Autoconhecimento

Fatores que determinam a sua autoestima

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

A autoestima é caracterizada pelos nossos relacionamentos, pensamentos e experiências. Por isso, é muito saudável que possamos passar a entender os seus benefícios, inclusive a assertividade, o bem-estar da nossa mente, a resiliência e diversas outras características.

Em suma, podemos definir a autoestima como sendo a opinião que temos sobre nós mesmos, ou seja, a maneira como nos sentimos sobre nossas limitações e capacidades. Quando alcançamos uma autoestima mais saudável, passamos a nos sentir bem conosco e merecedores de respeito a cerca dos demais. Quando a nossa estima está baixa, colocamos valor menor em nossas ideias e opiniões e passamos a nos preocupar com coisas pequenas, como não sermos suficientemente bons.

Ela começa a se formar durante a nossa infância e alguns fatores podem acabar influenciando essa construção, entre eles: mensagens pregadas pela mídia, religião, cultura, estatuto social, experiências vividas nos ambientes que frequentamos, como escola, casa, comunidade e trabalho, a maneira das outras pessoas reagiram sobre você e nossas próprias percepções e pensamentos.

Os relacionamentos com aquelas pessoas que julgamos ser mais próximas de nós, como irmãos, pais, professores, amigos de escola, entre outros, acabam impactando diretamente na formação da nossa autoestima. Muito do que nós acreditamos hoje veio das mensagens que recebemos dessas pessoas com o passar do tempo.

Isso significa dizer que se você recebeu um feedback negativo durante grande parte de sua vida, ou que seja por um curto prazo, se foi muito provocado, criticado ou desvalorizado, certamente possui uma baixa estima. Já se ao longo de sua vida recebeu feedbacks positivos, você possui uma autoestima mais saudável.

Se você gasta mais tempo se concentrando nas falhas que cometeu ou em suas fraquezas, pode acabar desenvolvendo uma baixa estima. Assim, você terá de aprender a precisar de si próprio e a desenvolver uma visão mais equilibrada.

Quando possui uma autoestima saudável, você passa a se sentir mais confiante e seguro. Além disso, começa a estabelecer melhores relações com os que estão ao seu redor, sentindo-se totalmente confiante a cerca de suas habilidades.

Indivíduos que apresentam uma autoestima saudável possuem muita confiança na tomada de decisões, são mais capazes e resistentes para enfrentarem situações de estresse e contratempos que venham a surgir, têm menos propensão a desenvolverem transtornos, sabem bem como expressar suas opiniões e necessidades, não ficam fazendo críticas sobre si mesmos, estabelecem relações seguras e de honestidade e não experimentam sentimentos como vergonha, culpa e inutilidade.

Por isso, é muito importante se valorizar e perceber que você é a pessoa mais importante da sua vida. Olhe para si mesmo com mais carinho e aproveite tudo de bom que pode conquistar.


Texto escrito por Flávia Faria da Equipe Eu Sem Fronteiras

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]