Linguagem do Corpo Saúde Integral

Gripe? Resgate suas forças e sua saúde agora!

Mulher asiática sentada num sofá, envolta de manta xadrez, enquanto assoa o nariz.
primagefactory / 123rf
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Se existe uma doença no mundo conhecida por todos e que provavelmente já atingiu boa parte da população com certeza é a gripe! Quem nunca se sentiu gripado, indisposto e com aqueles sintomas chatinhos que praticamente nos “derrubam”?! Pois é! A gripe é uma doença resultante de um vírus chamado influenza, que causa infecção no sistema respiratório e inúmeros outros sintomas muito desconfortáveis em um paciente. Costuma, inclusive, ser muito confundida com resfriados, mas acalme-se que nós explicaremos as diferenças de cada um!

Anualmente, o vírus influenza sofre mutações que tornam possível a reinfecção no mesmo paciente — com os mesmos sintomas e efeitos. A transmissão da gripe ocorre pelo contato com secreções que vêm a partir de tosse ou de espirros de uma pessoa que esteja infectada pelo vírus, que sobrevive no ar e que acaba se espalhando com mais facilidade em estações como outono e inverno, por exemplo. Nessas épocas do ano, para evitar a contaminação, é necessário manter os ambientes muito bem arejados, para que haja uma troca de ar e o vírus seja dissipado.

Você também deve saber que existem inúmeras doenças psicossomáticas, que se desencadeiam fisicamente a partir de problemas emocionais. Segundo Cristina Cairo, gripes e resfriados acometem um indivíduo quando as suas forças desaparecem. Sabe quando você se sente fraco, indisposto e desanimado? É nesses momentos em que ficamos mais propensos e vulneráveis a diversos tipos de doenças.

Para Cristina, uma pessoa fica gripada quando se sente revoltada diante de uma ideia contrária à sua, mas também ressalta que a desordem de um ambiente e a bagunça em certas áreas da vida tiram de um indivíduo o tempo necessário de autocuidado. O excesso de trabalho e de atividades, seja qual for o excesso presente e constante na vida de uma pessoa, fará com que a gripe se faça presente para que o corpo possa descansar e relaxar após tantas tarefas rotineiras.

Continue lendo este artigo e aprenda a resgatar as suas forças e saúde de forma rápida e simples, mas lembre-se: é imprescindível que você tenha um olhar mais cuidadoso consigo mesmo. Se os seus sintomas forem persistentes, não hesite em procurar por ajuda médica.

Qual é a diferença entre gripe e resfriado?

Gripe e resfriados são causados por vírus distintos e se diferenciam pela intensidade dos sintomas. A gripe, como já dito anteriormente, é causada pelo vírus influenza e apresenta sintomas mais fortes, que podem deixar um paciente totalmente prostrado e com febre alta, dores fortes pelo corpo, dores de cabeça etc. Resfriados, por sua vez, são desencadeados por inúmeros tipos de vírus, sendo o rinovírus o mais comum de todos. Um paciente resfriado apresenta sintomas mais leves, como coriza e febre baixa, que não costumam “derrubar” um indivíduo. Ou seja, ambas as doenças causam infecções respiratórias, mas em intensidades totalmente diferentes.

Imagem de uma mulher deitada, com febre
Tommaso79 / Getty Images Pro / Canva

Para obter um diagnóstico preciso, é necessário fazer um exame de sangue para descobrir qual é o vírus que causou a infecção. Por mais que os sintomas sejam comuns e corriqueiros, sempre é válido procurar um médico!

Como curar a gripe?

A gripe costuma nos pegar despercebidos, não é mesmo? Às vezes ficamos mais expostos ao frio, temos contato com pessoas gripadas ou a nossa imunidade simplesmente fica baixa e pronto: todos os sintomas chegam quase nos deixando de cama! Muita gente se pergunta: “Como acabar com a gripe em minutos?”, mas não há uma fórmula secreta para a cura desse vírus. O que um paciente precisa neste momento é de muito repouso, muita hidratação e, se possível, uma dose diária de vitamina C! Mas, claro, antes de iniciar qualquer tipo de tratamento, é preciso ter a certeza do que você tem, por isso mantenha sempre contato com o seu médico!

