Autoconhecimento

Aprenda a diferença entre Tentar e Fazer

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Talvez você já tenha ouvido aquela famosa frase do Mestre Yoda: “Faça. Ou não faça. Não existe tentar.” Já se perguntou o que ela realmente quer dizer? Ou ficou bravo quando alguém falou essa frase para você como se você não estivesse tentando de verdade alcançar seus objetivos?

A diferença entre fazer ou tentar está numa simples palavra chamada “decisão”. Quando falamos: “Vou tentar juntar dinheiro para fazer uma viagem”, estamos dando a entender que vamos nos esforçar para isso, porém, se não conseguirmos, simplesmente não deu. É o famoso “não era para ser”. Porém, quando dizemos: Vou juntar dinheiro para fazer uma viagem”, estamos querendo dizer que realmente decidimos fazer isso. É claro que a tentativa está constantemente envolvida nessa decisão, mas a diferença está no resultado negativo: uma decisão não abre espaço para resultados negativos. Isso é, se você acabou tendo que gastar um pouco mais nesse mês, no mês seguinte, vai economizar em dobro até alcançar seu objetivo.

Pense no seu sonho ou em algo que deseja muito que aconteça. Transforme isso num objetivo e decida fazer dar certo, não apenas tentar.

As palavras têm poder, queira você ou não. Muitas vezes, a maneira como você se expressa influencia diretamente o seu inconsciente. O ensinamento do Mestre Yoda diz que você pode sim fazer o que quiser e alcançar seus sonhos por mais inalcançáveis que pareçam ser. Tudo o que precisa fazer é simplesmente fazer.


Texto escrito por Amanda Magliaro Prieto da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]