona a isso é sua longevidade, pois as baleias, a depender da espécie, podem vir a ter mais de 100 anos de idade caso não sejam mortas por causas não naturais. Aquele que tem a baleia como animal de poder, portanto, precisa estar muito atento à sua memória e ao acúmulo de experiência e conhecimento, os quais são associados ao avanço da idade.

Ao contrário de tubarões e de outros seres do fundo do mar e apesar do tamanho delas, que facilmente as ajudaria a vencer um conflito, as baleias são extremamente pacíficas e evitam ao máximo confronto com outros peixes ou com seres humanos. Quando são provocadas ou atacadas, porém, elas são capazes de se defender de maneira impiedosa, ou seja, a baleia como animal de poder ensina que agir de maneira pacífica é sempre o ideal para evitar conflitos, mas, diante dos conflitos, o melhor é se defender de maneira adequada.

Baleia saltando para fora do mar
Todd Cravens / Unsplash

Ainda que essa característica seja pouco conhecida, as baleias são grandes comunicadoras. Muitas espécies conseguem se comunicar entre si mesmo estando a mais de um quilômetro de distância. Isso está aliado, obviamente, a um grande senso de comunidade entre as baleias, pois elas estão sempre tentando se alertar e indicar para as suas companheiras que há perigo no caminho ou que há alimento em determinada localização. Prezar a comunicação e o estreitamento de laços com as pessoas queridas, portanto, é bastante importante para aqueles que têm a baleia como animal de poder.

Muitas culturas indígenas das quais o xamanismo se originou consideram a baleia um sinal de boa ou de má sorte, dependendo de como ela se apresenta. Quando alguém está observando o mar ou o horizonte e uma baleia surge repentinamente, isso é um sinal de boa sorte, ao passo que ver uma baleia sofrendo ou encalhada indica infortúnios. Sendo assim, a presença daquele que tem a baleia como animal de poder pode mudar os ânimos e a vida de outras pessoas.

Imagem do mar e céu azuis
Elle Hughes / Pexels

As baleias, ao contrário de peixes menores, não passam a maior parte de sua vida e de seus dias nadando próximo à superfície. Em vez disso, ela prefere o fundo do mar e é capaz de aguentar a pressão dele, diferentemente de outros seres marinhos e de nós, seres humanos. Essa característica se conecta à capacidade daquele que tem a baleia como animal de poder se suportar, superar e crescer diante de situações que representem pressão.

Por fim, assim como as baleias, as pessoas representadas por esse animal de poder tendem a preferir uma vida solitária, longe das agitações, dos conflitos e até mesmo de outros seres humanos. Apesar disso, são extremamente sensíveis e, justamente por serem mais solitárias, sua aparição é bastante significativa e valorizada.

Como descobrir o meu animal de poder?

Descobrir o seu animal de poder é um pouquinho mais complicado do que encontrar o seu signo do zodíaco ou do horóscopo chinês, por exemplo, para os quais você precisa apenas da sua data de nascimento. Se quiser descobrir qual é o seu animal de poder, você precisa consultar um mestre xamã, que é o único que pode promover um encontro com o seu totem Animal.

Na ânsia e na curiosidade de descobrir qual é o seu animal de poder, muita gente acaba recorrendo a testes online ou a um quiz. Há até mesmo quem simplesmente escolha um animal com quem tem afinidade, mas não é assim que funciona, já que o xamanismo exige a conexão do ser humano com a natureza. Um mestre xamã é o único que pode iniciá-lo nessa conexão com a natureza, ajudando-o a entrar em contato com o seu animal de poder e aprender com ele.

Imagem de um Mestre Xamã
Elena Olesik / Pexels

Muitas pessoas pensam que ter leão e tigre como animais de poder é a melhor opção, porque são sinônimos de força e coragem. Os animais, porém, têm diferentes significados para aqueles que praticam o xamanismo, então esteja disposto a entender que não há um animal de poder “melhor” ou “pior” do que o outro.

E como eu me conecto ao meu animal de poder?

Por ser uma experiência espiritual, conectar-se ao seu animal de poder é um processo único e individual. No momento em que o seu mestre xamã guiá-lo rumo ao encontro do seu animal de poder, ele vai orientá-lo a respeito do que é necessário fazer para manter essa conexão viva após o contato inicial, porque conectar-se frequentemente como seu animal de poder é o que manterá a relação de vocês viva.

Ao fazer esse primeiro contato sem o auxílio de um mestre xamã, você pode se frustrar ou não entender como funciona o contato com um animal de poder ou pode até mesmo assustando-o espiritualmente. Peça conselhos e ajuda ao seu mestre xamã a respeito de como se manter conectado ao seu animal de poder.

Como dica, podemos recomendar a meditação. No momento em que fechamos os olhos e “calamos” os pensamentos, é mais fácil entrar em plenitude espiritual e, consequentemente, entrar em contato com tudo aquilo que é espiritual. Você pode, em processo de meditação, imaginar-se na pele do seu animal de poder, por exemplo, caçando ou correndo pelas matas como ele, voando ou nadando. Enfim, isso fica a critério de sua imaginação e do que reforça o vínculo entre vocês. O fato de se imaginar e de se aproximar dele e de interagir com ele também é outra dica boa para os momentos de meditação.

Ter a baleia como animal de poder é, entre outras coisas, entender que ter força não significa usá-la para ser agressivo, mas manter-se em paz. A baleia também orienta uma vida harmônica na solidão e guia rumo a um senso de comunidade e de se importar com o próximo. Conecte-se ao seu animal de poder para viver mais plenamente!

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para colunistas@eusemfronteiras.com.br