Saúde Integral

Erros que as mulheres comentem usando o anticoncepcional

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Quando a primeira menstruação acontece, a grande maioria das adolescentes começam a recorrer ao uso de anticoncepcionais. Durante a adolescência, os benefícios são inúmeros e mais eficazes do que durante a fase adulta, porque ajuda a manter longe as temidas espinhas e cravos da pele e a regular a menstruação e os hormônios.

Os contraceptivos são grandes aliados das mulheres em muitas ocasiões, principalmente quando o assunto em questão remete ao controle de algumas substâncias no organismo e o planejamento familiar.

Existe atualmente no mercado uma grande variedade de anticoncepcionais disponíveis, como os injetáveis, as pílulas e os adesivos. Cada um possui uma dose bem variada e específica de hormônio, uns com mais e outros com menos. O tipo de contracepção que deverá ser utilizado vai depender basicamente da forma como cada organismo irá reagir à carga de hormônio. Por isso, é de grande importância visitar um ginecologista antes de iniciar o uso do anticoncepcional.

Os anticoncepcionais em forma de pílulas possuem em sua estrutura uma combinação de hormônios, como a progesterona e o estrogênio. Embora eles ofereçam uma liberdade maior para cada mulher, devem ser usados de maneira precisa e periódica para que tenha um efeito mais duradouro e seguro.

Mas, como qualquer outro tipo de remédio, os anticoncepcionais também podem falhar. Uma mulher que esquece de tomar o comprimido, por exemplo, acaba comprometendo a eficácia do medicamento. Conheça aqui alguns dos erros mais comuns que podem aumentar as chances de ineficácia dos anticoncepcionais.

  • Mantenha diariamente horários frequentes para ingerir as pílulas anticoncepcionais

Existem nos dias de hoje aplicativos que ajudam a lembrar os horários de tomar os medicamentos diários. Quando você não tem o hábito de manter uma frequência diária de horários para utilizar o anticoncepcional, as chances de eficácia do medicamento diminuem. Por isso, uma boa dica é estabelecer um horário em que você sempre está mais tranquila, para não se esquecer de tomar o contraceptivo.

  • Nunca prolongue ou interrompa a utilização da pílula sem recomendação médica

Não é nada recomendado interromper ou ainda prolongar a utilização do medicamento sem a indicação de um ginecologista. Muitas mulheres costumam fazer isso quando não querem menstruar, mas esse hábito terrível acaba fazendo com que elas fiquem expostas como se não tivesse tomado nada, fazendo com que o contraceptivo perca seu poder de proteger o organismo de uma gravidez indesejada.

  • Cuidado com o uso de antibióticos. Eles podem acabar interferindo na eficácia do anticoncepcional

Alguns medicamentos, principalmente aqueles considerados mais fortes, podem acabar interferindo na eficácia dos contraceptivos. Por isso, quando se fizer necessária a utilização deste tipo de medicamento, converse com o seu ginecologista e invista em um outro método contraceptivo se for o caso, como a camisinha.

  • Alguns problemas de saúde contribuem para o aumento de chances de ineficácia

Alguns problemas de saúde, como a obesidade, contribuem para a ineficácia das pílulas. Por isso, se você está acima do peso recomendado para sua altura e idade, procure um médico.

Oral contraceptive pill on pharmacy counter with colorful pills strips background.

  • Nunca tome um anticoncepcional sem recomendação de um médico

Sua amiga ou sua mãe indicou o uso de um contraceptivo que fez muito bem a ela e, por isso, achou que pode servir para você? Não caia nessa. Nunca tome nenhum tipo de medicação sem uma recomendação especializada de um médico.

Existem diversos tipos de contraindicações, que somente um médico especializado no assunto poderá avaliar corretamente. Apesar de tal produto fazer muito bem para sua amiga, ele pode ser totalmente prejudicial para o seu organismo e para a sua saúde como um todo.

  • E aquela cerveja gelada do final de semana?

Sabe aquela cerveja do final de semana? Pois bem. Tome cuidado com ela. Quando ingerimos bebida alcoólica em excesso, a eficácia de diversos medicamentos acaba diminuindo, incluindo a dos anticoncepcionais. Esse tipo de situação, apesar de ser rara, não é impossível. Por isso, tenha sempre em mente que isso pode acontecer.

  • Cuidado com a pílula do dia seguinte

Nunca associe o uso de um contraceptivo com a pílula do dia seguinte. Isso é extremamente perigoso, já que ambos os fármacos possuem hormônios. Quando estes são consumidos em conjunto, podem ocasionar no organismo um excesso do medicamento, causando, assim, um efeito totalmente contrário do esperado.


  • Escrito pro Flávia Faria da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]