Convivendo

Como organizar um amigo secreto durante o isolamento social

Ilustração de grupo de amigos em videoconferência.
microone / 123RF
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Durante o desafiador momento pelo qual estamos passando, muitos sentem falta de contato social enquanto lidam com as medidas de segurança estabelecidas na pandemia. Por mais que seja dificultoso encontrar amigos no mesmo espaço físico, a distância geográfica não proíbe algumas iniciativas para que a gente preserve certos eventos sociais, como um amigo secreto, por exemplo. Precisamos apenas nos adaptar!

Essa divertida atividade, praticada por familiares, amigos e até por colegas de trabalho, é uma maneira de aproximar pessoas por meio da troca de presentes. Só que agora, já que há uma grande separação entre as pessoas, entregar um presente deixou de ser algo simples e pode ser arriscado ou demorado, infelizmente. Contudo, a tradição do amigo secreto não precisa parar – como todas as outras, este ano ela precisa se adequar a novos moldes.

Para quem gostaria de organizar um amigo secreto em tempos de isolamento social, existem dicas valiosas que permitem essa atividade em grupo, sem prejudicar as novas normas de segurança. Começando pela parte do sorteio, já existem sites que permitem que a troca de nomes ocorra virtualmente. Basta cadastrar os nomes dos participantes, que o site fará o resto, distribuindo os nomes para cada integrante da brincadeira, com a vantagem de não haver risco de alguém tirar o próprio nome, por exemplo.

Além disso, esses sites também podem apresentar um perfil básico do seu amigo secreto, em que estará uma lista de suas preferências, facilitando a seleção de um presente. Pode ser que o site também te mande o endereço de seu amigo secreto, caso você escolha mandar o presente por correio ou aplicativo, que são as opções de entrega mais apropriadas para muitos no momento.

Como daria certo?

É óbvio que essa experiência será diferente do que estamos acostumados. É preciso aceitar que alguns presentes levarão mais tempo para chegar aos presenteados, mas sempre há a possibilidade de se informar e buscar lojas e fornecedores próximos ao seu amigo secreto. Por isso, agora é a hora para organizar tudo e ter tempo de enviar os mimos para os amigos!

Mulher confeccionando embrulho de presente.
freestocks.org / Pexels

Mas e a festa? Ora, vamos de videoconferência, certo? O amigo secreto pode ser revelado em uma chamada de vídeo animada. O evento virtual pode acontecer antes de chegarem os presentes aos destinatários.

O que é importante ter em mente é que um amigo secreto, no fundo, é mais sobre união do que bens materiais. Sim, o presente é um aspecto fundamental, mas não o único. Grupos de WhatsApp e chamadas de vídeo serão essenciais para que tudo se concretize e é até recomendável que haja um organizador liderando o evento para facilitar a comunicação e resolver algum contratempo. Se essa pessoa tiver condições, pode inclusive se responsabilizar por entregar de carro todos os presentes aos participantes.

Há ainda a possibilidade de reunir muitas pessoas, de diferentes locais, e seria um big amigo secreto, com aquele pessoal que nunca pode chegar até a festinha.

Vale inclusive bolar ideias para presentes não físicos, abolindo a possibilidade de enviar pelo correio ou qualquer coisa do tipo. Volcher online da loja favorita, cartinha virtual, assinatura de clube de livros e streaming, vídeo cantando uma música… Com essa ideia, é preciso colocar a cabeça para funcionar, use a imaginação e aproveite a oportunidade para inovar!

Você também pode gostar

No fim, não precisamos abrir mão da nossa vida social por causa do isolamento. A presença física dos amigos faz falta, porém a tecnologia nos dá a oportunidade de ajustar nossas práticas em outros moldes. O importante é respeitar as novas normas feitas para preservar nossa saúde. De resto, mesmo que por meio de uma tela, podemos celebrar nossa amizade e trocar presentes em datas especiais. Encontre o site que mais atende às suas necessidades e comece a planejar!

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]