Homeopatia Saúde Integral

Meu filho está com febre. E agora?

Dr. Paulo Daruiche
Escrito por Dr. Paulo Daruiche

Nada preocupa mais os pais do que ver os filhos doentes. E a febre é uma situação muito comum na infância. Mas por que ela ocorre? A febre é uma doença?

Bem, nós somos mamíferos – por isso, nosso corpo mantém uma temperatura mais ou menos constante. Nosso organismo se autorregula em muitos aspectos, num processo chamado de homeostasia. Esta autorregulação faz com que, em dias muito quentes, o suor de nossa transpiração reduza a temperatura do nosso corpo (que o calor externo fez subir). O contrário ocorre nos dias frios – os arrepios e o eriçamento dos pelos retém calor. Assim, a temperatura do nosso corpo fica equilibrada.

Febre é o nome que damos quando a temperatura externa do nosso corpo sobe acima de 38°C, e a causa mais freqüente para que isso ocorra nas crianças é uma infecção. Mas, ao contrário do que se pensa, a febre não é doença, mas sim um mecanismo de defesa.

Numa infecção, a febre é uma reação do nosso corpo contra as bactérias. A febre estimula a ação dos glóbulos brancos e dos anticorpos, que por sua vez entram em ação para eliminar os microorganismos estranhos ao nosso corpo. Sem febre não haveria essa resposta saudável da nossa imunidade nos protegendo, o que podemos ver em casos graves de infecção que não tem febre – são quase sempre fatais.

Além disso, estudos mostram que nos quadros agudos infecciosos febris, abaixar a febre com antitérmicos nem sempre reduz o tempo de duração da doença. Às vezes até aumenta.

shutterstock_173819993 Então, o que fazer? Precisamos ver a causa do problema. Se o quadro febril está ocorrendo por causa de uma infecção, precisamos cuidar desta infecção. Na homeopatia, usa-se todos os sintomas alterados da criança para escolher um medicamento que remova a doença da forma mais rápida possível. O primeiro caso de infecção que vi ser tratado com homeopatia, enquanto ainda era estudante, foi uma criança com febre por conta de uma infecção de ouvido. Chorava de dor no colo da mãe quando ela entrou para a sala de consulta.

E, enquanto ouvia o relato da mãe, o professor que a atendia pegou um medicamento homeopático que tinha na sua sala de atendimento, pôs 2 glóbulos na boca da criança – e ela parou de chorar imediatamente(!), e adormeceu. Sua evolução foi muito rápida, não teve mais dores e a febre se manteve baixa naquela noite, e na manhã seguinte estava curada. Depois deste caso, entendi a dinâmica do organismo em reestruturar sua energia vital em direção à cura – e que a doença é uma forma imperfeita do organismo tentar se curar. O medicamento homeopático, ao ser receitado para a criança a partir dos sintomas da sua doença – e não para a febre apenas – ajudou a impulsionar a cura com muita rapidez.

E cabe lembrar que nem toda febre é devida a uma infecção. Quem já viu dentinhos nascerem nos bebês sabe bem que, às vezes, os sintomas são muito variados. Não é raro a criança ter irritabilidade e febre, que cessam tão logo quando os dentes despontam. Neste caso o medicamento homeopático deve ajudar no processo, favorecendo que ocorra de forma mais suave. Para não dizer das febres que ocorrem quando a criança tem vontades frustradas, ou nas meninas adolescentes antes de vir a menstruação, etc…

Portanto, febre não é doença.

É um sinal que o corpo está reagindo a alguma outra coisa, que (essa sim) merece nossa atenção. Desfazendo mitos poderemos encontrar formas mais saudáveis de cuidar da saúde dos nossos filhos (e da nossa também), sem medos e com mais segurança. 

Sobre o autor

Dr. Paulo Daruiche

Dr. Paulo Daruiche

Médico Homeopata e Psicanalista, formado em 1994. Mestre pela UNIFESP / Saúde Coletiva, com pesquisa sobre Homeopatia nas Epidemias. Membro do Grupo de Estudos Homeopáticos de São Paulo “Benoit Mure”, onde é professor assistente no curso de pós graduação de Especialização em Homeopatia desde 1999. Membro do Corpo Clínico e Científico do Instituto Hahnemanniano George Galvão ­(IHGG). Membro da Associação Brasileira de Psicanálise Clínica.

Atende adultos e crianças, ministra palestras, cursos e workshops abertos para o público nas áreas de Homeopatia em geral, Saúde Integral, cura e prevenção de doenças, Saúde Mental e Espiritual e Vida Saudável, e em muitos momentos dedica-­se à música, meditação, Yoga, e outras práticas.

E-mail: [email protected]
E-mail Physis Saúde Integral: [email protected]
Site: www.ihgg.com.br
Telefones: (11) 2276-0008 / (11) 98829-8607