Saúde Integral

Cromoterapia: Use as cores para se curar

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Em 1665, Isaac Newton descobriu que as cores são fruto da incidência da luz. O físico inglês fez um experimento com luz branca e um prisma e viu que a luz branca no prisma reflete as cores vermelho, laranja, amarela, verde, azul, índigo e violeta. O preto é ausência da luz e o branco é a união de todas as cores.

Não há consenso sobre quem descobriu os efeitos terapêuticos das cores, entretanto, relatos apontam que no ano 3.000 a.C os sacerdotes-médicos do antigo Egito utilizavam a técnica. Relatos apontam que os doentes eram levados para salas onde a luz solar atravessava um prisma. Historiadores explicam que gregos, chineses e hindus também usavam as cores na cura de doenças.  A cromoterapia trabalha com as seguintes cores:

Vermelho: traz energia e vitalidade, fortalece o sangue, melhora o sistema nervoso e ajuda no tratamento da depressão. Usado em excesso, o vermelho gera tensão nervosa;

Amarelo: cor do otimismo e intelecto ainda age em problemas ósseos;

Verde: estimula o equilíbrio, reduz o estresse, favorece a serenidade e atua no tratamento de infecções e doenças cardíacas;

Azul: acalma, tira a angústia e atua no sistema muscular e nervos;

Índigo: promove a beleza e a arte, relaxa, trata inflamações e doenças pulmonares;

Violeta: acalma, traz sensação de liberdade e promove a saúde das células e tecidos.

Rosa: ajuda nos relacionamentos pessoais e profissionais.

A cura pelas cores

Você pode usar as cores para se curar de várias formas. Separamos alguns problemas de saúde e as cores mais indicadas, veja quais são:

Estresse e crises de ansiedade: combine o azul e o verde em roupas, acessórios, esmaltes e também na decoração.

Dores musculares e de cabeça: para aproveitar o efeito analgésico do azul, use a cor em roupas, acessórios e na decoração.

Enjoos: combine o verde e o azul em objetos dentro de casa e no trabalho.

Água solarizada

É o resultado da energização da água pela cor. A água solarizada alivia a depressão, entre outros benefícios. Siga a tabela de cores acima e comece pelo verde para equilibrar o corpo. Beba a água de 15 a 30 dias. Aprenda como fazer, consumir e armazenar.

  • Escolha uma garrafa de vidro colorida, pode ser de vinho ou cerveja, mas lave bem com água quente e sabão. Se preferir, pode enrolar papel celofane em uma garrafa transparente;
  • Coloque uma pedra de gelo, tampe a garrafa, e deixe no sol durante uma hora no verão, metade do dia quando o sol estiver fraco ou o dia todo em períodos chuvosos. No verão, o melhor horário é após às 3 da tarde, no inverno, das 8 às 10 da manhã;
  • Se tiver usado papel celofane, tire após a exposição solar.

Tempo de validade:

  • Verde e rosa: uma semana em temperatura ambiente ou geladeira;
  • Vermelho, laranja e amarelo: 2 dias em temperatura ambiente e uma semana na geladeira;
  • Azul, índigo e violeta: 3 dias em temperatura ambiente e uma semana na geladeira.

Interessante o poder das cores na saúde, não é? Quando fizer a água solarizada, conte para nós.  

Quer saber mais sobre o assunto? Entenda o significado das cores na cromoterapia e aprenda a usar as cores para manter o equilíbrio. 


Texto escrito por Sumaia de Santana Salgado da Equipe Eu Sem Fronteiras

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]