Autoconhecimento

Como lidar com o seu futuro?

A salesman in doubt can not find the solution to the problem concept with curvy lined arrows and question marks drawn on urban wall
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Não há nada que gere mais ansiedade nas pessoas que pensar sobre o futuro. Pare por alguns instantes e repare como muito do tempo que você dedica em sua vida é para algo que só vai colher frutos num futuro distante. Seja uma poupança para comprar uma casa, um carro ou fazer a viagem dos sonhos, sejam planos de construir uma família e ter filhos, seja investir na carreira para ganhar uma promoção no trabalho. Vivemos muito para o futuro. Não há nada errado com isso, desde que você não caia na ansiedade e saiba se planejar para desfrutar a vida enquanto esse futuro não chega. E tudo isso depende de um fator principal: o que você realmente quer?

Toda expectativa criada pode gerar medo, e o medo corrói e não deixa espaço para viver uma vida mental e emocionalmente saudávelPor isso, você deve, antes de tudo, buscar a certeza do que realmente quer da sua vida. O processo de autoconhecimento pode ser demorado e trabalhoso, mas é gratificante. Pois, quando você sente em seu coração qual seu sonho para o futuro e tem certeza de que é isso o que quer de verdade, nada mais pode te abalar. Então, para não cair no medo e na ansiedade, vamos fazer um exercício para você exercitar sua visão sobre o futuro que quer ter e assim poder se planejar da melhor forma possível.

Escolha um dia calmo, em que possa ficar sozinho sem ser incomodado por barulhos ou tarefas cotidianas e vá para um lugar em que você se sinta bem. Pode ser um espaço dentro da sua casa mesmo ou até mesmo lugares externos em que se sinta em paz. Você deve levar alguns objetos para esse lugar para continuar o exercício de reflexão sobre o futuro: fotos antigas suas, objetos que tragam boas recordações, papel e caneta.

Primeiro pegue as fotos antigas e os objetos que te tragam boas recordações e comece a analisar seu passado. Lembre-se de cada momento de sua vida e o que te fazia feliz em cada um deles. Feche os olhos e sinta cada um desses momentos. Agora tente se lembrar de quais eram seus sonhos nessas épocas e como você se imaginava no futuro. Você é hoje do jeito que tinha imaginado que seria? Fique por um bom tempo nessa reflexão sem se preocupar com mais nada. Depois, pegue papel e caneta e anote quais eram seus sonhos de infância, de adolescência e comece a escrever também seus sonhos mais recentes até a idade atual.

Depois de colocar tudo no papel, analise o que está lá e reflita sobre se o que foi escrito combina com seus planos para o seu futuro hoje e se está fazendo o que deve ser feito para chegar onde sonhou um dia estar. Nesse ponto é onde você vai descobrir de onde surgem seus medos e suas ansiedades. O que te torna inseguro a ponto de não conseguir confiar no seu próprio futuro e na realização dos seus sonhos?

Para cada medo que encontrar, pense e sinta como você pode fazer para combatê-los e afirmar para si mesmo que o futuro está em suas mãos e não há nada a temer.

Depois disso, comece o planejamento para os próximos anos de sua vida. Planejar é um ato de assumir um compromisso consigo mesmo e com sua felicidade. Para cada ano de sua vida planejado, um medo sobre o futuro será eliminado. Repita esse processo quantas vezes forem necessárias.

Este artigo tem como objetivo te incentivar a encarar seus medos de frente e a reanimar seus sonhos. Dessa forma, o planejamento e as ações que você vai tomar daqui em diante vão fazê-lo estar cada vez mais próximo do futuro que sempre sonhou, e sem medo do que pode vir. Em vez de medo, você vai ficar com vontade de encontrar tudo o que está lá, no seu futuro cheio de realizações e sonhos a serem conquistados.


Texto escrito por Ricardo Sturk da Equipe Eu Sem Fronteiras

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]