Blog do Editor

O Poder do Sagrado Feminino

sagrado feminino
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Olá! Eu e Silvia participamos de um evento com a Flávia Flohr, sobre o trabalho que faz de empoderamento feminino: o Poder do Sagrado Feminino, ou seja, o poder que existe dentro de cada mulher. Temos em nosso ser a totalidade do processo da vida: recebemos, armazenamos, acolhemos, transformamos, materializamos e entregamos à vida.

Ouvimos sobre a Filosofia Tântrica, que sugere o trabalho com o aqui e agora, com a sexualidade da mulher, dissolvendo os nós, as mágoas do passado, que acabam sendo somatizadas e virando doenças no corpo físico.

Para um terapeuta tântrico, não existe empoderamento se esse movimento não passar pela vagina e precisamos tomar posse desse prazer, reverberando essa felicidade a todos que nos cercam, já que o orgasmo gera felicidade.

Depois de décadas de repressão e crenças limitantes, agora as mulheres tomam posse e compreendem que a sexualidade faz parte do ser humano e elas têm direito a isso sem culpas.

Flávia nos contou sobre o Pompoarismo Tântrico, que além de ser uma forma de autoconhecimento meditativo, trabalha a musculatura da vagina com muitos benefícios que vão além do fortalecimento, como os chacras que também são fortalecidos, já que eles são vortex de energia, e ganhando energia, ganhamos magnetismo pessoal, que é vida!

O pompoarismo traz benefícios para a saúde, evita a incontinência urinária, melhora sintomas de TPM e menopausa. Os exercícios trazem a oxigenação da região.

Sagrado Feminino

Monica, Flávia e Silvia

Até pouco tempo atrás, para liberar a libido, muitas mulheres recorriam aos filmes eróticos e até pornográficos, que, na verdade, não tem nada a ver com a nossa essência. Não é o natural, convenhamos…

Nos falou de seu trabalho com Cristais, yoni eggs, capazes de transmutar energias negativas e trabalhar a amorosidade via vagina, com a Obsidiana Negra ou o Quartzo Rosa, em um cerimonial personalizado! Que novidade!

Quantas de nós não fizemos sexo sem desejo? Quantas não fingiram orgasmo tão bem que até acreditaram que ele existiu e, no dia seguinte, acordaram com uma cistite ou uma candidíase…Quantas não têm isso de forma recorrente? Bem, que o corpo fala nós já sabíamos…

O fato é que a grande maioria das mulheres não se conhece intimamente e não chega ao orgasmo com frequência. A informação de que a média de uma relação sexual do brasileiro é de 20 minutos, e que 20 minutos é o tempo que a mulher precisa em preliminares para se preparar para o sexo, explica muita coisa.

Enfim, sexo é energia, e quanto mais se pratica, mais se tem vontade de praticar.

E a Flávia encerrou a palestra com o comparativo de que mulheres são como árvores, interligadas por suas raízes, e quando se corta uma, fragiliza a todas. Nossos filhos são os nossos frutos, e que Sororidade e Empatia fazem toda a diferença.

Juntas, nós somos mais fortes!

Adoramos!

Monica e Silvia

 

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]