Linguagem do Corpo Saúde Integral

Eczema em adultos: A cura esta em seu comportamento

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Linguagem do Corpo: Eczema em adultos

Como relatado em outros artigos sobre eczemas ou dermatites atópicas, o eczema em adultos não é diferente. Consiste em uma inflamação na pele, seguida de coceira intensa, casquinhas na região inflamada e até lesões. Pode ser comum nos cotovelos e atrás dos joelhos.

Mas, na psicanálise, Cristina Cairo afirma em seu livro que o significado da inflamação em adultos é diferente. Ela pode representar uma turbulência nos pensamentos e conflitos envolvendo segurança.

Eczema em adultos segundo Cristina Cairo

Significa turbulência mental e ideias contraditórias. É o reflexo de um conflito gerado do excesso de segurança em suas ideias, causando um orgulho teimoso contra os seus superiores, sejam eles pais, patrões, cônjuges, sogros, etc.

Seja mais flexível com você mesmo e com todas as pessoas. Tente aceitar, docilmente, outras ideias. Largue mão de se irritar com os pensamentos opostos aos seus, pois toda ideia lançada tem seu fundo de verdade e pode colaborar de alguma forma com você. Os grandes sábios escutam os pequenos discípulos, pois é através das perguntas simples que o sábio analisa seu próprio conhecimento.

Acalme-se e reconstrua sua imagem. Mude, abertamente, para ajudar aqueles que não conseguem deixar de ser orgulhosos.

É gostoso mudar. Mude seu comportamento e seu corpo responderá com saúde. Acredite!

livro 1

Sua opinião é bem-vinda, sempre que colocada com a educação e o respeito que todos merecem. Os comentários deixados neste artigo são de exclusiva responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para colunistas@eusemfronteiras.com.br