Autoconhecimento Meditação

Meditação Vipassana

Shot of fit young woman meditating in lotus yoga pose at health center. Healthy young female practising yoga she is sitting on fitness mat.
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Vipassana é um tipo de meditação milenar, que surgiu na Índia há 2500 anos atrás. Foi redescoberta pelo Buda Gautama e, a partir de então, difundia pelo oriente e pelo resto do mundo por diversos de seus seguidores. O termo Vipassana pode ser interpretado em português como “ver as coisas como elas realmente são”. Esse tipo de meditação busca a cura dos diversos males que as pessoas alcançam por meio da purificação mental e da observação do próprio corpo.

Dependendo da vertente e de qual mestre de Vipassana a meditação for conduzida, você pode se deparar com três estágios diferentes de meditação: primeiro um treino relacionado à disciplina, no qual você deve seguir regras e não se comunicar com os outros, para servir como um preparo para as próximas etapas. Depois há a observação da mente, onde você fica em estado de vigília para reconhecer os seus pensamentos e observar como eles afetam o seu bem-estar. E depois há a fase de purificação dos pensamentos, na qual você passa por um processo de transformação interior. Devemos ressaltar que são etapas que podem variar de acordo com o instrutor e a escola que estiver conduzindo a meditação.

Outro ponto importante da Vipassana é a observação do corpo físico. Através da observação das sensações que temos no corpo, desde uma pequena coceira até dores e desconfortos fortes, podemos identificar desequilíbrios espirituais, mentais e emocionais que estamos sofrendo e precisamos resolver. Essa é uma das formas de trabalhar o autoconhecimento através da meditação. Mente e corpo estão interligados e, ao ter consciência de um desequilíbrio em um, você tem a consciência do desequilíbrio em outro. Por isso, ao ter o controle do corpo, também aprendemos a ter o controle da mente. Aqui no Brasil existem alguns grupos que praticam essa vertente de meditação. 


Texto escrito por Ricardo Sturk da Equipe Eu Sem Fronteiras

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]