Em primeiro lugar, evite contato próximo com outras pessoas para que o vírus não se espalhe! Evite locais com aglomeração de pessoas, mantenha-se sempre bem agasalhado — de forma alguma passe frio! —, evite a troca repentina de temperaturas, como estar com o corpo quente e entrar em uma sala com o ar condicionado ligado, e mantenha todos os cuidados básicos para recuperar sua saúde!

Geralmente, a gripe pode ser tratada em casa, desde que os seus sintomas desapareçam ou diminuam em até 10 dias após o início da doença. Não existem ainda medicamentos que curam a gripe matando o vírus, mas há remédios que reduzem o incômodo dos sintomas — como diminuição da febre, redução de dores de cabeça, alívio de congestão nasal, dores no corpo, entre outros. Mas a dica principal é: mantenha-se sempre muito bem hidratado!

Remédio caseiro para a gripe

Como a gripe pode ser tratada em casa, existem alguns remédios que auxiliam no combate aos desconfortos causados por ela. Mas novamente enfatizaremos aqui que, se os seus sintomas persistirem, é imprescindível que você procure um médico!

Ingredientes contra a gripe sobre uma mesa, além de lenços de papel e uma pessoa segurando uma xícara de chá
Syda Productions / Canva

Há inúmeras receitas “de vó” que ajudam no tratamento de gripes e resfriados. Você provavelmente já tomou chá de gengibre, chá de alho, comeu muita laranja e testou os mais diversos remédios naturais para o alívio dos sintomas quando estava gripado! Mas qual chá é bom para gripe? Nós lhe daremos dicas infalíveis que, além de diminuir as dores causadas por essa doença, ainda darão um “up” no seu sistema imunológico! Confira:

1. Chá de gengibre

O gengibre é indicado para o tratamento da gripe por conter ação antibacteriana, por promover melhora no sistema respiratório e ainda aliviar dores de garganta e musculares. Ele também é capaz de favorecer a eliminação do muco contido nos brônquios.

Para preparar o chá: em uma chaleira ou qualquer recipiente que possa ir ao fogo, adicione 2 xícaras de chá de água e 2 colheres de sopa de gengibre picado. Deixe o chá ferver por cerca de 10 minutos, coe o líquido e beba quando estiver morno.

2. Chá de mel e limão

Mel e limão sobre uma mesa de madeira
Ls9907 / Getty Images / Canva

Essa receita é extremamente poderosa na hora de combater os sintomas da gripe! O chá de mel e limão age como um anti-inflamatório natural que revigora a imunidade de qualquer pessoa! O mel lubrifica as cordas vocais, facilita a eliminação de mucos e tem ação antioxidante, enquanto o limão é rico em vitamina C, ajuda na eliminação de toxinas e é um aliado do metabolismo do corpo!

Para fazer o chá: corte um limão tahiti em quatro partes e coloque-as para ferver em 400 ml de água. Deixe o chá ferver por aproximadamente 10 minutos, retire do fogo e adicione uma colher de sopa de mel. Beba quando estiver morno!

3. Xarope de mel e cebola

Se você estiver gripado e quiser se livrar dos sintomas da gripe rapidinho, aposte na cebola! O xarope de mel e cebola contém propriedades que agem como antimicrobianos e expectorantes, que reduzem a congestão nasal e reduzem aquela pressão nos seios da face.

Para fazer o xarope: pique uma cebola média em pedaços pequenos, cubra-os com mel em uma panela e deixe aquecer em fogo baixo por 30 minutos. Em seguida, guarde o xarope em um recipiente de vidro na geladeira e tome uma colher de chá de meia em meia hora por um dia.

Agora que você já sabe que a gripe pode ser o reflexo da sua falta de autocuidado e do excesso de informações na sua rotina, o que acha de parar um pouquinho e olhar mais para si mesmo, cuidando da sua saúde? Citamos aqui receitas totalmente caseiras e fáceis de serem feitas, para que você consiga aliviar os sintomas causados por essa doença, mas enfatizaremos novamente: se os sintomas persistirem, procure um médico!

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para colunistas@eusemfronteiras.com.br