Energia em Equilíbrio

Emoções e o Solstício de verão

Imagem de Sol em fundo azul com escrito "Solstício de Verão" em branco por cima.
Marcia Lima
Escrito por Marcia Lima



Tudo o que existe foi criado em algum momento especial. E todos os dias, apesar de nossa pouca percepção, coisas maravilhosas acontecem, o tempo todo.

(21/12/18 – Solstício de verão – Início do Verão) 

Um dia especial? 21 de dezembro! Quer saber por quê? É a entrada do verão no hemisfério Sul. Esse movimento marca o início de um novo ciclo! O da expansão. Solstício de verão, além de ser o dia mais longo do ano, o que mais ele nos traz de informação? Bem, muita coisa boa!

Estamos cientes de que o tempo, já não tem linearidade, ele é contínuo, é quântico. Por isso, a única coisa que nós percebemos é que entra ano, sai ano e menos coisas realizamos. Será esse o motivo de ter tanta gente frustrada por aí?

Na Medicina tradicional chinesa, o calor representa Fogo. Que está ligado à emoção da alegria. Pode parecer clichê, só que não é! A alegria genuína é um estado de ser.

O Sol lembra fogo, alegria, a luz máxima, forte, soberana, a força yang. Atualmente as pessoas se reúnem ao redor do mundo nos dias de solstícios e de equinócios, pois conseguem uma conexão mais intensa com a mãe terra, para acessar as energias de transformação que necessitam para enfrentar suas próprias mudanças pessoais. Tudo o que é realizado neste dia tem maior força e potencialização. Por isso, em cada cantinho do mundo acontecem grandes encontros de meditação para centramento, e ocorrem neles grande expansão de consciência.

Sol= Expansão=Alegria = Felicidade!

Ou não!

Existem hormônios responsáveis pela alegria em nosso corpo, um deles é a serotonina. Ela libera substâncias que nos causam boas sensações. A pessoa que vive em estado de gratidão e amor mantém essa substância ativa em seu organismo. Mas a maioria de nós, meros mortais, seres insatisfeitos e desejantes que somos, vivemos eliminando esta substancia do nosso organismo com nossos picos de tensão e insatisfação constante.

Se estamos felizes com algo novo, Uhuu! Serotonina à 100%. Mas, assim que a euforia do novo passa, lá vem ela, a bendita frustração. E a serotonina, cadê? Lá no dedão do pé, a 10% talvez. E você está como? Na maior bad…

Mulher tomando sol com os braços abertos.

Quando o elemento Fogo está em equilíbrio, segundo a MTC (Medicina tradicional chinesa), o coração está em paz, a alegria, o brilho pessoal está sendo ativado e permanece estável. Já se está em desequilíbrio, o corpo entra em conflito. Isso altera a energia de Fogo, que é prejudicada quando temos picos de emoções.

Portanto, aqueles momentos de instabilidade emocional, que gera altos e baixos dissolve a serotonina, e a nossa energia da alegria, levando-nos a apresentar tendência à depressão.

O sentimento de solidão, abandono, é uma resposta química que o próprio corpo emite, informando que a serotonina anda em falta por ali. Há muito se estuda sobre a questão de como manipular o sistema com drogas alopáticas. Muito já foi descoberto, e muito ainda está por vir. O fato é que a depressão é um transtorno que afeta mais de 300 milhões de pessoas. Mas a causa raiz é o corpo quem revela. Existe uma desarmonia na energia do fogo, que rege o coração. Um sintoma da depressão é se esquecer de todas as situações felizes, pois tais momentos são pura Luz em nossas vidas. Por isso, para quem está depressivo, é recomendado tomar sol, sair de casa, exercitar-se, procurar pelos amigos e interagir com a vida. Na tentativa de que haja um resgate dos episódios de felicidade. 

Cada pessoa tem dentro de si um Sol pessoal, ligado as suas mais intimas emoções. E o brilho deste sol se dá quando cultivamos bons sentimentos, bons pensamentos, quando fazemos as coisas de bom grado, com gratidão e alegria.

E, então, como podemos aproveitar esta energia do Solstício de verão?

A força do Sol nos propicia uma percepção maior, para que se elimine tudo o que não foi bom no ano que passou, permitindo a entrada de energias novas para o ano que chega. É o dia do auge da luz, e como tudo que tange as leis da estabilidade, aquilo que atinge um pico, naturalmente declina para que haja um retorno ao equilíbrio inicial. Logo, todos os demais dias serão mais curtos, até que chegue a próxima estação. E passarão tão rápido, que você talvez nem os perceba.

E, apesar de ser verão, a natureza já inicia, amorosamente, com sua sabedoria a nos preparar para guardar energia para a próxima estação, o outono. No Taoísmo, neste dia, celebra-se a presença ativa do TAO, que simboliza o ABSOLUTO. Segundo o grande livro do Imperador Amarelo, o verão é o tempo de crescimento. E quem não se adapta a esta energia sofre os desmandos desta estação, e da própria vida.

Plantação de girassóis no verão

As energias de todas as coisas na terra surgem na primavera, crescem no verão, dão passagem no outono e se ocultam no inverno. Durante os 3 meses que marcam o verão ocorre o período de florescimento. Onde todas as coisas vivas do mundo tornam-se prósperas e bonitas. Vamos curtir esse tempo investindo ao máximo em nosso florescimento. Afinal, estamos aqui para viver o auge dos nossos dias, para sermos sol, e expressar a nossa Luz. Por qual motivo, então, deveríamos passar despercebido neste planeta? 

Vamos florescer!


Você também pode gostar de outro artigo deste autor. Acesse: Aprendizagem ou evolução

Sobre o autor

Marcia Lima

Marcia Lima

Com formação em: Acupuntura | Medicina Tradicional Chinesa | Terapia Cognitivo Comportamental | Massoterapia com Linguagem do Corpo | Aromaterapia | Florais de Bach | Iridologia

Estudante de Psicologia e Psicanálise.

Apaixonada por Fotografia.

Blog: institutozhejin.blogspot.com.br
Email: [email protected]
Tel/Wats: (11) 98570-2267
Facebook: facebook.com/institutozhejin