Energia em Equilíbrio

O que a meditação não é!

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras
Mitos sobre a meditação

Quando se fala em meditação, muitos mitos são envolvidos no assunto. Desta vez, vamos alertar sobre algumas concepções erradas sobre a meditação vipassana – método praticado principalmente no sul e sudeste asiático.

Meditação não passa de uma técnica de relaxamento

Sim, ao meditar o corpo fica extremamente relaxado, mas não é esse o principal intuito da meditação. O relaxamento proporciona apenas bem-estar imediato, o que não produz benefícios físicos. O principal intuito é o despertar da consciência.

Meditação é o mesmo que entrar em transe

Em outros casos pode acontecer, mas na técnica do vipassana a pessoa fica extremamente atenta a tudo que acontece ao seu redor, estando em consciência plena.

Durante a meditação as pessoas se tornam paranormais

Esqueça essa ideia de levitar, ler a mente das pessoas ou ficar invisível, isso não vai acontecer. O propósito da meditação é elevar e desenvolver sua consciência.

Meditar pode ser perigoso

De fato, a meditação pode despertar coisas desagradáveis, mas assim como outras situações arriscadas que executamos diariamente. Quem pratica, afirma que os benefícios alcançados superam os incômodos.

Meditação é para budistas

Mesmo que praticada desde o tempo de Buda, a meditação não tem nenhuma ligação com religiões.


Texto escrito por Natália Nocelli da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]