Espiritualidade

Os últimos serão os primeiros

Silhueta masculina com braços e pernas abertas com pôr-do-sol ao fundo.
Oleksii Olkin / 123rf

Em 1040 a.C. nascia em Belém (região da Judeia) Davi, o oitavo e último filho de Jessé. Ele futuramente seria ungido como o segundo rei dos hebreus, dentro da unificação das 12 tribos (os filhos de Jacó). Não permaneceu por muito tempo em Belém, sua família viveu longe da cidade, foi pastor de ovelhas até chegar um dia em que sua vida mudaria completamente.

Durante sua juventude, o rei de Israel era Saul, da tribo de Benjamim, ele fora ungido por Deus, pelo profeta Samuel, todavia o ego o tinha desviado das palavras de Deus. Só o povo acompanhava Saul, enquanto que Samuel já estava à procura do novo rei dos hebreus. O Criador ordenou a ele que fosse à casa de Jessé. O profeta chegou à casa dele e pediu que ele convocasse os seus filhos para conhecê-los. O patriarca apresentou os seus descendentes ao profeta, ele analisou cada um de maneira minuciosa, entretanto não encontrou o futuro rei.

Não satisfeito, Samuel pergunta a Jessé se estão presentes todos os seus filhos. O patriarca responde que faltava o mais moço, que cuida de ovelhas, Davi, e mandou chamá-lo. Davi era o único dos filhos que não era militar, era magro, humilde, devoto a Deus, tinha uma fé imensurável. Isso refletia na segurança de suas atitudes, porque sabia que uma força divina o acompanhava. Davi vivia no anonimato no mundo físico, mas sob a ótica de Deus. Ele era puro, genuíno. O Criador o escolheu, já que Ele não vê como vê o homem, este vê o exterior, já Ele vê o coração.

Pessoa branca, vestindo roupas pretas, segurando uma bíblia, com campo ao fundo.
Priscilla Du Preez / Pexels

Samuel torna Davi rei de Israel. Com o tempo ele se tornará de fato. No momento da unção o Espírito Santo se apodera de Davi e fica nele até o fim. Com o passar dos anos, Davi, tocador de harpa, aproxima-se do Reinado de Saul, a fim de acalmá-lo, pois estava com obsessões. Com sua fé, Davi derrota leões, ursos… Na famosa batalha com Golias, vence com uma funda e afunda os filisteus de vergonha, pois o gladiador deles fora derrotado. Com a proximidade de Saul, logo entra para a carreira militar, tornando-se um guerreiro e estrategista. Com sua natural ascensão, foi extremamente perseguido por Saul. A inveja tinha contaminado o rei, contudo Davi nunca sentiu ódio dele, os sentimentos negativos não o contaminaram, pelo contrário, teve compaixão, estava pronto!

Depois de algum tempo, torna-se rei dos hebreus, foi ele quem transferiu a capital de Hebron para Jerusalém, a pedido do Senhor, uma vez que sempre escutava primeiramente Ele para depois falar/pedir, de modo diverso do que muitos fazem. Pecou algumas vezes, por ser humano, pagou caro por isso, mas sempre o seu perdão foi sincero! Num deslize, ao querer uma mulher casada, Bate-Seba, e ao mandar o marido para a guerra, Urias, que acabou morto, casou-se com ela e tiveram um filho, porém esse nasceu morto. Ali estava a resposta Dele. Sanado o carma, tiveram o futuro rei: Salomão.

Você também pode gostar

Davi, o oitavo filho, que virou rei. O número 8 significa renovação, ao trocar uma semana para outra, ele se torna o primeiro dia, dentre outras coisas, pois o 7 é um número marcante, mas também de término. Na “Bíblia”, esse número simboliza a ressurreição, dando início a uma nova vida. Davi esperou, foi paciente, porquanto tinha uma crença muito forte, verdadeira, e foi merecedor.

As pessoas ungidas com o Espírito são pessoas que servem e não usufruem, e Davi cumpriu, dessa forma, sua missão, diferentemente de muitos. Pecou, sofreu, arrependeu-se, visto que estamos sempre passando por provações. Jesus disse: “As primeiras provações vêm com algo mais simples para depois virem as mais complexas”. Não pense que você já fez muito, continue caminhando da mesma forma, não pense que Ele não olha para você, se ainda não o fez, é porque algo lindo está para acontecer.

Tenha fé! Todos somos filhos Dele.

Sobre o autor

Marcell Schaidhauer Barcellos

Marcell Schaidhauer Barcellos

Formado em direito. E pós-graduado. Porém, na parte espiritual, por enquanto, não detém formação. Sua busca está para o lado espiritual na mesma velocidade que as informações estão correndo no presente ano. Tem como missão divina despertar o maior número de pessoas na sua verdadeira realidade interior. Semear aquilo está claro para alguns, para que outros bebam da mesma fonte. O caminho é a mensagem, mas a finalidade é o amor.

Email: [email protected]
Site: marcellbarcellos.blogspot.com
Facebook: marcell.schaidhauerbarcellos
Instagram: @marcellschaidhauer