Beleza Natural Faça você mesmo Receitas

Hidratação com vinagre de maçã

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Nos dias de hoje, a mulherada sempre inventa alguma hidratação caseira para cuidar dos cabelos sem gastar muito em salões de beleza. Ingredientes como clara de ovo, abacate, mel, entre muitos outros produtos alimentícios são usados para hidratar e fortalecer os fios, pois carregam em si diversos benefícios.

Não sei se você sabe, mas, além de ser um incrível tempero de alimentos, o vinagre de maçã é um grande aliado da saúde capilar. Com o seu pH baixo (ácido), o vinagre de maçã ajuda a equilibrar o pH dos fios. Você pode se questionar sobre esse tal de “pH”, mas saiba que, quanto mais o pH é alto, mais os fios ficam porosos e com aspecto espigado.

Vinagre de maça dentro de uma jarra de vidro. Ele está sobre uma mesa de madeira. Ao lado uma caixa  cheia de maças vermelhas e uma toalha quadriculada nas cores vermelho e branco.

Quando acidificamos o nosso cabelo (com vinagre de maçã, no caso), ele volta ao pH natural, fechando as cutículas, o que possibilita aos fios a absorção de mais nutrientes. E é claro que, como consequência, as madeixas ficam extremamente brilhosas e macias. Ah, além de toda a reconstrução e hidratação que esse tipo de vinagre proporciona, ele age muito bem na prevenção e no tratamento de caspas e seborreia no couro cabeludo, evitando descamação, vermelhidão e coceira.

Você também pode gostar

É valido enfatizar que outros tipos de vinagres NÃO SÃO indicados, pois a fermentação da maçã durante a produção do vinagre é o que proporciona o resultado desejado. Em hipótese alguma utilize vinagres de vinho ou de álcool, pois possuem uma quantidade maior de pH e isso pode agredir e ressecar o seu cabelo. Se você não tiver o de maçã na sua casa, utilize vinagres orgânicos (de tubérculos, cereais ou de outras frutas), pois eles contêm nutrientes, vitaminas e ácidos orgânicos.

Preparamos para você uma receita de hidratação com o vinagre de maçã e gelatina incolor. Por que gelatina incolor? A gelatina possui colágeno e encorpa os fios capilares, dando, assim, uma nova vida ao cabelo!

Uma jarra de vidro com vinagre de maçã. Ao lado dela um copo de vidro cheio de vinagre de maçã. Ambos estão dispostos sobre uma mesa de madeira com maças inteiras e cortadas ao meio.

Ingredientes:

150ml de água morna;
1 colher de café de gelatina incolor (sem sabor);
2 colheres de sopa de vinagre de maçã;
Creme de reconstrução (o que você utiliza para hidratações);

Você vai precisar também de um borrifador!

Mulher sorrindo com os cabelos molhados segurando em uma de suas mãos um borrifador de água, que no caso, está com vinagre de maça.

Como fazer?

1º passo:

Dissolva a gelatina na água morna até dissolvê-la completamente. Mexa bastante! Em seguida, adicione o vinagre de maçã e coloque a mistura no borrifador. Agite bem!

2º passo:

Com os cabelos lavados apenas com shampoo (se possível, shampoo antirresíduo. Você pode encontrá-lo em qualquer farmácia ou em alguns mercados), borrife a mistura mecha por mecha, da raiz às pontas, massageie como se estivesse passando uma máscara e deixe agir por 15 minutos.

Mulher cpm a cabeça inclinada em um lavatório. Os seus cabelos estão sendo ensaboados pelas mãos de uma cabelereira.

3º passo:

Aplique o creme de reconstrução, também mecha por mecha, e deixe agir por mais 20 minutos.

4º passo:

Enxague bem os fios até retirar todos os produtos e passe condicionador. Enxágue novamente e finalize como desejar. Você pode deixar seu cabelo secar naturalmente ou finalizá-lo com secador.

Seus cabelos ficarão mais fortes, brilhosos e saudáveis depois dessa hidratação!

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]