Comportamento

Como equilibrar disciplina e autocobrança no yoga?

Mulher branca sentada fazendo yoga.
Conscious Design / Unsplash
Escrito por Ale Fiori

A rotina disciplinada de praticar yoga todos os dias deve ser algo prazeroso e dentro das possibilidades de tempo e condições físicas e mentais de cada pessoa. É preciso evitar cobranças por estar deixando de praticar os āsanas e preferir o caminho de práticas dentro da filosofia yogue. Há muitas práticas que podemos fazer fora do tapetinho. Atitudes de uma rotina espiritual, de autocuidado e de cuidado com os outros também são yoga.

A dificuldade de cumprir o sadhana (termo sânscrito usado para se referir a uma rotina ou rendição disciplinada do ego por meio da prática diária de yoga) é abordada no Yoga Sutras de Patañjali (coleção sobre teoria e prática do yoga compilada em 400 AE). Ele cita nove obstáculos que costumam parecer com frequência no caminho da prática de yoga: doença, letargia, dúvida, pressa ou impaciência, resignação ou fadiga, distração, ignorância ou arrogância, incapacidade de dar um novo passo e perda de confiança. Essa lista ajuda a perceber o que vem atrapalhando para que você se mantenha na prática, mas observe também se você de fato não precisa de um tempo na sua prática.

Mulher branca fazendo ioga.
Avrielle Suleiman / Unsplash

Yoga não é só praticar posturas ou meditação. Seu ritual de acordar, seu exercício de respiração, a entoação de mantras, a escolha de alimentação saudável e outras formas de ser consciente sobre seu autocuidado já envolvem um processo de yoga. O yoga, além dos āsanas, passa por ramos como o Karma Yoga, quando agimos com compaixão sem esperar ser recompensado, ou o Jñana Yoga, que envolve o estudo da ética e o autoestudo para identificar os seus padrões mentais.

Você também pode gostar

Cuidar de si mesmo já é uma prática yogue, um sadhana que leva à transformação a ao autoconhecimento. Expanda seu olhar sobre a vida com menos cobranças e você voltará, no momento certo, para sua prática diária em cima do tapetinho, de forma prazerosa e consciente de seu autocuidado.

Sobre o autor

Ale Fiori

Sou jornalista e instrutora de Yoga Integrativo (prática que aplica diferentes técnicas do Yoga, de acordo com as necessidades do aluno). Praticante de Vinyasa Yoga Flow, vejo na fluidez do movimento com a respiração o caminho principal para o autoconhecimento do corpo e da mente. Desde 2017, mantenho o canal “Yoga com Ale Fiori” no YouTube, com sequências terapêuticas e práticas rápidas para o dia a dia dos iniciantes. Também produzi uma série de relaxamentos e meditações guiadas no SoundCloud, inicialmente para os alunos do curso de Yogaterapia para Estresse e Ansiedade, no qual indicamos caminhos e ferramentas para o controle de situações aflitivas na rotina diária. Mantenho turmas online e presenciais em Brasília (DF). Lembro sempre que o Yoga não cura, mas ajuda a nos conhecer melhor, a lidar com as adversidades, a identificar o que devemos desapegar e quais são nossas qualidades que devemos cultivar.

Contatos:
Email: alefiori@gmail.com
Facebook: yogacomalefiori
Instagram: @alefiori.yoga
Youtube: Yoga com Ale Fiori
Site: satvikayoga.blogspot.com l soundcloud.com/alefioriyoga
Telegram: t.me/alefioriyoga