Meditação

Meditar enquanto se anda

Mulher usando casaco vermelho caminhando numa floresta.
joseelias / 123rf
Anna Bheatriz Nunes
Escrito por Anna Bheatriz Nunes

O estado meditativo está na ação. Meditar não é sempre parar, mas manter-se vivo e atento enquanto caminha pela vida. A meditação andando nos desperta para uma nova maneira de olhar e seguir adiante. Descobri o livro “Meditação andando: guia para a paz interior”, de Thich Nhat Hanh, enquanto perambulava por uma livraria. Logo senti que deveria percorrer aquelas páginas. Na primeira delas, está escrito:

“TODA PESSOA PODE FAZÊ-LO

Meditação andando é meditar enquanto se anda. Andamos devagar, de forma descontraída, mantendo um leve sorriso nos lábios. Com esta prática, nós nos sentimos profundamente à vontade, e nossos passos serão os da pessoa mais segura do mundo. Todas as nossas preocupações e ansiedades desaparecerão; paz e alegria vão encher nosso coração. Toda pessoa pode fazê-lo. Leva apenas um pouco de tempo, requer um certo grau de consciência e o desejo de ser feliz.”

Mulher de costas, com uma mão na cabeça e outra segurando o vestido, durante um pôr-do-sol no meio do campo.
Darius Bashar / Unsplash

Até então, nunca havia pensando na profundidade que têm meus passos. Andava com pressa e, assim, imprimia para o solo – da sagrada Terra – todos os meus desequilíbrios internos. Passos pacíficos devolvem ao mundo beleza, gratidão. E, quando caminho, faço por mim, pelos que não podem andar, pelos meus ancestrais. Caminhar com consciência, conectando os passos com a respiração, atenção aos pés e aos solo, nos vitaliza e nos devolve à origem. Logo mais adiante no livro, lê-se:

“TUDO DEPENDE DE SEUS PASSOS

A semente da conscientização está em cada um de nós, mas normalmente esquecemos de regá-la. Pensamos que a felicidade só é possível no futuro – quando adquirimos uma casa, um carro, o diploma universitário. Lutamos de corpo e alma e não alcançamos a paz e a alegria que estão disponíveis agora mesmo – o céu azul, as folhas verdes, os olhos da pessoa amada.

Você também pode gostar

O que é mais importante? Muitas pessoas passaram nos exames, compraram casas e carros, mas continuam infelizes. O mais importante é encontrar a paz e partilhá-la com os outros. Para ter paz você pode começar andando pacificamente. Tudo depende de seus passos.”

Nossos passos nos conduzem ao presente, o verdadeiro tempo.

Sobre o autor

Anna Bheatriz Nunes

Anna Bheatriz Nunes

Eu sou Anna Bheatriz Nunes, arquiteta, urbanista, escritora e poetisa. Autora do livro de poemas "da distorção à transformação", publicado pela Ape'Ku Editora. Expresso-me para dar vazão ao que sou e para me encontrar. Que as nossas expressões criem belos encontros!

Email: [email protected]
Instagram: @annabheatriznunes