Ervas e Chás Nutrição

Combata a insônia: receita de chá calmante

insônia
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

O capim limão, o maracujá e a melissa são ervas que apresentam propriedades calmantes, auxiliam no combate a insônia. Quando combinadas neste chá potencializam-se estes efeitos. Consuma antes de dormir para ter uma boa noite de sono.

Chá calmante para insônia

Ingredientes

2 xícaras (chá) de água filtrada
1 colher (chá) de capim limão
1 colher (chá) de maracujá
1 colher (chá) de melissa

Modo de Preparo

Ferver a água, desligar o fogo e acrescentar as ervas. Deixar abafado por cerca de 5 minutos. Coar as ervas e servir em seguida.

Rendimento: 02 porções

Confira outras receitas de chás.


Você Sabia?

O chá é considerado a segunda bebida mais consumida no mundo, perdendo apenas para a água.  A sua origem, reza a lenda, deu-se por um acaso no ano 737 a.C., quando folhas de um arbusto teriam caído dentro da água que os criados do imperador chinês Shen Nung ferviam para que ele e sua corte bebessem durante uma viagem. O resultado foi um líquido acastanhado que, movido pela curiosidade do imperador que também era cientista, foi provado e aprovado.

A bebida rapidamente conquistou os habitantes da China e começou a se espalhar pelo oriente, chegando ao resto do mundo a partir de 1560.

Variedades e Benefícios

Por ter tido sua origem em um país oriental, o chá já nasceu com pré-disposição a não ser somente uma bebida com sabor gostoso. Desde a época do imperador chinês, o líquido já era parte da cultura religiosa e, com o passar do tempo, foi-se descobrindo mais e mais sobre o poder da infusão de plantas na saúde do corpo e da mente.

Clique aqui e saiba mais sobre o poder dos chás

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]