Espiritualidade

O que você sabe sobre sua mediunidade?

Nadya Prem
Escrito por Nadya Prem

Olá, buscador.

Estamos aqui juntos para trilharmos o destino que nos foi reservado. A expansão da consciência que nos traz à tona a nossa essência.

Tenho como objetivo difundir o conhecimento sobre a mediunidade além das fronteiras religiosas e do ceticismo materialista.

Pouco conhecemos sobre nós mesmos e principalmente sobre nossas outras realidades, além da material. A ânsia pelo saber impulsiona a ciência, as filosofias e as religiões, que buscam explicar o ser humano e o mundo segundo a visão parcial de cada uma. Porém, esquecem-se de que todo conhecimento deve ser integrado, holístico, baseado na interdependência que há entre as peças que unem o quebra-cabeças sobre quem somos.

Nascemos e aprendemos, quando pequenos, a dar os primeiros passos, a segurar os objetos e manuseá-los, a reconhecer imagens e sons. O olfato é o sentido mais apurado e o primeiro a se desenvolver no bebê. Aguçamos o paladar, o gosto e a repulsa pelos alimentos. aprimoramos a fala e sentimos o toque na pele.

Compreendemos o mundo e a nós mesmos por meio dos sentidos.

Crescemos e nos tornamos hábeis e competentes, utilizando-os em nossa vida diária, como instrumentos imprescindíveis ao desenvolvimento pessoal e profissional.

Entretanto, quase nada se sabe sobre o sexto sentido ou a mediunidade. Restrito às escolas espirituais e religiões, não conhecemos adequadamente este dom inato que extrapola a esfera das sensações terrenas e da vivência material.

A mediunidade está presente, mais ou menos ativa em nós, vinte e quatro horas por dia, em alguns mais desenvolvida que em outros. Ela se revela à medida que o ser desperta para as realidades paralelas nas quais está inserido.

O planeta Terra se encontra em constante evolução e os espíritos humanos, como mutantes, estão mais próximos do sexto sentido, que vem aflorando com mais intensidade.

God and Adams hands. Creation of Adam. Genesis Hands . Hope faith and help, assistance and support in religion. Isolated vector illustration. Tattoo design, spiritual symbol for your use.

Convivemos com as dimensões sutis e não temos, em grande parte, a noção do quanto interagimos.

Todos os seres humanos são médiuns e, assim como os cinco sentidos, a mediunidade deve ser tratada com a mesma consideração. Ela precisa de atenção, desenvolvimento e estudo para ser utilizada de modo competente e saudável.

Somos espíritos revestidos por vários corpos de energia, em graus e densidades diferentes. Cada qual representa uma realidade do ser espiritual em manifestação multidimensional.

A mediunidade é a capacidade que temos de nos comunicar com as várias dimensões em que atuamos. Recebemos as influências de outros planos e também influenciamos, produzindo alterações no campo vibracional pessoal, do próximo e de ambientes. Interagimos uns com os outros.

Nossa condição espiritual e mediúnica se destaca pelas projeções dos nossos pensamentos e sentimentos, convertidos em emoções, emanando energia e nos sintonizando com energias semelhantes.

Os pensamentos e sentimentos, em sua plasticidade, têm forma, cor e densidade e envolvem o espírito, como corpos sutis.

O sexto sentido, denominado mediunidade, permite que possamos perceber esse mundo recheado de projeções. Impregnados em ambientes, pessoas e objetos, espíritos encarnados e desencarnados, estamos todos mergulhados no oceano de energias provindas dos pensamentos e sentimentos.

Sintonizamos e trazemos às sensações terrenas o que vivenciamos nas dimensões sutis. As doenças do corpo e da mente são inicialmente projetadas nos corpos sutis e depois se instalam no físico.

O entendimento é para todos.

O desenvolvimento mediúnico não deve ser limitado às religiões ou apenas para algumas classes de pessoas. A parafisiologia sutil guarda as raízes dos desequilíbrios que ainda absorvemos e traz respostas para a busca que travamos sobre nossa essência.

Sabemos da força que há naquilo que pensamos e sentimos. Quase que a tocamos com as mãos. A abstração se torna tátil, exala aroma, é visível, produz som, é tão real quanto uma pedra. Um pensamento pode mudar uma vida, um sentimento pode fazer adoecer.

A mediunidade nos coloca em contato com o mundo sutil, expresso como uma obra de arte, exposta aos nossos cinco sentidos.

Vamos retirar o véu do impedimento, que há muito tempo a religião e a ciência têm mantido sobre nós, como forma de se manter no poder. A partir de agora, estamos livres para compreender o potencial mediúnico que trazemos e que nos torna senhores de nós mesmos e de nosso destino.

Primeiro em nosso próprio benefício, porque já é tempo de despertar para a realidade multidimensional. Somos responsáveis por nossa saúde e plenitude, somos cocriadores.

Segundo, a mediunidade nos traz a compreensão da nossa interdependência, como células de um organismo vivo e único que compreende o fluido cósmico universal, primordial. A energia cósmica que constitui todas as coisas, a qual Einsten, com muita propriedade se referiu, relacionando-a com a matéria. Toda matéria é energia condensada.

Complementando, as comunicações entre espíritos desencarnados e encarnados são de extrema utilidade para auxiliar e acelerar a evolução do planeta, seja em trabalhos de elucidação espiritual como estudo, ou no tratamento das doenças espirituais que assolam os seres, que ainda se vinculam por ódio, vingança e paixões obsessivas.

Estamos numa viagem de autoconhecimento, além das fronteiras dos cinco sentidos. A mediunidade nos permite a comunicação com outras civilizações mais adiantadas, outras consciências, egrégoras, espíritos desencarnados, energias diversas e com nossa essência.

Você pode curar a si mesmo, ao seu próximo e viver em plenitude.

Conheça-te a ti mesmo, expressão contida na filosofia socrática, convida-nos ao caminho interno, do autoconhecimento, que resulta no entendimento de si e do mundo, proporcionando equilíbrio e felicidade à vida terrena.

A mediunidade é o caminho que une o ser que somos, terreno e espiritual, ser multidimensional.

Não deixe de acompanhar meus artigos e vídeos propostos para este tema. Você é meu convidado especial!

Seja amor!

Sobre o autor

Nadya Prem

Nadya Prem

Formada em Administração de Empresas e Gestão de Recursos Humanos, Técnica em Naturopatia, Acupunturista. Estudiosa e pesquisadora dos estados alterados de consciência, mediunidade e psicopatologias. Unindo ciência e espiritualidade, desenvolvi junto aos meus guias a ORIENTTI (Orientação Terapêutica Transpessoal Integrativa). Há mais de 30 anos de atuação na esfera transpessoal, médium ostensiva de incorporação e cura, desde a adolescência, buscadora do entendimento e desenvolvimento transpessoal. Atendimento presencial em São Paulo e Itupeva e a distância por skype ou e‐mail. Para mais informações sobre orientação e terapia, agendamento e valores, envie um e‐mail.

E-mail: [email protected]
Blog: www.psicologiaespiritualista.blogspot.com.br
Facebook: /nadya.r.s.prado