Saúde Integral

Cromoterapia: use as cores para se curar

Folhas coloridas uma ao lado da outra
Pixabay/Pexels
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Se antigamente os filmes preto e branco eram a regra, atualmente a maioria das pessoas não tem muita paciência para eles. Isso acontece porque a tecnologia nos mostrou que é possível traduzir as cores que vemos em mídias que durarão para sempre. E quem não prefere ver um mundo colorido?

As cores são importantes para nós não só porque são bonitas e deixam tudo mais especial, mas também porque elas emanam energias. É por esse motivo que em alguns ambientes podemo-nos sentir mais calmos ou mais estressados, dependendo do tom da tinta da parede de cada um deles.

Além disso, as cores que usamos nas nossas roupas nos ajudam a construir a nossa imagem pessoal. São elas que transmitem o nosso humor, o que queremos atrair para o novo ano ou o quanto queremos nos destacar em um evento importante.

Dessa forma, podemos interpretar que as cores são poderosas e mudam o nosso estado de espírito de acordo com a forma como são utilizadas. Pensando nisso, a cromoterapia foi desenvolvida. A seguir, aprofunde-se no que ela está pautada e como ela pode ajudá-lo diariamente!

O que é cromoterapia?

A palavra cromoterapia tem origem no idioma grego e significa tratamento com cores. No Egito, na China, na Índia e na Grécia, as civilizações acreditavam que cada cor apresentava um poder de cura distinto, que poderia ser aproveitado para melhorar a qualidade de vida de alguém.

Nos dias de hoje, a cromoterapia tem o mesmo significado e o mesmo uso, mas com um pouco mais de tecnologia. Essa terapia considera que as cores emitem ondas energéticas que promovem a cura do corpo e da mente e podem ser aplicadas a partir de lâmpadas coloridas, água solarizada, roupas e até alimentos.

Nesse sentido, a cromoterapia é um tratamento complementar para uma série de problemas que podem afetar uma pessoa, tanto na saúde física quanto na saúde mental. As cores podem aumentar o ânimo de quem sofre de depressão, por exemplo, ao mesmo tempo em que podem tranquilizar quem sofre de ansiedade.

Cromoterapia.
Dario Valerani / 123rf

Também é possível aliviar as dores no corpo causadas por inúmeros fatores, como velhice, acidentes e ferimentos. Febre, insônia e diabetes são problemas que podem ser amenizados com a cromoterapia em parceria com outra forma de tratamento, com orientação médica.

Significados das cores na cromoterapia

Agora que você já sabe um pouco mais sobre o universo da cromoterapia, está na hora de aprender mais sobre qual é o significado de cada uma das cores, segundo essa teoria. Confira!

1) Amarelo

As principais funções da cor amarela na cromoterapia é o estímulo e a ativação do corpo e da mente. Sendo assim, ela pode ser utilizada para tonificar músculos, para ativar o sistema digestivo e para purificar o corpo. Além disso, é indicada em casos de depressão e de falta de motivação.

2) Azul

A cor azul é responsável por melhorar a respiração de uma pessoa. Com isso, ela é indicada para desenvolver a vitalidade e a intuição, para aliviar problemas respiratórios e para trazer tranquilidade. Na meditação, a cor é usada para ativar a glândula pineal.

3) Verde

Verde.
Rowan Heuvel / Unsplash

Para tratar gripes, resfriados e infecções, a cor verde é a melhor escolha, segundo a cromoterapia. Outras vantagens que ela proporciona são a estabilização de disfunções crônicas e agudas e a calmaria em momentos de tensão ou de muita dificuldade.

4) Vermelho

De acordo com a cromoterapia, a principal função da cor vermelha é o estímulo do corpo e da mente. Ela é especialmente indicada para a produção de glóbulos vermelhos e de hemoglobina, o que, inclusive, proporciona mais ânimo para quem entra em contato com ela.

5) Roxo

A cor roxa, também conhecida como violeta, é uma das mais calmantes da cromoterapia. Desacelerando o metabolismo, ela promove o relaxamento muscular, traz uma sensação de tranquilidade e pode controlar os sintomas de ansiedade.

6) Laranja

Para a cromoterapia, a cor laranja promove o estímulo dos pulmões e do estômago e é importante para combater náuseas. Ela também estimula a pulsação, o funcionamento da tireoide e o crescimento saudável dos ossos.

Como usar a cromoterapia para se curar?

A cromoterapia é um tratamento oferecido pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Dessa forma, se ele foi recomendado a você por um profissional de saúde, é possível realizá-lo gratuitamente. Em outro caso, se você apenas quer absorver as energias das cores para os seus dias, há algumas maneiras de fazer isso.

A primeira delas é por meio da água solarizada. Sabendo as propriedades de cada cor, escolha aquela que atende ao que você precisa. Depois, use uma garrafa de vidro transparente embrulhada em papel celofane da cor desejada ou uma garrafa que seja de mesmo tom. Encha-a com água mineral e deixe-a no Sol por cerca de uma hora. Assim, você poderá ingerir as energias liberadas pela cor!

A segunda maneira de aproveitar os benefícios da cromoterapia é com o uso de lâmpadas coloridas. Você pode escolher aquela que mais o agrada e conectar na tomada do ambiente onde você passa a maior parte do tempo. Assim, a luz emitirá as ondas de energia presentes na cor escolhida.

Em suma, você também pode incorporar a cromoterapia nas roupas que você usa, para que os seus dias sempre tenham as energias de que você precisa para se sentir bem e feliz. Aplicando esse mesmo conceito aos alimentos que você ingere, é possível criar um cardápio colorido e muito benéfico para a sua saúde.

Gaveta com roupas dobradas
Francesco Paggiaro/Pexels

A partir de tudo o que foi apresentado sobre a cromoterapia, você já tem o que precisa para identificar as energias que cada cor libera. Aposte nessa forma de terapia complementar quando precisar melhorar o seu ânimo, quando estiver com dificuldade para dormir ou quando realizar o tratamento para algum outro tipo de problema. Cuide-se!

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para colunistas@eusemfronteiras.com.br