Autoconhecimento Comportamento Life Coaching

Como ser comprometido todos os dias: cinco hábitos poderosos

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Um dos maiores problemas, e mais comuns, na hora de melhorar sua vida ou alcançar o sucesso que tanto deseja é a dificuldade em se comprometer com uma atividade por um longo período de tempo.

Comprometimento não é uma das palavras mais charmosas ou excitantes do mundo. Mas, com o passar do tempo, é ela que será responsável pelos verdadeiros resultados na sua vida.

Realizar seus planos comprometido com a causa — e não ser movido apenas pela inspiração ou algo do tipo — é uma habilidade muito poderosa. Eu lutei muito contra isso no passado. E às vezes ainda faço assim. Com o tempo, eu aprendi algumas coisas que me ajudam a encarar esse problema.

1- Quando estiver atarefado, concentre-se no processo

Eu uso essa quando trabalho ou escrevo, por exemplo. Eu não me cobro pelos resultados, a única coisa que tenho em mente é minha obrigação de realizar aquela tarefa. Apenas isso. Quando há comprometimento, os resultados são consequências naturais. E isso me ajuda porque:

  • Eu sei que tudo que eu preciso é me concentrar na tarefa. E toda minha energia e atenção estão focadas em apenas uma direção, assim consigo fazer um trabalho melhor.
  • Eu me sinto menos pressionada. Dessa forma, eu me sinto mais relaxada e disposta a continuar o trabalho protegida mentalmente contra os resultados que nunca chegam tão rápido quanto eu gostaria e da montanha-russa de emoções do dia a dia.

2- Lembre-se por que você está comprometido

Descubra as suas prioridades e as razões por que está fazendo isso. Seja por querer fornecer algo à sua família, fazer uma viagem, encontrar o trabalho da sua vida ou por querer melhorar sua autoestima, para não se perder no caminho e se manter concentrado:

  • Escreva os seus motivos mais importantes. Separe uns minutos, sente, pegue um papel e uma caneta e aponte de uma a três razões que expliquem por que você está comprometido com o que está fazendo e por que quer fazer isso na sua vida nesse momento.
  • Coloque essa lista num lugar onde você possa ver todos os dias. Como no seu escritório ou próximo da sua cama, assim você terá um lembrete todo dia.

3- Lembre-se: você não quer se machucar

Quando você se decepciona e não pensa profundamente sobre o que está fazendo, você acaba se machucando e diminuindo a sua autoestima. Não importa o que está fazendo, faça um feedback consigo mesmo para analisar qual tipo de pessoa você é. Veja se está fazendo a coisa certa para se tornar mais produtivo, gentil, indo à academia ou simplesmente descansando e se sentindo bem.

Você se sente mal depois de um tempo tendo só a preguiça como companhia ou apenas fazendo planos. Não há escapatória, não existe como fugir de si mesmo. E tentar fazer isso, sempre terá uma consequência.

4- Dê passos pequenos nos dias em que os maiores parecerem assustadores.

Algumas vezes, começar o dia com as tarefas mais importantes pode parecer assustador. Assim, você acaba querendo procrastinar. Quando isso acontece, uma coisa que funciona muito para mim é ser gentil. Eu me permito continuar em vez de entrar em conflito. Nessas horas eu opto por:

  • Um passo pequeno. Eu faço um acordo comigo mesma de trabalhar apenas cinco minutos naquela tarefa mais importante e complexa.
  • Um passo ainda menor. Se o pequeno passo for muito difícil, e eu me vejo procrastinando, faço outro acordo mas dessa vez com apenas um ou dois minutos de trabalho.

Às vezes, isso significa dividir uma tarefa em partes, algumas quase prontas e outras sendo trabalhadas ao longo do dia. Outras vezes, tudo que eu preciso para continuar trabalhando duro e ser mais produtivo é iniciar uma tarefa ou reiniciar. De qualquer forma, eu sempre estou seguindo em frente, em vez de ficar parada.

5- Comemore o que você fez hoje

Quando você aprecia seu trabalho, você se sente melhor em relação a sua vida e a si mesmo. E, ao longo do tempo, ao se tornar mais comprometido, as suas resistências internas diminuem, e isso possibilita você trabalhar com emoções positivas, quando comparado ao seu antigo eu.

Então…

  • Pegue dois minutos no final do dia e pense sobre o que você gostou do seu trabalho hoje. Ou escreva no seu diário algumas coisas que gostou em si mesmo.
  • Invista no seu estômago ou numa grande festa.
  • Converse com alguém sobre o que aconteceu, como você aprendeu uma boa lição ou diga o quão orgulhoso está por ter feito algo importante hoje. Para fortalecer o hábito do comprometimento, sempre se recompense pelas coisas que fizer certo. Lembre-se de ser gentil consigo mesmo com as atividades atrasadas ou complexas. Não adianta nada cobrar-se demais ou tentar ser perfeito.

Veja o que você pode aprender com isso. Se necessário, tente alguma outra solução amanhã, e veja qual funciona melhor.

Não é fácil se concentrar, estamos sempre cheios de informação e coisas a fazer, que muitas vezes nos tornamos mais improdutivos do que gostaríamos de admitir. Porém, só é possível alcançar o sucesso e os seus desejos sendo comprometido com a causa. Como todo hábito, o comprometimento não vai salvar já o seu amanhã, mas se trabalhar dia após dia seguindo essas dicas, não há dúvida de que colherá bons frutos da árvore da vida.


Texto escrito por Amanda Magliaro Prieto da Equipe Eu Sem Fronteiras

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]