Autoconhecimento

Exercício para tomar decisões mais conscientes

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

O ano de 2017 está aí e o objetivo de todos é ter um ciclo de vida mais pleno. Queremos atingir nossas resoluções de ano novo e ter mais amor, prosperidade, paz e felicidade. Não adianta querer fugir disso, porque são desejos universais. Infelizmente, corremos o risco de não alcançar nenhum dos objetivos, pois podemos errar novamente nas mesmas questões. Muitos lugares que pretendemos chegar e recompensas que desejamos obter exigem de nós discernimento e sabedoria para fazer escolhas certeiras, afinal nossa vida é um reflexo de todas as escolhas que fazemos ao longo de nossos dias. Muitas vezes titubear ou escolher sem pensar uma alternativa, pode nos levar a mais um período de espera e aprendizagem, mas sem atingir o que queremos.

Um exercício simples de reflexão e de autoconhecimento pode ajudar a todos nesta hora de difíceis escolhas. Em primeiro lugar, sugiro que sempre que você se encontre diante de uma bifurcação em sua vida e que fique em dúvida sobre que decisão tomar, respire fundo. Isso mesmo, vá a algum lugar calmo e que lhe traga paz e reflita profundamente sobre o que você realmente quer. Pese os prós e contras de cada resultado possível e se pergunte:

1- Por que este conflito de decisão acontece? Qual parte de mim sofre para fazer esta escolha?

2- O que cada um dos meus “eus” internos acredita ser melhor? Qual devo ouvir? Qual fala mais alto?

3- De quais situações, coisas ou pessoas que fazem parte da minha vida eu não quero abrir mão? Doeria mais se despedir do quê? O que não posso ficar sem?

4- O que eu evito, rejeito e finjo não ver? Por que faço isso?

Quando tiver todas essas respostas reunidas na sua mente é hora de se desligar. Pode ser através de meditação, de contato com a natureza ou através de coisas que façam seu eu mais íntimo se conectar com seu lado espiritual. Caso você tenha dificuldade nisso, uma boa forma é usar os últimos cinco minutos antes de dormir e os primeiros cinco minutos ao acordar para se conectar com seu corpo. Preste atenção na sua respiração e em todos estímulos, repare se sente calor, frio, formigamento ou excitação e tenha consciência de cada uma destas condições.

Após alcançar este contato e se desligar do mundo ao seu redor, escreva em um papel as opções que você tem diante de uma decisão que precisa tomar. Embaralhe-os com a face escrita para baixo de forma que você não saiba qual deles indica determinada resposta. Deixe que seu corpo indique qual caminho é o melhor a seguir. Completamente livre de intenções, aproxime-se de cada papel e perceba como você se sente, provavelmente onde se sentir mais confortável, feliz ou calmo é onde sua resposta está.

Tente colocar em prática estas dicas na próxima decisão que você precisar tomar e comece o ano com o pé direito, tendo mais certeza do que se quer e trilhando o caminho do sucesso que você tanto almeja.


Texto escrito por Roberta Lopes da Equipe Eu Sem Fronteiras

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]