Adoção Convivendo

Faça da sua casa um lar temporário para animais

jack russell dog abandoned and left all alone on the road or street with luggage bag or suitcase begging to come home to owners
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Nem sempre se tem espaço, tempo e disposição para cuidar de outro ser para sempre, mas isso não precisa ser um empecilho para uma boa ação.

Você sabe o que é lar temporário?

O lar temporário é uma opção solidária para ajudar a reduzir o número de animais abandonados e desabrigados.

E você pode fazer parte dessa iniciativa! É só buscar uma ONG para escolher o animalzinho que ficará na sua casa enquanto ele não for adotado por uma família definitiva.

Mas não é tão simples. Você precisa estar ciente das suas responsabilidades: alimentá-lo, levá-lo ao veterinário, cuidar do bem-estar dele e arcar com todas as despesas. Algumas ONGs ajudam com os gastos também.

E o que você ganha com isso?

Dog Waiting For Walk Tirar um animal da rua e se responsabilizar por ele até que ganhe uma família definitiva ajuda, não só ao próprio animal, mas também a você mesmo – que terá uma companhia com muito amor para dar!

Além disso, você contribui para a redução de um problema social e crescente. O número de animais abandonados ainda é alto no Brasil e para que ele diminua, é preciso muito trabalho, muito amor e muita consciência! Segundo a Organização Mundial da Saúde, existem em solo nacional mais de 30 milhões de animais abandonados precisando de carinho, lar e amor.

Para oferecer um lar temporário você precisa ter mais de 18 anos e o consentimento de todas as pessoas que moram junto com você, além de ser capaz de sustentar o novo animal, afinal, podem demorar algumas semanas e talvez meses, até que ele encontre uma nova casinha.

Se você sente que precisa fazer parte dessa ideia, pode visitar o site da Associação Protetora dos Animais Desamparados de Santa Catarina (APAD), preencher um formulário e enviá-lo para o e-mail [email protected]. Para mais informações sobre o Projeto Lar Temporário  visite o site da APAD.

Existem também outras ONGs que fazem esse trabalho como a Cão Leal e o Instituto Santo Pet, que oferece trabalhos voluntários no cuidado dos animais e apoio a alguns abrigos.

A brown dog and cat wake up hugging from a nap

Algumas dicas importantes:

  • Converse com os seus familiares. Será que eles querem um animal diferente em casa?
  • Entenda qual tipo de animal você pode cuidar: cachorros, gatos, deficientes ou com necessidades especiais.
  • Você já tem um animal na sua casa? Faça a integração com o novo morador com paciência e atenção.
  • Reserve um espaço especial para abrigá-lo.
  • Entenda que alguns dos animais abandonados têm dificuldade em se relacionar com humanos, então, muito amor e paciência são essenciais!

Já sabe tudo que precisa para fazer parte dos lares temporários? Faça essa boa ação!


  • Escrito por Gabrielle Carreira da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]