Nutrição

Benefícios da chia

Imagem de três picolés feitos de semente de chia dispostos sobre um prato branco de porcelana decorado com kiwis fatiados.
Яна Тикунова / Pixabay
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Você já ouviu falar em uma sementinha chamada chia? Provavelmente sim, mas talvez você não saiba os tantos benefícios que ela pode proporcionar ao corpo humano. A chia é uma semente que faz parte da mesma família que a sálvia e o linho, chamada lamiáceas – algumas pessoas chamam-na de “sálvia-hispânica”. Com origem no México, a chia é considerada um alimento há muitos séculos, principalmente pela sociedade da América Central.

O consumo da chia cresce cada vez mais no mundo, pois as suas propriedades benéficas ao organismo humano vêm sendo reforçadas por especialistas do ramo nutricional. Nela são encontradas inúmeras proteínas, fibras e diversos nutrientes essenciais para o bom funcionamento do nosso corpo. Mas a verdade é que a chia ganhou uma ênfase maior e conquistou uma fama especial por causa dos seus efeitos em dietas específicas – ela pode favorecer a perda de peso –, mas é claro que o auxílio no emagrecimento é somente um dos benefícios que ela pode proporcionar.

A chia ainda é considerada um superalimento, mas o que será que a faz tão benéfica à saúde humana? Confira a seguir.

Quais os benefícios da chia e como consumi-la?

Grande fonte de gorduras boas, proteínas, cálcio, zinco, fibras e fósforo, a chia é considerada uma proteína completa por conter todos os aminoácidos essenciais para o bom funcionamento do organismo – aminoácidos tais que o nosso organismo não consegue produzir. Todos esses nutrientes oferecidos por ela regulam o funcionamento do nosso sistema digestivo, evitando assim sensações de desconforto como o inchaço, por exemplo. Também são fundamentais para a saúde dos ossos, para regular os níveis de colesterol e também dar um “up” no nosso sistema imunológico.

Imagem de semente de chia emuma colher de madeira que está sobre uma mesa branca.
ValeriaLu / Pixabay

Confira os principais benefícios da chia

1. Controla a diabetes: pela sua grande quantidade de fibras, a chia evita o aumento drástico da glicemia, controlando assim o teor de açúcar na corrente sanguínea – ideal para moderar diabetes dos tipos 1 e 2.

2. Diminui os riscos de doenças do coração: a chia contém alto teor de ômega 3, que consiste em ácidos carboxílicos poli-insaturados que atuam no organismo como controladores de colesterol e redutores de inflamações, por isso previnem e protegem o corpo de doenças que podem acometer o coração e o cérebro, promovendo boa memória e também disposição.

3. Previne o envelhecimento precoce: a chia é uma semente rica em diversos antioxidantes e o seu consumo frequente pode impedir a formação de moléculas instáveis – ou radicais livres –, que destroem as membranas das células. Isso significa que comer chia regularmente pode atrasar o processo de envelhecimento da pele.

4. Favorece o emagrecimento: as sementes de chia contêm uma grande quantidade de fibras, o que faz com que elas absorvam água do organismo, transformando-se em uma espécie de gel e ocupando certo espaço no estômago, dando assim uma sensação de saciedade e diminuindo a vontade de ingerir alimentos. Mas atente: sozinho, nenhum alimento emagrece. A chia pode ser uma facilitadora, mas não é por isso que você deve consumir somente ela.

5. Protege e fortalece os ossos: o cálcio é um mineral essencial para que os ossos sejam saudáveis – e a chia possui uma grande quantidade dele. Por isso essas pequenas sementinhas são grandes aliadas na saúde dos ossos e previnem doenças como a osteoporose.

Agora você deve estar se perguntando: como a chia deve ser consumida? Nós tiraremos as suas dúvidas e ainda te daremos algumas dicas.

Como consumir a chia

As sementes de chia são extremamente versáteis e podem ser consumidas de inúmeras formas. Você pode adicionar as sementes em massas de bolo, pães, panquecas ou em outras receitas que ainda serão cozidas; pode incluir a chia em saladas, sopas, iogurtes, sobremesas, ou em qualquer outra refeição que já esteja pronta. Uma opção extremamente saborosa é incluir as sementes de chia em receitas de omelete. Além de incrementar o sabor, elas darão uma crocância especial ao prato.

É válido ressaltar que a chia pode ser encontrada como semente, óleo ou farinha e por isso pode ser consumida de inúmeras formas. O ideal é que você consuma duas colheres de sopa por dia, para conseguir absorver todos os benefícios dela.

Imagem de uma tigela branca com kiwi, banana, iorgute e semestes de chia.
Gate74 / Pixabay

Qual a maneira correta de tomar a chia para emagrecer?

Como já citado anteriormente, as fibras contidas na chia promovem a sensação de saciedade, mas para emagrecer é preciso aliar essa incrível sementinha a uma alimentação saudável e também à prática de atividades físicas. Se você está reeducando a sua alimentação e deseja incluir a chia na sua dieta, confira uma dica especial de como usá-la para o emagrecimento: antes do almoço e do jantar, consuma uma colher de sopa rasa de semente de chia adicionada a 250ml de água (aproximadamente a quantidade de um copo longo normal). Essa mistura deve ser consumida diariamente sempre 20 minutos antes das principais refeições, pois ela proporcionará a você uma sensação de saciedade e diminuirá a absorção de calorias feita pelo sistema digestivo.

Você também pode gostar

Obs.: é importante enfatizar que as sementes devem infusionar na água por aproximadamente 15 minutos antes do consumo. Não pense que você beberá sementes. Quando hidratada, a chia se transforma em um tipo de gel. Essa quantidade indicada resulta em um líquido agradável de ser ingerido.

Agora que você já conhece os benefícios da chia e algumas dicas de consumo, que tal revigorar a saúde do seu organismo com essa semente tão poderosa? Inclua esse superalimento na sua alimentação e melhore a saúde do seu corpo.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]