Convivendo

Você nunca irá saber se não tentar

Amanda Magliaro
Escrito por Amanda Magliaro
Quantas oportunidades você já perdeu por acreditar que não era capaz? Quantas oportunidades já perdeu por preguiça? Estamos falando aqui desde a chance de jogar no time oficial da escola até aquele emprego que você nunca imaginou. A grande questão é: quantas oportunidades você deixará passar a partir de agora?

O ser humano tem medo de novidades. No fundo, até agradecemos a mesmice de notícias todos os dias, porque, quando aparece uma notícia diferente, ficamos com ela na cabeça o resto do dia. Não sabemos como reagir. E esse amor pela rotina, pelo igual, é o que te faz perder diversas oportunidades. Sabe aquela vez em que um amigo veio te pedir uma ajuda num projeto e você simplesmente disse “não” sem realmente refletir sobre a questão? O que você poderia ter perdido? Tempo, a partida de futebol, a novela das seis. E o que você poderia ter ganhado? Experiência, dinheiro, aprendizado. Todos dizem valorizar a educação, todos adoram postar lindas frases sobre sabedoria, mas a realidade é que, na hora da verdade, dispensamos grandes oportunidades por causa do comodismo.

A grande mensagem por trás desse texto é: não diga “não” logo de cara. Uma das grandes animações da vida está no se aventurar, se desafiar… Afinal, cada desafio é uma nova aventura e nunca saberemos o que o baú do tesouro estará guardando se nunca tirarmos o barco do porto. Ainda que não acredite no seu potencial, experimente tentar antes. É o mesmo raciocínio por trás do paladar e daquela grande discussão: “Mãe, eu não gosto de pera”, “Mas, filho, experimenta antes de falar que não gosta”. Arrisque-se no desconhecido. Experimente as oportunidades antes de dizer que não consegue. Experimente a vida antes que seja tarde.

E, como diria o grande Raul Seixas, se a primeira tentativa não der certo:

Tente

E não diga que a vitória está perdida

Se é de batalhas que se vive a vida

Tente outra vez

Sobre o autor

Amanda Magliaro

Amanda Magliaro

Redatora e tradutora, me apaixonei pela vida desde que aprendi a enxergar tudo o que ela tem para oferecer. Existem aquelas pessoas que nunca conseguiram encontrar seu caminho, até o próprio caminho decidir ir ao seu encontro, eu fui uma delas.

Num mundo cheio de possibilidades, escolhi acolher todas quando comecei a escrever. A busca por ser alguém melhor e mais feliz, e a chance de poder auxiliar uma pessoa que seja através da magia das palavras é o que significa para mim ter meu sonho se realizando todos os dias.