Energia em Equilíbrio

Dicas para hora da crise existencial

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Nós, seres humanos, somos seres livres e totalmente responsáveis pela nossa própria miséria ou nossa felicidade. Mas, muitas vezes passamos a nos questionar sobre qual o verdadeiro sentido da vida, e aí, a crise existencial pode acontecer. Mas, você sabe o que é isso?

Podemos definir crise existencial como sendo o momento em que nós passamos a questionar a nossa própria vida e os verdadeiros propósitos dela.
De acordo com a filosofia do existencialismo, nós somos levados para um significado da vida, e não por uma forma específica de deus ou de divindade. Somos uma mistura dos nossos desejos, escolhas e objetivos.

Por isso, cabe a cada um de nós procurar por um significado que impulsione as nossas vidas, seja através da caridade, do trabalho, de um relacionamento, da família, de uma religião, de um passatempo, dos filhos, ou qualquer outra coisa que nos faça olhar para o futuro.

Todas as experiências que vivemos, seja ela dolorosa ou agradável, pode ser uma causa de crise existencial. Isso significa dizer, que ela pode ser causada por absolutamente nada ou por um evento específico, como por exemplo a perda de um parente ou de um emprego.

Indivíduos que estão passando por um momento de crise existencial podem se perguntar qual é o verdadeiro sentido da vida, se alguém se importa realmente com ele, se vai encontrar alguém que acredita e o entende realmente, etc.

A crise existencial na maioria das vezes, ocorre em crianças e em adultos que são considerados super dotados, ou seja, que possuem uma inteligência superior em relação aos demais indivíduos. Isso se dá porque essa superior inteligência permite que eles observem o mundo de uma maneira diferenciada.

Mas, com certeza, em algum momento da sua vida, você já deve ter vivido aquela fase de que tudo ao seu redor parece lhe chatear ou irritar. As emoções e os sentimentos também não ajudam muito, e os nervos ficam à flor da pele. Já teve aquele pensamento de querer sumir, desaparecer e ficar sozinho, sem pensar nos problemas, nos outros, não é mesmo? Todos nós passamos por isso.

Nessas horas não temos vontade de fazer absolutamente nada, nem mesmo de sair da nossa cama. Mas, apesar disso, existem algumas dicas e atitudes bem simples que poderão lhe ajudar a superar esse momento, e trarão a você respostas que talvez tenha procurado nos últimos dias, tempos. Lembre-se sempre que a única pessoa que pode mudar essa realidade é você mesmo. Veja aqui algumas de nossas dicas para superar a crise existencial:

1ª Dica: Reconheça o momento

A primeira dica para enfrentar a crise existencial é reconhecer que está vivendo uma. Se você está questionando o propósito de sua existência ou o significado de sua vida, talvez esteja passando por este momento.

Segundo o existencialismo, cada um de nós têm o poder de escolher os parâmetros da nossa existência. Decidir, sem a ajuda de alguém, dar um significado para sua vida, pode lhe ajudar a resolver este difícil momento.

2ª Dica: Faça questionamentos

Uma das perguntas de diversas áreas da psicologia comportamental é: ‘Por que?’. E é exatamente o tipo de questionamento que devemos ter nesses momentos de crise. Por que você está se sentindo, agindo dessa forma? Tente entender o que causou este problema. Na maioria das vezes, a resposta para essa pergunta pode nos mostrar um lado de nós mesmos que não queremos enxergar. Não tenha medo da resposta, siga em direção a raiz do problema, pois somente ela poderá te libertar.

Reflita seriamente sobre o que te motiva, o que lhe incomoda, o que lhe faz feliz. Você pode acabar compreendendo que suas metas e os objetivos antigos foram bem significativos e ainda, poderá descobrir um sentido novo para sua vida.  

Uma boa dica é tentar se imaginar no lugar de alguém que daria o conselho a um indivíduo que estivesse passando pelo mesmo problema. Lembre-se sempre que o amanhã é um novo e belo dia, uma nova oportunidade para você procurar autorrealização, a felicidade e estabelecer mudanças na sua vida.

Todo o momento de reflexão serve para que você se conheça mais a fundo. Quanto mais autoconhecimento você tiver, mais fácil desenvolverá a satisfação, o amor e a estima com você próprio. Isso é fundamental para que qualquer tenha uma vida plena e totalmente equilibrada.

Sad boy alone in a bare room

3ª Dica: Mantenha-se no controle

Meu trabalho me estressa, meu namorado só me aborrece e minha família me irrita profundamente. Você já teve algum desses pensamentos? Pois pare de se fazer de vítima de todos e tudo o que o cerca. Assuma de vez o controle pela sua vida, pelas suas escolhas, seus desejos. Em suma, isso significa dizer, que ninguém e nada, é capaz de te estressas, de te chatear, magoar, irritar… Quando você entende isso, começa a trazer toda a responsabilidade para você mesmo e deixa de ser a vítima. Só você pode escolher a maneira como vai reagir diante de determinada situação.

Na maioria das vezes, acabamos culpando os outros e as outras coisas pelas nossas crises existenciais, mas deixar de ter o papel de vítima é bem mais inteligente, já que assim, teremos inteligência emocional suficiente para enfrentar os problemas e desafios.

Em momentos de crise, respire fundo, conte até mil se for preciso, mas se questione sobre qual a melhor maneira de reagir a esse momento. Faça que a crise seja passageira. Comece a reagir a ela de maneira diferente agora mesmo e chegue aonde quiser.

4ª Dica: Aproveite a oportunidade

Considero as crises existenciais como uma ótima oportunidade para utilizar isso a meu próprio favor. Isso porque, nem sempre ela é algo totalmente negativo e sim, indica que algo está precisando de mudança urgentemente.

A crise pode ser uma bussola, indicando uma mudança de atitude, de ideia, de direção, de crença. É o momento de olharmos internamente e procurar as respostas para nossos questionamentos.

Não tenha medo de realizar mudanças. Só assim, alcançará a verdadeira felicidade, resultados melhores e mais plenitude. Acredite em todo o poder que tem de se reinventar.

Nunca tenha medo de fracassar. Quando perceber um, enfrente-o. Esta experiência realmente lhe proporcionará mais oportunidade e sabedoria para crescer e mudar.

Nunca desconte sua insegurança nas pessoas ao seu redor e encontre o sucesso nas pequenas coisas do dia a dia.


Texto escrito por Flávia Faria da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]