Saúde Integral

Estação calor: cuidados que você deve ter com o ar-condicionado

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Se não podemos fugir do calor, o jeito é se refrescar da melhor forma possível, não é mesmo? Porém, todo cuidado é necessário nessas horas. Ficar doente no calor é uma experiência bem ruim e desagradável. Não recomendamos isso a ninguém! Por isso, alguns cuidados em épocas de calor são essenciais para você poder aproveitar os dias sem correr o risco de ficar doente. Neste texto vamos falar dos cuidados que você deve ter com o ar-condicionado.

O ar-condicionado é o verdadeiro salvador em escritórios e ambientes internos naqueles dias que ir para a rua parece impossível de tão calor que está. O problema é que é pelo ar que podemos contrair diversas doenças e também afetar negativamente o sistema respiratório. Quando você respira, o nariz é responsável por filtrar, umedecer e aquecer o ar que entra em nosso organismo, para evitar qualquer problema respiratório. Por outro lado, o ar-condicionado faz exatamente o oposto. Ele resseca e esfria o ar ambiente e, em alguns casos, pode levar algumas impurezas para o ar. Por isso, ao ficarmos expostos muito tempo ao ar-condicionado, alguns problemas de saúde podem começar a aparecer.

Tosse, nariz e garganta ressecados, desconforto para respirar, irritação no nariz, entre outros sintomas podem ser consequência da exposição ao ar-condicionado. Sabemos que na maior parte das vezes o problema é que trabalhamos ou frequentamos lugares onde o ar-condicionado está sempre lá e não podemos desligá-lo (além de não querermos assar com tanto calor em um lugar fechado). Então, para poder ficar nesses locais e ainda preservar a saúde, o correto é manter a manutenção do aparelho em dia.

A manutenção de aparelhos de ar-condicionado pode ser feita variando de a cada quinze dias até um ou dois meses. Alguns tipos de aparelhos podem ter um tempo maior de condição de uso sem higienização. Mas nos aparelhos mais populares o ideal é fazer essa limpeza com frequência. O tipo mais comum de ar-condicionado possui filtros que retém a sujeira que entra por ele. Com um certo tempo, a sujeira acumula e, se não for limpada, ela pode ser jogada de volta para o ar. Assim ácaros, fungos e bactérias podem estar infestando o ambiente sem ninguém perceber isso, até alguém ficar doente e desconfiar do ar.

A dica aqui é sempre cobrar o responsável pelo aparelho a fazer manutenções constantes. Cada marca possui a indicação de redes autorizadas para fazer essas manutenções, basta consultar no manual do aparelho ou no site da empresa. Outra dica que também ajuda é sempre manter um casaco por perto. Pode não resolver o problema da limpeza, mas, pelo menos, ajuda a deixar o corpo menos exposto ao frio ambiente quando a temperatura está muito baixa. Se o calor é difícil de suportar, pode ter certeza que ficar doente deixará tudo mais difícil ainda. Por isso, previna-se e faça o possível para manter o ar-condicionado sempre limpo.


Escrito por Ricardo Sturk da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]